Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Parcial de 8 mil inscritos para procurador

Um balanço parcial aponta que aproximadamente 8 mil advogados se inscreveram para concorrer a uma das 40 vagas oferecidas no concurso para procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT). O cargo, que remunera o profissional em R$23.501,97 e garante estabilidade em regime vitalício, exige do candidato experiência de, pelo menos, três anos de atividade jurídica.

Um balanço parcial aponta que aproximadamente 8 mil advogados se inscreveram para concorrer a uma das 40 vagas oferecidas no concurso para procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT). O cargo, que remunera o profissional em R$23.501,97 e garante estabilidade em regime vitalício, exige do candidato experiência de, pelo menos, três anos de atividade jurídica.

Os cadastrados devem ficar atentos, pois no próximo dia 16 o MPT deverá divulgar a lista nominal das inscrições homologadas. Já no dia 26 será publicado edital com os horários e locais de aplicação das provas objetivas, agendadas para o dia 6 de maio. Durante quatro horas os concorrentes responderão a 100 questões divididas em três blocos: I- Direitos Constitucional, Humanos, Individual e Coletivo do Trabalho, Processual do Trabalho, Civil e de Empresa e Regime Jurídico do Ministério Público; II- Direitos Processual Civil e Administrativo; e III- Direitos Previdenciário, Penal, Internacional e Comunitário. Segundo o cronograma, ainda nesse dia será divulgado o gabarito.

Em 24 de junho e 1º de julho, os candidatos serão submetidos a duas avaliações escritas, (subjetiva e prática). Em uma terceira etapa, os concorrentes passarão por provas orais, que serão aplicadas apenas no Distrito Federal, entre os dias 12 e 15 de novembro. Além disso, os advogados terão analisados os seus títulos. Tendo em vista o longo tempo para selecionar os procuradores- a previsão é a de que o concurso seja homologado no dia 6 de dezembro, com a posse no dia 20. A validade do concurso é de dois anos, prorrogável pelo mesmo período.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações