Concurso MPU: adiada divulgação do resultado final de PCDs e negros

Ministério Público da União adia divulgação do resultado final de avaliação para PCD e pessoas negras.

O concurso MPU teve a divulgação de alguns resultados adiada. Previstos para saírem nesta quarta-feira, 3, os resultados finais da avaliação biopsicossocial para as pessoas com deficiência e verificação das pessoas autodeclaradas negras ficam para sexta, 5.

O documento referente à modificação foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta, 3, e diz respeito ao de técnico do MPU com especialidade em Administração. Os resultados provisórios das avaliações foram publicados no site do Cebraspe, organizador da seleção, em 14 de junho. 

♦ Concurso MPU: sai convocação nacional para analistas em Direito
♦ Com déficit de 50 técnicos de segurança, MPU pode ter novo concurso

Resultado concurso MPU para avaliação de PCD e pessoas negras é adiado
(Foto: Agência Senado)

MPU abre edital para remoção de analistas

No final de junho, o Ministério Público da União abriu um novo concurso para remoção interna de analistas em Direito (nível superior). Esse processo concede permissão para que os próprios servidores ocupem as vagas em aberto antes da convocação de aprovados no concurso para o público em geral.

No total, estão disponíveis 12 vagas de analistas para atuação no Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e Ministério Público do Trabalho (MPT). As chances estão distribuídas entre nove regiões, incluído São Paulo e Distrito Federal.

O resultado final tem previsão de divulgação no dia 10 de julho. Os cargos que, mesmo assim, ficarem vagos, serão ocupados por aprovados no concurso MPU 2018. Por isso, o edital de remoção é um sinal positivo para que novas nomeações ocorram.

Concurso MPU reuniu mais de 260 mil inscritos

O edital do último concurso MPU foi divulgado em 2018. Foram ofertadas 47 vagas imediatas mais formação de cadastro de reserva. A seleção reuniu 264.924 inscrições. O maior quantitativo ficou para o cargo de técnico de Administração, que exigiu apenas o ensino médio completo.

No total de inscritos para o cargo, foram 191.045 concorrentes para apenas 11 vagas imediatas da função. Isso significa a relação candidato/vaga de 17.367 para as contratações imediatas. A carreira de analista em Direito, que teve como pré-requisito nível superior na área, contabilizou 73.879 candidatos.

O MPU formou cadastro de reserva com cerca de 7 mil aprovados em todo país, além das 47 vagas imediatas. O concurso tem prazo de dois anos, desta forma, os candidatos que ficaram como reservas poderão ser convocados durante toda a validade. 

Na última seleção, realizada em 2013, foram chamados mais de 4 mil aprovados para oferta de apenas 147 vagas imediatas

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários