Guarda de Niterói-RJ: veja dicas de preparação para o teste físico

O preparador físico Elon Junior listou algumas dicas de preparação para o teste físico do concurso da Guarda de Niterói-RJ.

Além das provas objetivas, os candidatos do concurso para a Guarda Municipal de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, devem ficar atentos à preparação para a prova física, prevista para 26 de maio. Conciliar os estudos com os treinos para o teste físico nem sempre é fácil, por isso, FOLHA DIRIGIDA conversou com o preparador físico Elon Junior, que listou algumas recomendações.

“A administração do tempo é fundamental. Sugiro que os candidatos revejam algumas atitudes que não acrescentam muito no seu objetivo que é passar no teste físico. Reorganizar seu tempo gasto nas mídias sociais, hora de dormir ou acordar, entre outros são boas opções.”

Elon aproveitou para destacar que a prática regular de atividades físicas pode ajudar os candidatos no desenvolvimento intelectual, trazendo benefícios como: 

  • Aumento da concentração
  • Aumento da capacidade de armazenamento de dados
  • Produção de hormônios do prazer (endorfina e serotonina)
  • Disposição para estudar por um longo período de tempo 

O tempo ideal de preparação pode variar de 12 a 24 semanas, dependendo do perfil de cada um. Diversos fatores podem influenciar, como tipo físico, idade, gênero, se é praticante de exercícios físicos ou não, se tem tempo para praticar o programa de treinamento, entre outros fatores.  

Quanto ao melhor horário para os treinos também fica a critério de cada um, mas Elon fez uma recomendação: “sugiro praticar os exercícios logo ao acordar, pois terá disposição ao longo do dia para realizar as atividades de estudo e/ou trabalho”.

Para quem não tem o hábito de praticar atividades físicas constantemente, o preparador físico aconselhou, primeiramente fazer uma avaliação médica para saber se está apto a praticar exercícios. Além disso, é importante administrar bem o tempo e iniciar um programa de treinamento orientado por um profissional de educação física.

“Caso não tenha condições de investir num profissional, comece com exercícios aeróbios de baixa intensidade e longa duração para melhorar o cardiopulmonar. Um exemplo de atividade é a caminhada ou corrida. Intercale os dias com trabalho de força e resistência com exercícios de abdominal e flexão”, recomendou.

Alimentação pode influenciar o desempenho dos candidatos

Outra questão a qual os candidatos devem ficar atentos é a alimentação. “A alimentação e os exercícios físicos estão intimamente ligados, por isso é preciso realizar uma alimentação balanceada de acordo com seu gasto calórico.”

Elon chama atenção para o fato de que muitos candidatos procrastinam para iniciar seus treinos e não mantém uma alimentação regrada. Quando começam a rotina de treino, entram em uma dieta muito restrita de carboidrato e, com isso, não têm energia para suportar a gama de atividades.

 “O carboidrato é uma das principais fontes de energia para o nosso corpo. O pré-treino, deve respeitar uma hora de antecedência e alimentos leves para que seja feita a digestão e evite desconfortos como náuseas, por exemplo. No treino é bom manter o corpo hidratado e se a duração dos treinos passar de 2 horas, deve-se realizar a reposição energética. Já no pós-treino repor carboidratos e proteínas de rápida digestão, respeitando o intervalo de 30 à 60 minutos para a recuperação metabólica.”

Durante os testes físicos do concurso, os candidatos serão submetidos às seguintes atividades:

Feminino
Teste Físico Mínimo de repetições Tempo Máximo para a execução
Flexão abdominal 25 repetições até 1 minuto e zero segundo
Flexão de cúbitos (braços) 20 repetições até 1 minuto e zero segundo
Corrida de velocidade 100 metros até 22 segundos e zero milésimo
Corrida de resistência 2.000 metros até 12 minutos e zero segundo

 

Masculino
Teste Físico Mínimo de repetições Tempo Máximo para a execução
Flexão abdominal 30 repetições até 1 minuto e zero segundo
Flexão de cúbitos (braços) 30 repetições até 1 minuto e zero segundo
Corrida de velocidade 100 metros até 20 segundos e zero milésimo
Corrida de resistência 2.400 metros até 12 minutos e zero segundo

 

“Sugiro que treine de segunda à Sábado, sendo que: segundas, quartas e sextas treinem para corrida de resistência e abdominal. Já às terças, quintas e sábados treinem para corrida de velocidade e flexão de braço”, indicou o preparador físico.

Também é importante tomar alguns cuidados durante a preparação para evitar lesões. Elon Junior separou cinco orientações básicas e essenciais para os concurseiros se prevenirem. Veja:

Procure um médico para uma avaliação clínica e saber se está apto a prática de exercícios físicos;
Procure um profissional de educação física para orientar e programar sua rotina de treino;
Investa em equipamentos/vestimentas esportivas adequadas como: um bom tênis de corrida, camisas esportivas, bermudas/shorts esportivos;
Se for treinar sozinho, comece com rotinas de leve para moderada, pois seu corpo deverá se adaptar ao estresse proporcionado pelos exercícios físicos.
Respeite o limite do seu corpo, descanso também é treino. Inicialmente, dê no mínimo 24 horas de intervalo entre um treino e outro.

Concurso tem oferta de 142 vagas

O concurso Guarda de Niterói-RJ oferta 142 vagas imediatas, sendo 15 reservadas para candidatos com deficiência. Além das vagas imediatas haverá formação de cadastro de reserva. 

Há oportunidades para candidatos de ambos os sexos. A exigência para participação é o nível médio completo e altura de 1,60m para mulheres e 1,70m para homens.
A remuneração inicial da carreira, na classe inicial C, é R$2.881,27. O valor é composto pelo vencimento base, a gratificação de risco de vida e gratificação por regime especial de trabalho, além do auxílio-alimentação de R$185 e auxílio-transporte de R$196. 

A carga de trabalho poderá ser por escala de 12 x 36 horas, 24 x 72 horas ou 40 horas semanais. Caso o guarda municipal trabalhe em dias de folga, terá direito ao Regime Adicional de Serviço (RAS), o que pode elevar a remuneração para R$5.581,27. Para garantir o benefício, o servidor pode realizar 12 plantões por mês e receber R$150 por plantão de oito horas ou R$225 por trabalho de 12 horas. 

Veja também:

 Como estudar Legislação para o concurso da guarda de Niterói-RJ? 

 Confira dicas de Informática para o concurso Guarda de Niterói-RJ

Guardas
Preparação para a etapa de testes físicos deve iniciar o quanto antes
(Foto: Ascom/Guarda de Niterói)​​​​​​

Candidatos farão as provas objetivas em abril

Os candidatos serão submetidos a cinco etapas de seleção. As quatro primeiras de responsabilidade serão organizadas pela banca, Instituto Selecon, e a última ficará sob a responsabilidade da própria corporação. Serão aplicadas as seguintes etapas:

  • Provas de conhecimento, de caráter eliminatório;
  • Exame antropométrico e prova de capacidade física, de caráter eliminatório;
  • Exame psicotécnico, de caráter eliminatório;
  • Exame médico, de caráter eliminatório;
  • Investigação social e documental, de caráter eliminatório.

A prova objetiva do concurso está marcada para o dia 28 de abril. A avaliação será composta por 100 questões, distribuídas pelas disciplinas de Conhecimentos Básicos de Direito (50), Língua Portuguesa (30), Conhecimentos Básicos de Informática (10) e Conhecimentos do Município de Niterói (10).

Invista na sua preparação para o concurso
Assinatura Folha + Degrau

Serão aprovados os que obtiverem, no mínimo, 50% de aproveitamento no total de pontos. Também é preciso alcançar 50% de acertos na prova de Conhecimentos de Direito e 40% em cada uma das demais disciplinas. 

Os aprovados em todas as etapas do concurso Guarda de Niterói-RJ passarão, ainda, por um curso de formação profissional. O curso terá duração de três meses e acontecerá conforme a matriz curricular nacional para formação de guardas.

Seu concurso tem teste físico? Confira as dicas 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários