Folha Dirigida Entrar Assine

Professora de Português dá dicas para o concurso MPU 2017

A expectativa é de que, até agosto deste ano, seja divulgado o edital do concurso público para o MPU. Mas, quem deseja concorrer não precisa esperar para começar os estudos. Segundo Monica Massad, professora de Língua Portuguesa, com planejamento, é possível iniciar a preparação com bastante antecedência.

A expectativa é de que, até agosto deste ano, seja divulgado o edital do concurso para o Ministério Público da União (MPU). Mas quem deseja concorrer não precisa esperar tanto para começar a estudar. De acordo com Monica Massad, professora de Língua Portuguesa, com planejamento, é possível iniciar a preparação com bastante antecedência.
 
Leia também:

Veja as dicas de preparação da professora

De acordo com Monica, o foco deve estar tanto na interpretação de texto quanto na gramática, porque os dois assuntos têm grande chance de serem cobrados. Mas ressalta a importância de estar atento à interdisciplinaridade. Ela explica que, nos últimos anos, a banca tem cobrado conhecimentos de outras áreas na prova de Língua Portuguesa e que, por isso, é importante o hábito de leitura.
 
A especialista sugere que o candidato busque dominar o conteúdo, porque o conhencimento de determinado assunto pode ajudar muito a responder uma questão sem, talvez, precisar ler um texto inteiro. "Os concurseiros costumam achar que a interpretação na prova deve ser pessoal. É fundamental se debruçar sobre a teoria da argumentação, porque as quesões de interpretação e compreensão de texto são totalmente voltadas para isso. Não têm nada de subjetividade."
 
Outra orientação de Monica é utilizar as provas de concursos anteriores para estudar, principalmente através de resolução de questões. "A Cespe mantém sempre um padrão em relação ao conteúdo programático da prova de Português com uma recorrência muito grande." Além do MPU, ela também indica outras provas que podem ser usadas na preparação como as do TRE, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.
 

Assuntos cobrados no último concurso merecem atenção

No último concurso público da MPU, um dos assuntos abordados e que merece atenção foi o uso da crase.  Também existem alguns tópicos que, de acordo com a professora, são clássicos e não podem ser ignorados como vozes verbais passiva e analítica, sujeito, complementos verbais, concordância, predicativo do sujeito, adjunto adnominal e pontuação.
 
Em relação a bibliografia, a dica é utilizar o próprio Manual de Redação Oficial, o qual possui observações do professor Celso Luft, que ela considera de extrema relevancia. "A prova da Cespe se baseia no Manual de Redação da Presidência da República. Esse é o referencial principal."
 
Confira:
 
 
A professora Monica Massad já teve muitos alunos aprovados e bem classificados no concurso da MPU. Com anos de experiência analisando o perfil das bancas, ela defende que o pensamento do candidato deve ser o seguinte: "eu estudo, eu domino a matéria, faço a questão, acerto e sou aprovado!"
 
Por fim, deixa uma sugestão valiosa: "devem estudar com muita antecedência, não adianta esperar sair o edital. Para ser aprovado em um concurso como o do MPU é necessária uma preparação consistente de pelo mesnos um ano ou, no caso de alguém que já tem uma base, um pouco menos. Mas não pode deixar para em cima da hora, seria uma visão ingênua pensar dessa maneira."

 

Comentários