Folha Dirigida Entrar Assine

Nova Iguaçu-RJ terá concurso para a Guarda Municipal

A Prefeitura de Nova Iguaçu-RJ pretende criar Guarda Municipal e realizar concurso para 400 vagas. Seleção é prioridade para os vereadores.

Não pode ler a matéria agora? Ouça abaixo ou faça o download para mais tarde:
O município de Nova Iguaçu, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, tem planos de criar sua Guarda Municipal, o que abrirá necessidade de concurso público em breve. A informação foi confirmada à FOLHA DIRIGIDA pelo vereador e presidente da Comissão de Segurança da Câmara Municipal, Marcelo Lajes, nesta segunda-feira, 4. 

. Está se preparando para uma prova e quer saber como estudar para um concurso público? Veja nossas dicas! E aprenda também, em 13 passos, o que é e como funciona o concurso público.
 
Marcelo Lajes

Marcos Lajes, presidente da Comissão de
Segurança da Câmara de Nova Iguaçu-RJ

Segundo o parlamentar, a prefeitura enviará um projeto de lei para a Câmara dos Vereadores, com o objetivo de criar a Guarda Municipal. Só o Executivo pode fazer isso, já que a medida irá gerar impacto nas despesas, não só com os salários, como também com viaturas, combustível e fardas, entre outros.
 
Como o projeto está em fase de elaboração, ainda não há informações confirmadas sobre a criação dos cargos. Mas, segundo o vereador, a tendência é que a oferta seja de 400 vagas, a escolaridade mínima exigida seja o ensino médio e os vencimentos inciais fiquem em torno de R$2.500 a R$3.500. 
 
Se o projeto de lei for aprovado pelos vereadores, a tendência é que, em seguida, seja sancionado pelo prefeito Rogério Lisboa, por se tratar de uma proposta do Executivo. Depois de sancionada, a Administração municipal poderá escolher a banca organizadora do concurso e, enfim, divulgar o edital. Uma boa notícia é que, segundo o vereador Marcelo Lajes, o projeto já está em elaboração pela Prefeitura e, como os parlamentares são favoráveis à proposta, sua tramitação será rápida.
 
A criação da guarda municipal está no plano de governo do atual prefeito e ainda não foi implementada pois a gestão priorizou a regularização dos salários atrasados dos servidores. Com a situação estabilizada, a prefeitura começa a viabilizar a formação da guarda.  
 
“O prefeito tem urgência, mas ele tem muito pé no chão. Para criar a Guarda, tem que saber dos gastos referentes a isso. A expectativa é que o edital esteja pronto ainda em novembro. Porém, o projeto de lei ainda nem foi encaminhado para Câmara. Mas acredito que do ano que vem não passa” expõe Marcelo Lajes.

Outrros municípios do Rio de Janeiro também têm previsão de consursos para o cargo de Guarda Municipal. É o caso de Niterói - que já tem orçamento previsto para 2018 - e Guapimirim, também esperado para o próximo ano.  

Criação da guarda municipal de Nova Iguaçu

Lajes também afirma que quando o projeto chegar à Câmara deve ser aprovado em cerca de 15 dias, já que é unanimidade entre todos da Casa. “Todos os vereadores irão votar a favor do projeto. Isso já é prioridade para nós. É consenso que a população necessita da Guarda Municipal”, esclarece.


Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários