Petrobras é condenada a contratar advogados aprovados em concurso

O Ministério Público do Trabalho Mato Grosso (MPT-MT) obteve decisão favorável em ação civil pública movida contra a Petrobrás Distribuidora por terceirização ilegal do serviço de advocacia no estado.

O Ministério Público do Trabalho Mato Grosso (MPT-MT) obteve decisão favorável em ação civil pública movida contra a Petrobrás Distribuidora por terceirização ilegal do serviço de advocacia no estado. Com o resultado, o MPT garante a nomeação de candidatos aprovados no último concurso público para o cargo de "Profissional Júnior - Formação Direito" em número igual ao de admitidos irregularmente via escritórios privados.

Nomeação obedecerá ordem de classificação



Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários