Como fazer concurso público? 7 passos para iniciar a sua preparação

No Momento Descomplica desta semana, o professor Cirano Cerqueira orienta sobre como iniciar os estudos para concursos.

Em busca da mudança de vida, estabilidade e bons salários, milhares de pessoas se inscrevem em concursos. Mas, para garantir uma vaga no serviço público é preciso estar preparado. Então, como iniciar os estudos para concursos? Esse é o tema do Momento Descomplica desta semana.

Veremos a seguir os 7 passos para iniciar a preparação, desenvolvidos pelo advogado e instrutor de ensino do Descomplica Concursos, Cirano Cerqueira. Apesar dessas recomendações, ele acredita que cada um deve procurar por sua própria fórmula e o método que mais se identifica.  

“O que funciona para mim é bem simples, basta ter foco, dedicação, mas principalmente motivação para mudar a realidade”, revelou Cerqueira, que também é professor de Direito Civil e Direito Processual Civil.

Para ele, a definição dos horários e tempo de estudo é um passo crucial. Isso porque, segundo o especialista, o mais importante no início é criar uma rotina de estudos.

“A vida é um aprendizado e estudar para várias provas não poderia ser diferente. Com o passar das provas, mesmo não sendo aprovado, conseguimos adquirir experiência, encorpando nossos cadernos e identificando o estilo das bancas”.

7 dicas de como começar a estudar para concursos (Foto: Pixabay)
7 dicas de como começar a estudar para concursos (Foto: Pixabay)

 

A seguir, veremos os setes passos para começar a preparação para concursos:  

1) Defina quem você é

Para o professor Cirano Cerqueira, podemos classificar as pessoas profissionalmente em três grandes grupos:

  1. As pessoas que sabem o que querem;
  2. As pessoas que têm certa ideia do que querem;
  3. As pessoas que não fazem a menor ideia do que querem.

Se você já souber a carreira que deseja seguir desde pequeno ou quando entrou na faculdade, o especialista diz que seu caminho será mais fácil de ser trilhado. “Apenas mantenha o foco que você alcançará o objetivo”, revela.

Cerqueira acredita que para as pessoas do segundo grupo, ou seja das que têm certa ideia do que querem, a tarefa também não é tão difícil.

“Elas estão mais abertas a determinados cargos em certas áreas. Por exemplo, quer algo em carreiras jurídicas, então pode-se estudar ao mesmo tempo para defensor, procurador, juiz, promotor e por aí vai”.

A maior dificuldade, na opinião do professor, é para o último grupo: das pessoas que não fazem a menor ideia do que querem. “O Descomplica Concursos trabalha prestigiando justamente esse grupo, oferecendo conteúdo de qualidade e com acesso ilimitado para qualquer cargo que se deseja estudar”.

Nas análises do professor, o primeiro passo é descobrir o que você é e o que deseja ser. O resto vem naturalmente.

2) Fique de olho nas oportunidades

O segundo passo para a preparação é ficar sempre informado sobre o que acontece nos concursos públicos. “Procure se informar sobre a quantidade de provas, a quantidade de vagas e o tamanho dos concursos”, indica Cerqueira.

Assim, será possível perceber que, se há uma maior quantidade de provas para um cargo, está na hora de prestigiar os estudos nas matérias para esses concursos. Da mesma forma, mesmo que haja menos concursos, porém com numerosas vagas, também pode ser uma boa oportunidade.

“Sobre o tamanho dos concursos, peço que atentem para as bancas. Instituições de renome geralmente prezam pela diligência e lealdade, não envolvendo-se em esquemas de venda de vagas. Ou seja, prestigiem, deem preferência a concursos de bancas famosas, que você já conhece o estilo”, recomenda.

enlightenedComo funciona concurso público? Descubra agora!

3) Saiba sobre o plano de carreira

Para o professor Cirano Cerqueira, estudar para concursos não é somente se ater ao conteúdo programático. É preciso também ficar atento às informações específicas dos cargos, como vencimentos, benefícios, possibilidade de exercer funções gratificadas e até mesmo os valores da aposentadoria.

“Pegando um exemplo prático, o meu irmão passou em concursos no Rio de Janeiro e em outros estados do Brasil. Porém, ao calcular o custo-benefício de cada um, notou que seria muito mais rentável ir para o Estado do Paraná, visto que os vencimentos, além de superiores, eram ainda maiores quando da aposentadoria, se comparados aos demais”, relata.

Por isso, é fundamental ter atenção ao teto da carreira e seus respectivos proventos de aposentadoria.

4) Estude pelas matérias afins

Professor Cirano Cerqueira

No começo da preparação, a recomendação do professor é estudar pelas matérias comuns a vários concursos. Dessa forma, você otimizará sua preparação.

Se determinada matéria, por exemplo, cai para Defensor, Promotor, Juiz, Procurador, por que não a estudar primeiro?

“No Descomplica, oferecemos as verticais, que englobam todos esses concursos afins, de forma a otimizar o estudo do nosso aluno”.

5) Não use um único e bom material

Existe uma falácia de que bons materiais de estudo são apenas os livros doutrinários e informativos jurisprudenciais. Mas, para o professor Cirano Cerqueira, a dica é assistir também a videoaulas, aos resumos, apostilas, aplicativos e planos de estudos.

6) Saiba das suas limitações

Para o sexto passo, o especialista começa com a seguinte consideração: “Sim, é difícil falarmos disso sem que pareça uma ofensa ou coisa do gênero. Mas relaxe, não estou me referindo à capacidade intelectual, o título foi só para lhe atrair. Eu me refiro às limitações de tempo e rotina”.

Para Cerqueira, se o candidato trabalha, tem filhos ou uma família barulhenta, ele disporá de menos tempo para se preparar. Porém, esse não deve ser um fator para se acanhar.

“O estudo não está atrelado somente à quantidade, mas principalmente à qualidade. Faça um plano de estudos adequado a sua maneira de vida e, se precisar, abra mão de algumas atividades. Com certeza a recompensa virá no futuro!”

7) Aproveite seu tempo livre

O estudo para concursos induz a uma perigosa armadilha: estudar muito ou estudar com qualidade? Na visão do professor do Descomplica, estudar com qualidade é o diferencial porque, quando reparar, estará estudando de forma qualificada e às vezes com uma carga horária menor.

“Óbvio que, se você conseguir se dedicar exclusivamente aos estudos, isso é o melhor dos mundos. Nesse caso, indico estudar o dia todo, iniciando após um bom café da manhã com videoaulas que são mais dinâmicas e retiram o sono, passando então a resumir o que viu para depois fazer exercícios”, recomenda.

Se você não dispor de todo esse tempo, a dica é aproveitar os espaços ociosos. “Seja no trabalho, seja no almoço ou no transporte público, verá que podem se mostrar bem proveitosos”.

Mas, não pense que sua vida será apenas livros, videoaulas e resumos. É preciso se dar um descanso de presente. O especialista Cirano Cerqueira estimula que os concurseiros tenham um hobby e uma atividade para aliviar a tensão e o estresse do dia a dia.

“Faça exercícios físicos se puder, corpo e mente equilibrados é algo essencial para manter-se saudável, tanto fisicamente quanto psicologicamente. Além disso, passe tempo com quem mais gosta, namorado(a), amigos, família, aproveite seu tempo”.

Para finalizar, o professor deixa a seguinte mensagem: “Não desista nunca, mesmo que nos dias cinzentos bata o desespero, lembre-se que a vida é feita de escolhas, ação e reação: todo esforço será premiado”.

Comentários