Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Ministério quer receber aval para auditor ainda este ano

O Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho (Sinait) já começou a cobrar do novo governo o atendimento das demandas mais urgentes da categoria, entre elas, a realização de concurso público. No último dia 24, a entidade se reuniu com o novo secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Jânio Macedo, que, segundo a vice-presidente do Sinait, Rosa Jorge, afirmou que a pasta se empenhará para ter a seleção autorizada ainda este ano. Um pedido de 847 vagas de auditor do trabalho (de nível superior, com remuneração inicial de R$18.754,20) já está em análise no Ministério do Planejamento.

O Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho (Sinait) já começou a cobrar do novo governo o atendimento das demandas mais urgentes da categoria, entre elas, a realização de concurso público. No último dia 24, a entidade se reuniu com o novo secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Jânio Macedo, que, segundo a vice-presidente do Sinait, Rosa Jorge, afirmou que a pasta se empenhará para ter a seleção autorizada ainda este ano. Um pedido de 847 vagas de auditor do trabalho (de nível superior, com remuneração inicial de R$18.754,20) já está em análise no Ministério do Planejamento.
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações