Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Marinha para aprendiz passa a contar com 1.250 vagas

Concurso Marinha para aprendiz passa a contar com 1.250 vagas

A Marinha divulgou uma retificação no edital de aprendiz e informa um aumento no quadro de vagas, que passará a ofertar 1.250 oportunidades.

Boa notícia para os concorrentes ao concurso de aprendiz da Marinha do Brasil. Uma retificação foi publicada no Diáro Oficial da União desta quinta-feira, 9, que aumenta a oferta de vagas da seleção. Em vez de mil, serão oferecidas 1.250 oportunidades para aprendiz de marinheiro.

A retificação também já foi publicada no site de ingresso da Marinha e já passa a valer a partir de sua divulgação. Os demais itens do edital permanecem inalterados.

O concurso de aprendiz da Marinha é destinado apenas a candidatos do sexo masculino, com nível médio completo. É necessário ainda ter idade entre 18 e 21, até a data de ingresso, além de altura mínima de 1,54m, e a máxima de 2,00m, não ser casado ou não ter constituído união estável.

Após ingresso no curso, os alunos aprendizes recebem soldo de R$1.560 mais adicional militar de 202,80 e adicional de habilitação de R$187,20. No total, a remuneração chega a R$1.950 (os valores são referentes a 2019).

Marinha aumenta oferta do concurso de aprendiz (Foto: Marinha do Brasil)
Marinha aumenta oferta do concurso de aprendiz
(Foto: Marinha do Brasil)

Primeira etapa foi em abril. Confira comentários!

Os  27.227 inscritos, de acordo com dados divulgados pelo Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha, já realizaram a primeira etapa do concurso. A prova objetiva foi aplicada no dia 14 de abril, domingo, no turno da manhã, em diversos locais.

A prova foi composta por 50 questões de múltipla escolha, contendo as seguintes disciplinas: Português (15), Matemática (15), Ciências — Física e Química (15) e Inglês (5).

Os gabaritos preliminares foram publicados três dias após, podendo o candidato entrar com pedido de recursos até o dia 22 de abril (data prorrogada pela Marinha devido o feriado nacional). 

Confira a opinião de candidatos sobre a prova:

Mateus Alexsandro, 18 - "A parte que achei mais fácil foi a prova de Química. Se comparar com os anos anteriores não teve muitas mudanças, por isso tive mais facilidade. Agora em Matemática a dificuldade já foi maior, pois eu não esperava que viria com um nível tão elevado. E ainda teve o nervosismo."

Andrey ,18 - "Foi uma prova um tanto quanto "maneira"; teve lá as suas dificuldades, mas nada fora do normal. O conteúdo cobrado estava dentro do padrão publicado no edital. Estou com esperanças!" disse o estudante, que se estudou fazendo curso preparatório para a área militar e garante que todo o aprendizado ao longo da sua formação foi essencial para o exame."

João Victor, 18 - "O conteúdo mais fácil para mim foi Física, principalmente pelo fato de ter cobrado eletricidade, um assunto ao qual já estou acostumado. A parte mais difícil, sem dúvidas, foi Inglês."

+ Como ingressar na Marinha? Veja a lista de concursos!

Quem conseguir a aprovação nessa primeira etapa ainda será avaliado com outras fases, sendo elas:

  • Verificação de Dados Biográficos (VDB);
  • Inspeção de Saúde (IS);  
  • Teste de Aptidão Física (TAF);  
  • Avaliação Psicológica (AP);
  • Verificação de Documentos (VD);  
  • Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (somente para candidatos que se auto declararam negros). 

    CADASTRE-SE

    Para ter acesso a este conteúdo

    CADASTRE-SE



Comentários