Concurso MPU: confira correção da prova de técnico

Confira a correção da prova de técnico de administração do concurso MPU, realizada no domingo, dia 21.

*Atualizada em 22/10/2018, às 7:32

Você fez as provas de técnico de administração do concurso MPU neste domingo, dia 21? Se sim, não pode perder a correção do exame, que iniciou às 21h do mesmo dia. Em parceria com o curso Degrau Cultural, FOLHA DIRIGIDA disponibiliza no link a seguir a correção da prova do cargo de nível médio.

⇒ Saiba o que os candidatos acharam da prova

Esta é a chance de você saber se foi bem ou não no exame, já tendo uma noção do número de pontos que alcançou. As provas objetivas terão valor máximo de 120 pontos.

Será considerado classificado do concurso quem obtiver pelo menos dez pontos em Conhecimentos Básicos,  21 na parte específica e 36 pontos no conjunto das provas objetivas. Acesse a transmissão no link a seguir!
 

As provas do concurso MPU contaram com 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Gerais e 70 de Conhecimentos Específicos, distribuídas da seguinte maneira:

⇒ Conhecimentos Básicos: Língua Portuguesa; Acessibilidade; Ética no serviço público; Legislação aplicada ao MPU e ao CNMP; Promoção da Igualdade Racional.

⇒ Conhecimentos Específicos - técnico de administração: Noções de Direito Administrativo; Noções de Direito Constitucional; Noções de Administração; Noções de Arquivologia; Noções de Administração Orçamentária, financeira e orçamento. 

 Concurso MPU: saiba qual foi a nota de corte da seleção de 2013

As questões seguiram o estilo Cebraspe, na qual os candidatos deverão julgar sentenças como ‘certas’ ou ‘erradas’. Um erro significou a perda dos pontos de um acerto. Por isso, a atenção teve que ser redobrada. Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, o diretor do Cebraspe deu orientações para o dia da prova.

Concurso MPU terá mais de 7 mil aprovados em cadastro

O concurso MPU tem oferta de 47 vagas para provimento imediato. Das oportunidades, 11 são para o cargo de técnico de administração, que tem como pré-requisito apenas o ensino médio completo. Os ganhos são de R$7.772,80.

As outras 36 vagas são para analista em direito, carreira destinada aos graduados na área. A remuneração, nesse caso, é de R$12.169,89. Os valores já contam com os R$910,08 de auxílio-alimentação.  

A boa notícia é que o órgão também formará cadastro de reserva com até 7.236 aprovados. O destaque é o Distrito Federal com mais de 4 mil vagas no cadastro. Desse quantitativo, 3.583 oportunidades são para técnico de administração e 1.162 para analista em direito. 

O concurso para MPU contabilizou 264.924 inscrições para os cargos de técnico e analista. Ao todo, foram contabilizados 191.045 concorrentes para as 11 vagas imediatas. Isso representa a relação candidato/vaga de 17.367 para as contratações imediatas.

A carreira de analista em direito, que teve como pré-requisito nível superior na área, contou com 73.879 candidatos. Nesse caso, 2.052 concorrem às 36 vagas para o cargo. Dentre as regiões contempladas, o Distrito Federal foi a que obteve o maior número de inscritos: 133.508. O número de faltosos no exame ainda não foi informado.