Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso MPU: sai convocação nacional para analistas em Direito

Concurso MPU: sai convocação nacional para analistas em Direito

O Ministério Público da União convoca aprovados na lista nacional de analistas em Direito para escolha das lotações.

O Ministério Público da União (MPU) já iniciou as chamadas de aprovados no concurso para técnicos e analistas, realizado em 2018. Nesta sexta-feira, 1º, o órgão convocou os candidatos com classificação nacional para o cargo de analista em Direito.

De acordo com a portaria, publicada no Diário Oficial da União, os convocados deverão escolher pelas localidades de lotação, quando existir interesse. Para isso será necessário acessar o site do Ministério Público Federal (MPF).

Há vagas disponíveis em Cruzeiro do Sul, no Acre; em Guarapuava, no Paraná; e em Boa Vista, capital de Roraima. O candidato não poderá ser nomeado para localidade a qual não tenha optado.

Quem não manifestar sua opção será considerado desistente da convocação, porém se manterá ativo na classificação nacional. O MPU informa ainda que “novas convocações ocorrerão por meio da publicação de novos editais de convocação, seguindo a ordem de classificação nacional, caso não exista manifestação dos convocados por este Edital”.

A remuneração para os analistas em Direito, aprovados no concurso MPU, será de R$12.169,89. Para se candidatar foi necessário ter o nível superior na área. O edital trouxe a oferta imediata de 36 vagas para o cargo.

Convocados do concurso MPU deverão escolher locais de lotação 
(Foto: Bruna Somma)

 

A seleção ainda teve 11 vagas para técnico em administração, carreira que exigiu apenas o ensino médio completo. A remuneração, nesse caso, é de R$7.772,80. Ambos os valores já incluem o auxílio-alimentação. O concurso MPU registrou, ao todo, 264.924 concorrentes

Os candidatos foram avaliados por provas objetivas e discursivas, aplicadas em outubro. Eles tiveram que responder a 120 questões, das quais 50 foram de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. 

MPU divulga resultado de concurso de remoção

Nesta sexta-feira, 1º, também foi divulgada no Diário Oficial da União a distribuição das vagas remanescentes do concurso de remoção para técnicos de administração e analistas em Direito. Há 22 oportunidades em aberto, sendo sete para analista em Direito e 15 para técnico em Administração.

Pela tradição, os concursos de remoção abrem a possibilidade de os próprios servidores do MPU ocuparem os cargos que estão vagos, antes de preenchê-los com novos aprovados.

enlightenedCom déficit de 50 técnicos de segurança, MPU pode ter novo concurso

Caso sobrem vagas nos estados, elas poderão ser ocupadas por aprovads do concurso para técnicos e analistas em vigência. Dessa maneira, o edital de remoção é um indício de que o órgão poderá chamar mais aprovados da seleção para ingresso na área de apoio, realizada ano passado.

Cadastro de reserva costuma ser utilizado pelo MPU

Além das 47 vagas imediatas, o concurso MPU formou cadastro de reserva com 7 mil aprovados. Eles poderão ser convocados no decorrer do prazo de validade da seleção – que será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

A boa notícia é que o MPU tem o costume de convocar um bom número de aprovados em cadastro. Na última seleção, realizada em 2013, foram chamados mais de 4 mil aprovados para oferta de apenas 147 vagas imediatas

Outro indício de convocação de excedentes foi o concurso de remoção realizado pelo MPU em novembro.

De acordo com o resultado final dessa seleção, restaram 101 vagas, sendo 62 para técnicos de administração e 39 para analista em direito. Em ambos os casos, a maior parte das oportunidades é para o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). 

No vídeo abaixo, saiba sobre as 48 mil vagas que constam no Orçamento Federal para este ano: 

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR



Comentários