Concurso PGM-Rio tem mais de 3 mil candidatos a procurador

Mais de 3 mil pessoas se inscreveram ao concurso PGM-Rio para procurador no município do Rio de Janeiro

O concurso PGM-Rio registrou mais de 3 mil candidatos a procurador. A lista de inscrições deferidas foi divulgada na segunda-feira, 4, pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), banca organizadora.

Nesta seleção, a Procuradoria Geral do Município do Rio de Janeiro visa formar cadastro de reserva para o cargo de procurador. Isto é, o órgão poderá chamar aprovados enquanto o resultado estiver válido conforme a necessidade de novos servidores.

O prazo de validade será de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período. Para se inscrever no concurso PGM-Rio foi necessário ter bacharelado em Direito e experiência jurídica de, pelo menos, dois anos. A remuneração, em início de carreira, é de R$27.342,96.

As inscrições foram aceitas de setembro a outubro, pelo portal da banca organizadora. Para completar a candidatura, os interessados tiveram que pagar a taxa de R$250. Apenas quem tem renda familiar “per capita” inferior a 30% do Salário Mínimo Nacional pôde solicitar a isenção desse valor.

PGM-Rio realiza novo concurso para procurador do município
(Foto: Prefeitura do Rio de Janeiro)

 

O concurso para PGM do Rio de Janeiro reserva oportunidades para pessoas com deficiência, negros e índios. As provas escritas, primeira etapa da seleção, estão previstas para o dia 8 de dezembro. De caráter eliminatório e classificatório, as avaliações serão compostas pelas seguintes disciplinas:

  • Direito Administrativo;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Civil e Empresarial;
  • Direito Financeiro e Tributário;
  • Direito do Trabalho, Previdenciário e Processual do Trabalho.

A prova escrita geral, por sua vez, será composta por duas questões de cada uma das disciplinas e a nota mínima para aprovação é 60 pontos.

+ Assine a Folha Dirigida e aumente as chances de aprovação
+ Concurso PGM-Rio divulga resultado dos recursos de isenção de taxa

Concurso PGM-Rio terá o total de quatro etapas

Além das provas escritas gerais, com peso 5, o concurso PGM-Rio terá outras três etapas com pesos diferentes. De maneira geral, os candidatos estarão submetidos as seguintes fases:

  1. Prova escrita geral – peso 5;
  2. Prova escrita específica – peso 70;
  3. Prova oral – peso 20;
  4. Prova de títulos – peso 5.

No regulamento da seleção é possível conferir os detalhes de cada uma delas. Os exames escritos, por exemplo, deverão ser feitos com caneta azul ou preta. Nessa etapa, os participantes serão avaliados de zero a 100 pontos.

Os classificados na prova escrita geral serão submetidos à fase específica, com uma questão por disciplina, com valor de 100 pontos cada.

Para ser aprovado, o candidato terá que alcançar 60 pontos em pelo menos três provas. Além de não zerar nenhuma disciplina e obter nota geral igual ou superior a 60.

A terceira etapa será a prova oral, na qual os convocados serão questionados sobre dois pontos sorteados de cada disciplina. Será classificado quem atingir nota final igual ou superior a 50.

Por fim, os concorrentes poderão apresentar seus títulos a fim de verificar a experiência profissional, o nível jurídico e a cultura em geral do participante.

Comentários