Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

PM-MG tem 339 vagas para a Grande BH

PM-MG tem 339 vagas para a Grande BH

 As inscrições para o concurso da Polícia Militar de Minas Gerais (PM-MG) começam no dia 21 de outubro, no site oficial da PM-MG. A oferta visa admitir para o curso de formação de soldados de 2017. O vencimento básico inicial é R$3.278,74, durante o curso. São 429 vagas, sendo 386 para o sexo masculino e 43 para o feminino. Para o ingresso é necessário ter entre 18 e 30 anos de idade, curso superior em qualquer área e altura equivalente a 1,60m.

As inscrições para o concurso da Polícia Militar de Minas Gerais (PM-MG) começam no dia 21 de outubro, no site oficial da PM-MG. A oferta visa admitir para o curso de formação de soldados de 2017. O vencimento básico inicial é R$3.278,74, durante o curso. São 429 vagas, sendo 386 para o sexo masculino e 43 para o feminino. Para o ingresso é necessário ter entre 18 e 30 anos de idade, curso superior em qualquer área e altura equivalente a 1,60m.

A Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMPM) será responsável por mais de 75% das vagas, totalizando 339 oportunidades. Além de ser a região que mais irá admitir participantes do sexo feminino, com 34 vagas. Para a 17º RPM, que abrange a região de Pouso Alegre, foram reservadas 30 vagas. Já a 18º RPM, na região de Poços de Caldas, receberá oferta de 60 vagas.

As inscrições serão aceitas até 19 de novembro. A taxa de inscrição é única e custa R$122,95. Os candidatos que comprovarem baixa renda ou desemprego poderão solicitar isenção entre 24 e 25 de outubro. O resultado da análise dos pedidos será divulgado até 9 de novembro, na internet.

Durante o período do curso o candidato receberá, além da remuneração,abono fardamento, assistência médico-hospitalar, psicológica e odontológica. Após a formação o soldado passará a receber salário de R$6.967. O prazo de validade do concurso é de 30 dias, contados a partir da data do resultado final e podendo ser prorrogados por igual período.

O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade
empregatícia.

Serviço
Inscrições Online -www.policiamilitar.mg.gov.br/crs

 
Seleção será em duas fases


A seleção dos candidatos do concurso para a PM-MG ocorrerá por meio de duas fases, sendo possível classificar ou eliminar os candidatos em cada uma delas. A primeira será composta pelas provas de conhecimento, objetiva e dissertativa. Ambas serão aplicadas na mesma data, em 8 de janeiro de 2017, com início previsto para às 8h30min (horário de Brasília).

Só será permitida a entrada na sala até as 8h, trinta minutos antes do início das provas. Os participantes responderão a 40 questões objetivas, que foram distribuídas nos seguintes conteúdos: Língua Portuguesa (dez), Direito Penal (seis), Direito Constitucional (seis), Noções de Direito Penal Militar (seis), Noções de Estatística (quatro), Direitos Humanos (quatro) e Legislação Extravagante (quatro).

A prova dissertativa será uma redação com tema que será fornecido no momento do exame. O texto deverá conter, no máximo, trinta linhas e, no mínimo, 120 palavras e serão avaliados os seguintes quesitos: ortografia (20 pontos), morfossintaxe (20), pontuação (20) e conteúdo (40). O resultado da primeira fase e a convocação para a segunda será feita em 21 de março de 2017, no site oficial e por ordem alfabética.

Os convocados para a segunda fase serão submetidos a avaliação psicológica, teste de capacitação física (TCF), exames de Saúde e exames toxicológicos. As avaliações psicológicas terão caráter eliminatório e realizadas em Belo Horizonte. A realização dos exames ficará de encargo de clínicas credenciadas e supervisionadas pela PM-MG. O custo pela avaliação ficará de responsabilidade do candidatos, com as datas e orientações para pagamentos a serem divulgadas posteriormente.

Oteste físico consistirá das seguintes provas: força muscular dos membros superiores, sendo barra fixa para o sexo feminino e flexão para masculino; força muscular de abdomên; agilidade; resistência aeróbica. A nota final no teste físico será obtida pelo somatório de todas as provas, cujo o valor máximo que poderá ser obtido é de 80 pontos. Os exames de saúde foram divididos em premiliminares e complementares.

O primeiro será composto por exames clínicos, odontológicos avaliação otorrinolaringológica, exame de acuidade auditiva e oftalmológica, além de conferências de vacinas como febre amarela, tétano, triviral e hepatite B. Já os exames complementares, também realizados em clínicas conveniadas, são os de sangue, radiografia de tórax, urina, eletroencefalograma.

O último exame solicitado é o toxicológico, que busca identificar a sanidade mental do candidato quanto a detecção ou não uso de drogas lícitas que causem dependência química no concursado.

O resultato da segunda fase, já considerado o resultado final, será divulgado no site oficial em data ainda não divulgada pela administração do concurso.
 
Constitucional: professor dá dicas
"Vale muito à pena o esforço nos estudos". A observação é do professor de Direito Constitucional, Wellington Antunes. O docente, que leciona no Gran Cursos Online, dá dicas de estudo para aqueles que já começaram ou desejam iniciar a preparação para o concurso da PM-MG.

Com base no último concurso, o docente destaca alguns conteúdos importantes que costumam ser cobrados em provas da PM-MG. Os candidatos devem ficar atentos, pois esses conteúdos variam entre conhecimentos gerais e específicos. "As seguintes disciplinas sempre estão presentes neste tipo de concurso: Língua Portuguesa e Noções de Direitos Humanos. Destaca-se que, quanto às noções de Direitos Humanos, é fundamental dar atenção especial à Declaração Universal de Direitos Humanos, ao artigo 5º da Constituição Federal, bem como às leis penais especiais."

O professor Wellington enfatiza a importância do estudo dirigido e a busca por conteúdos de outros concursos similares que ofereçam uma base. Ele cita algumas organizadoras que podem servir como referência em relação aos tipos de prova, pois apresentam perfil parecido. "Para esse concurso, é possível estudar por provas da Fumarc, AOCP, FCC e Funrio."
Em muitos casos, o candidato não sabe por onde ou como deve iniciar os estudos. A recomendação do professor, contudo, é que eles comecem intercalando matérias distintas, que ajudam na absorção dos conteúdos e na assimilação do que está sendo praticado.

A quantidade de tempo que o candidato deve dedicar ao estudos, sejam horas ou minutos, varia de acordo com a disponibilidade de cada. Perguntado também a respeito das referências bibliográfias que podem servir de guia, o docente aponta alguns tópicos que devem ser abordados e explorados pelos participantes. "Para esse tipo de concursos o ideal é dar prioridade às leis secas, pois a banca explora, quase que exclusivamente, a literalidade da lei. Isso se aplica, também, para a Declaração de Direitos Humanos e para a Constituição Federal."

O professor finaliza as suas orientações com uma mensagem de incentivo. "Dedique-se. Tenha disciplina. Ainda que você não possa estudar longas horas por dia, aproveite os horários que tiver, ainda que reduzidos. Organize seus estudos. Utilize planilhas. Faça muitos exercícios. E, por fim, tenha fé. Sucesso."
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações