Concurso MP RJ chega ao último dia de inscrição. Níveis médio e superior

Saiu o edital do concurso MP RJ 2019, com vagas nos níveis médio e superior. As remunerações iniciais chegam a R$8.369,16.

Saiu o edital do concurso MP RJ 2019. O documento foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP RJ), nesta quinta-feira, dia 12. As oportunidades são em cargos dos níveis médio e superior, com remuneração de até R$8.369,16. O regime de contratação é o estatutário, com estabilidade. As inscrições na seleção chegam à reta final: são aceitas até esta quinta, 24 de outubro.

edital MP-RJ

O MP RJ oferece 18 vagas, mas há expectativa de chamada de mais aprovados ao longo da validade do concurso, de dois anos, podendo chegar a quatro. Na última seleção, por exemplo, foram 21 vagas, e o MP convocou 207 aprovados. Isso tende a se repetir no novo concurso, tendo em vista, sobretudo, as aposentadorias.

⇒ PARA ASSINANTES: Conheça o perfil da FGV, banca do MP RJ

Das 18 vagas, sete são para quem possui o nível médio completo. Dessas, seis são para técnico administrativo e uma para oficial. A remuneração para ambos é de R$5.612,84, sendo R$4.382,84 de vencimento inicial e R$1.230 do auxílio-alimentação. 

No nível superior, 11 vagas também estão concentradas em dois cargos. São eles: analista processual (oito vagas), para graduados em Direito, e analista administrativo (três vagas), para formados em Administração, Ciências Contábeis, Direito ou Economia. Ambos têm ganhos mensais de R$8.369,16.

Os servidores do MP têm direito ainda a auxílios-transporte e saúde, este por sistema de reembolso, bem como auxílio-educação, podendo o servidor contemplar até três dependentes. 

+ Começe AGORA os estudos para o concurso MP RJ +

CONCURSO MP RJ 2019

CARGO ESCOLARIDADE REMUNERAÇÃO
Técnico administrativo Nível médio R$5.612,84
Oficial do MP RJ Nível médio R$5.612,84
Analista administrativo Nível superior em Administração, Ciências Contábeis, Direito ou Economia R$8.369,16
Analista processual Nível superior em Direito R$8.369,16


O secretário-geral do MPRJ, Dimitrius Viveiros, reafirmou a ideia de chamar mais aprovados, estimando centenas de convocações .

“O concurso será exclusivamente direcionado à reposição de servidores para as vacâncias já existentes e para aquelas que surgirão nos dois anos seguintes à data da homologação do concurso, decorrentes de exonerações e aposentadorias. Esse prazo de validade ainda poderá ser prorrogado por mais dois anos. Na prática, é possível estimar com segurança que mais de uma centena de aprovados poderão ser chamados durante o período de validade”, afirmou.

Inscrições no concurso MP RJ até as 16h desta quinta, 24

Os interessados no concurso MP RJ 2019 devem se atentar para o último dia de inscrição, no site da Fundação Getulio Vargas (FGV), organizadora. Os cadastros podem ser efetuados até as 16h desta quinta, 24 de outubro. A taxa, de R$95 para técnicos e de R$120 para analistas, deve ser paga até sexta, 25.

Membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, puderam solicitar a isenção da taxa até o dia 18 deste mês. A lista definitiva de isentos sairá até esta quarta, 23 de outubro.

Concurso MP RJ 2019 tem edital publicado (Foto: MP RJ)
Concurso MP RJ 2019 tem edital publicado (Foto: MP RJ)

Provas do concurso MP RJ serão aplicadas em novembro

Os candidatos do concurso MP RJ 2019 serão avaliados por meio de uma etapa: a prova objetiva, marcada para 24 de novembro. A avaliação será aplicada no período da manhã, das 8h às 13h para analista áreas processual e administrativa. Já os concorrentes ao cargo de técnico farão a prova no período da tarde, das 15h às 19h.

Em ambos os casos, as provas serão realizadas no Estado do Rio de Janeiro, nas seguintes cidades: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Petrópolis, Rio de Janeiro, Teresópolis e Volta Redonda.

Para técnicos, serão 80 questões de Português, Raciocínio Lógico Matemático, Organização do MP, Noções de Informática e Noções de Direito Administrativo e Constitucional.

Os concorrentes a oficial também responderão a 80 itens sobre Português, Raciocínio Lógico Matemático, Organização do MP, Noções de Direito Processual, além de Noções de Direito Administrativo e Constitucional.

Para analistas serão 100 questões. No caso do analista processual as matérias serão Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico Matemático, Organização do  Ministério Público, Tutela Coletiva e Direito da Infância e Juventude, Direito Administrativo e Constitucional, Direito Civil e Processual Civil, Direito Penal e Direito Processual Penal.

Já para analista administrativo a prova terá as seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico Matemático, Organização do  Ministério Público, Noções de Informática, Noções de Direito Administrativo e Constitucional, Administração Geral e Pública e Contabilidade Pública. 

Prova objetiva técnico administrativo
Grupo 1:

Língua Portuguesa - 30 questões
Raciocínio Lógico - 10 questões

Grupo 2:
Organização do MP - 10 questões
Noções de Informática - 10 questões
Noções de Direito Administrativo e Constitucional - 20 questões

Prova objetiva de oficial
Grupo 1:

Língua Portuguesa - 30 questões
Raciocínio Lógico - 10 questões

Grupo 2:
Organização do MP - 10 questões
Noções de Direito Administrativo e Constitucional - 10
Noções de Direito Processual - 20 questões

Prova objetiva de analista administrativo
Grupo 1:

Língua Portuguesa - 30 questões
Raciocínio Lógico - 10 questões

Grupo 2:
Organização do MP - 10 questões
Noções de Direito Administrativo e Constitucional - 10 questões
Noções de Direito Processual - 15 questões
Administração Geral e Pública e Contabilidade Pública - 25 questões

Prova objetiva de analista processual 
Grupo 1:

Língua Portuguesa - 30 questões
Raciocínio Lógico - 10 questões

Grupo 2:
Organização do MP - 10 questões
Tutela Coletiva e Direito da Infância e Juventude - 10 questões
Direito Administrativo e Direito Constitucional - 10 questões
Direito Civil e Direito Processual Civil - 15 questões
Direito Penal e Direito Processual Penal - 15 questões

Cada questão valerá um ponto, sendo 100 pontos a pontuação máxima obtida nas provas para os cargos de analista.

Para técnicos as questões também valerão um ponto, sendo o total máximo de 80 pontos. Será considerado aprovado na objetiva o candidato que, cumulativamente:

a) não obtiver nota zero em qualquer disciplina;

b) acertar, no mínimo, 16 questões no grupo I e acertar, no mínimo, 24 questões no grupo II para analista da área administrativa;

c) acertar, no mínimo, 16 questões no grupo I e acertar, no mínimo, 24 questões no grupo II para analista processual;

d) acertar, no mínimo, 16 questões no grupo I e acertar, no mínimo, 16 questões no grupo II para técnico administrativo; e

e) acertar, no mínimo, 16 questões no grupo I e acertar, no mínimo, 16 questões no grupo II para oficial. 



Comentários