Concurso Guarda de Palmas-TO: comissão se reúne para definir edital

A comissão organizadora do concurso Guarda de Palmas, no Tocantins, se reuniu no dia 19 de setembro para estabelecer os detalhes do edital.

No último dia 19 de setembro, a comissão organizadora do concurso Guarda de Palmas, no Tocantins, se reuniu para discutir temas relativos ao novo edital. A convocação para o encontro foi feita pela secretária de Segurança e Mobilidade Urbana da capital, Denise Gomes, e publicada no Diário Oficial do Município. 

A expectativa é que a reunião tenha abordado a contratação da banca organizadora. Isso porque a Prefeitura de Palmas disse que a instituição poderia ser revelada até o final de setembro

De acordo com nota divulgada pelo município em agosto, o processo estava em fase de recebimento de propostas de instituições especializadas na realização de concursos. A modalidade da licitação não foi informada. 

“Quem está se preparando para o concurso público destinado ao provimento de cargo de Guarda Metropolitano - Classe A e formação de cadastro de reserva deve ficar atento, pois o nome da instituição que ficará responsável pela elaboração do edital e execução do certame deverá ser divulgado nos próximos dias”, consta em nota.

A banca organizadora será responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas de seleção, como provas objetivas e teste físico. A prefeitura ainda não informou um prazo para divulgação do edital. 

Novo concurso Guarda Municipal de Palmas-TO terá oferta de 50
vagas para nível médio (Foto: Divulgação)

 

Porém, destacou que a comissão “não tem medidos esforços para que o concurso seja promovido em tempo hábil e dentro do que é preconizado em lei”. A autorização para o concurso Guarda de Palmas-TO foi concedida em fevereiro, pela prefeita Cinthia Ribeiro.

O aval foi para abertura de 50 vagas para ingresso na Guarda Metropolitana (GMP). Para se candidatar será preciso ter ensino médio completo, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres, idade entre 18 e 45 anos. O vencimento atual do cargo não foi revelado.

Segundo estabelece o estatuto da corporação, os guardas municipais ainda têm direito, a 30% de adicional de periculosidade, auxílio-alimentação e adicional noturno. Há também estabilidade e possibilidade de progressão na carreira. 

+ Assine a Folha Dirigida e turbine sua preparação!
Vereador cobra edital do concurso Guarda Metropolitana de Palmas-TO

Guarda de Palmas-TO acumula 412 cargos vagos, sem concurso

Sem realizar novos concursos desde 2007, a Guarda Metropolitana de Palmas-TO aumenta seu déficit de agentes. O último edital trouxe 100 vagas para o cargo, sendo 90 para homens e dez para mulheres.

Os concorrentes foram avaliados por prova objetiva, avaliação médica, teste de aptidão física, avaliação psicológica, investigação social da vida pregressa, curso de formação.

Na primeira fase, o exame teve questões de múltipla escolha sobre as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Geografia e História do Tocantins e Conhecimentos Específicos.

Como a seleção não está mais válida e um novo edital não foi publicado, a corporação vê o número de cargos vagos aumentar.

Já que não tem cadastro de aprovados válido para repor as saídas por aposentadorias, mortes, exonerações e desligamentos em geral.

Conforme informações da prefeitura, faltam 412 guardas metropolitanos. Dessa forma, a expectativa é que o cadastro de reserva do concurso Guarda de Palmas-TO seja bem usado no decorrer do prazo de validade.

A secretária de Segurança e Mobilidade Urbana, Welere Barbosa, disse que a nova seleção vai renovar 25% do efetivo. 

“Muitos dos nossos guardas já estão com tempo de serviço para aposentadoria, e além de recompor o quadro, esse certame representa um fortalecimento na instituição pois, possibilita a implementação desse projeto de segurança pública de qualidade à serviço da população”, reforçou a titular da pasta.

Comentários