Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Alterada data da prova do concurso de diplomata

Foi divulgada nesta terça, dia 28, pelo Instituto Rio Branco, ligado ao Ministério das Relações Exteriores, a mudança na data da prova objetiva do concurso público para 30 vagas de diplomata. A aplicação do exame da primeira fase foi adiada de 24 de julho para o dia 31 do mesmo mês. Essa é a única alteração no cronograma do concursos, permanecendo inalteradas todas as demais datas que constam do edital de abertura. A avaliação será aplicada nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal em dois períodos: o primeiro, iniciando-se às 10h, com duração de duas horas e trinta minutos, e o segundo, iniciando-se às 15h, com duração de três horas e trinta minutos. O gabarito oficial da prova será divulgado no site do organizador, o Cesbrape (antigo Cespe/UnB), na data provável de 2 de agosto.  

Foi divulgada nesta terça, dia 28, pelo Instituto Rio Branco, ligado ao Ministério das Relações Exteriores, a mudança na data da prova objetiva do concurso público para 30 vagas de diplomata. A aplicação do exame da primeira fase foi adiada de 24 de julho para o dia 31 do mesmo mês. Essa é a única alteração no cronograma do concursos, permanecendo inalteradas todas as demais datas que constam do edital de abertura. A avaliação será aplicada nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal em dois períodos: o primeiro, iniciando-se às 10h, com duração de duas horas e trinta minutos, e o segundo, iniciando-se às 15h, com duração de três horas e trinta minutos. O gabarito oficial da prova será divulgado no site do organizador, o Cesbrape (antigo Cespe/UnB), na data provável de 2 de agosto.

A prova objetiva terá 73 questões, abordando os conteúdos de Língua Portuguesa (14), Língua Inglesa (13), Política Internacional (12), História Mundial (11), Noções de Direito e Direito Internacional Público (6), Noções de Economia (6), História do Brasil (6) e Geografia (5). A segunda etapa, de prova escrita de Língua Portuguesa, será aplicada na data provável de 17 de setembro, às 14h, com duração de cinco horas, e consistirá de redação sobre tema geral, com a extensão de 600 a 650 palavras e de dois exercícios de interpretação, de análise ou de comentário de textos, com a extensão de 120 a 150 palavras cada um.

A última fase terá seis avaliações, sendo cinco delas discursivas sobre História do Brasil (em 18 de setembro); Geografia e Política Internacional (24 de setembro); Língua Inglesa (18 de setembro); Noções de Economia (24 de setembro); Noções de Direito e Direito Internacional Público (25 de setembro). O sexto exame será objetivo, sobre Espanhol e Francês (25 de setembro). Os convocados irão ingressar em cargo da classe inicial da carreira de diplomata (terceiro secretário) e deverão se matricular no Curso de Formação com duração de um ano e meio, a ser realizado em Brasília, no Instituto Rio Branco. O salário para o cargo é de R$15.005,26. Para concorrer basta o candidato ter nível superior em qualquer área.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações