Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Diplomata 2019: saem gabaritos das provas objetivas

No domingo, 8, foram publicados os gabaritos preliminares e os cadernos de questões das provas objetivas do concurso Diplomata 2019.

Os gabaritos e cadernos de questões das provas objetivas do concurso Diplomata 2019 já estão disponíveis para consulta pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), banca organizadora. A publicação ocorreu no domingo, 8 de setembro, após às 22h, no mesmo dia em que os exames foram aplicados.

A primeira etapa da seleção ocorreu nas capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Ao todo, foram 6.411 inscrições para as 20 vagas de ingresso na carreira diplomática. A banca e o Instituto Rio Branco (IBR) ainda não divulgaram o número de faltosos. 

Quem for contra as respostas fornecidas pela organização do concurso poderá entrar com recurso. Para isso, será necessário preencher formulário específico entre os dias 9 e 10 de setembro, pelo portal da banca.  

De acordo com o edital, se a análise dos recursos resultar na anulação de questão e/ou item integrante da prova objetiva, a pontuação correspondente será atribuída a todos os candidatos, independentemente de terem recorrido.

O resultado dos recursos contra o gabarito, o resultado da primeira fase do concurso Diplomata e a convocação para a segunda etapa serão divulgados, na página do Iades, na data provável de 20 de setembro. 

Concurso Diplomata oferece 20 vagas para ingresso na carreira
(Foto: Bruna Somma)

 

As provas objetivas foram aplicadas em dois horários, ambos com duração de três horas. No total, os participantes tiveram que responder a 73 questões distribuídas por Língua Portuguesa; Língua Inglesa; História do Brasil; História Mundial; Política Internacional; Geografia; Economia; Direto e Direito Internacional Público.

Cada questão foi composta por quatro itens para julgamento. O julgamento de cada item foi CERTO ou ERRADO. Conforme o edital, será eliminado do concurso o candidato que obtiver nota final na prova objetiva inferior a 32,85 pontos. 

A nota em cada item será igual a 0,25 pontos, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,125 pontos negativos, se a resposta estiver em discordância com o gabarito; e zero se não houver marcação ou marcação dupla.

+ Assine a Folha Dirigida e turbine sua preparação!
Bolsonaro garante concurso Diplomata em 2019 e demais anos do governo

Concurso Diplomata terá provas escritas em outubro

Os 200 melhores classificados na objetiva serão convocados para a segunda etapa do concurso Diplomata: as provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório.

A primeira aplicação será no dia 12 de outubro, às 14h, nas capitais em que houver aprovados na primeira etapa. No decorrer de cinco horas, os participantes deverão elaborar uma redação de tema geral e responder a dois exercícios de interpretação, análise ou comentário de texto. 

Haverá ainda prova escrita de Língua Inglesa no dia 13 de outubro, às 14h. Serão cobrados: redação sobre tema geral, tradução do texto do Inglês para o Português, versão de um texto do Português para o Inglês.

Além de elaboração de um resumo, em Inglês, de um texto escrito em Língua Inglesa, com extensão a ser estabelecida no comando do exercício, estimada entre 35% e 50% do texto a ser resumido.

Os concorrentes ainda serão submetidos a provas escritas de outras disciplinas. Elas terão duração de quatro horas cada e serão aplicadas nas capitais onde houver candidatos aprovados na primeira fase, nas datas prováveis de:

  • 18 de outubro de 2019: Prova de história do Brasil, iniciando-se às 9h;
  • 18 de outubro de 2019: Prova de geografia, iniciando-se às 15h;
  • 19 de outubro de 2019: Prova de política internacional, iniciando-se às 9h;
  • 19 de outubro de 2019: Prova de economia, iniciando-se às 15h;
  • 20 de outubro de 2019: Prova de direito e direito internacional público, iniciando-se às 9h;
  • 20 de outubro de 2019: Prova de língua espanhola e língua francesa, iniciando-se às 15h.

Para se inscrever a carreira diplomática foi necessário ter o ensino superior em qualquer área. A remuneração inicial é de R$19.657,06, incluindo o auxílio-alimentação de R$458.

As inscrições ficaram abertas de julho a agosto, pelo portal do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), banca organizadora. O resultado final está previsto para 17 de dezembro.

A seleção ficará válida por 90 dias, podendo ser prorrogada por igual período. Os aprovados nas três etapas do concurso ainda realizarão curso de formação no Instituto Rio Branco, em Brasília.

Confira dicas para a prova escrita de Língua Portuguesa:



Comentários