Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Inscrições abertas para procurador do Trabalho até 3 de abril

Quem busca um emprego na esfera pública federal que propicie status e estabilidade (regime vitalício) pode participar do 17º concurso para procurador do Trabalho, cujas inscrições são aceitas até 3 de abril, no site do Ministério Público do Trabalho (MPT). A oferta inicial é de 40 vagas, mas há possibilidade de surgimento de mais dez oportunidades no fim da seleção, segundo o procurador-geral do Trabalho, Luís Antônio Camargo.

Quem busca um emprego na esfera pública federal que propicie status e estabilidade (regime vitalício) pode participar do 17º concurso para procurador do Trabalho, cujas inscrições são aceitas até 3 de abril, no site do Ministério Público do Trabalho (MPT). A oferta inicial é de 40 vagas, mas há possibilidade de surgimento de mais dez oportunidades no fim da seleção, segundo o procurador-geral do Trabalho, Luís Antônio Camargo.
 
O cargo pode ser preenchido por bacharéis em Direito que tenham experiência de pelo menos três anos de atividade jurídica após a obtenção do diploma. De acordo com a Assessoria de Comunicação Social do MPT, a remuneração de ingresso é de R$23.501,97, dos quais R$22.911,97 de vencimento e R$590 de auxílio-alimentação.

Há oportunidades no Espírito Santo (1), Goiás (1), Santa Catarina (1), Pernambuco (1), Amazonas (1), Paraná (2), Bahia (2), Pará (2), Distrito Federal/Tocantins (3), Rio de Janeiro (4), Rio Grande do Sul (5), Minas Gerais (6) e São Paulo (11).

Entretanto, essa distribuição poderá ser alterada durante a validade do concurso, de dois anos, podendo dobrar, se for conveniente para a administração. Como o resultado final está previsto para ser homologado em 6 de dezembro, o prazo de vigência da seleção deverá ir até, no mínimo, dezembro de 2014.

A ficha de inscrição poderá ser preenchida no site do MPT até as 23h59 (horário de Brasília) de 3 de abril. O próximo passo será imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança) da taxa, de R$180, e quitá-la em qualquer agência ou correspondente bancário (preferencialmente no Banco do Brasil), até o mesmo dia.

Quem não tiver acesso à internet poderá se inscrever em computadores em uma procuradoria credenciada (ver link documentos no lado esquerdo). Se for comprovada carência financeira, até o próximo dia 19, o candidato ficará livre de pagar a taxa, bastando entregar formulário próprio em uma procuradoria listada.

SERVIÇO
Inscrição: www.mpt.gov.br/concurso

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações