Concurso Marinha para aprendiz retifica áreas. Conheça cada uma!

Com inscrições abertas para mil vagas, o concurso aprendiz de marinheiro teve retificação sobre as áreas. Conheça as atividades de cada uma.

O concurso da Marinha para Aprendiz de Marinheiro recebeu a  primeira retficação. As mudanças. referentes às possíveis áreas de atuação, foram publicadas no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 4. 

De acordo com o documento, houve mudança de especialidade dentro das três áreas do concurso e fica excluído parte do anexo III do edital, referente às áreas: Armamento, Armamento de Aviação, Hidráulica da Aviação, Manobras e Equipamentos de Apoio de Aviação, Operação de Sensores de Aviação. 

Retificação Marinha Aprendiz

Na retificação, a Marinha justifica que a especialidade de Armamento e Armamento da Aviação constam em duas áreas profissionais, por contemplarem atividades comuns.

O concurso para aprendiz da Marinha 2019 teve edital publicado em janeiro e seleciona para mil vagas, todas voltadas para o sexo masculino. Para concorrer é necessário o ensino médio e idade entre 18 e 21, até janeiro de 2020. 

Também são exigências altura mínima de 1,54m, e a máxima de 2,00m, não ser casado ou não ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos da Escola de Aprendizes-Marinheiros.

As inscrições já estão abertas e serão recebidas até o dia 13 de fevereiro, pelo  site de Ingresso da Marinha. O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de R$42. Além disso, no ato da inscrição, é preciso indicar a ordem de preferência de área profissional, sendo elas:  Eletroeletrônica, Apoio e Mecânica.

Para ajudar na escolha da área, a Marinha divulgou um resumo de informações relevantes sobre as especialidade. Confira algumas da lista!

Área profissional Mecânica

  • Mergulho - São profissionais que atuam em busca e salvamento de vida humana e material, realizam reparos nos cascos das embarcações abaixo da linha d’água. São submetidos a intenso treinamento, para estarem sempre preparados para as missões. 
     
  • Artífice de Mecânica - Confecciona peças para o reparo de mecanismos em geral, em navios e organização militar de terra. É responsável pelo esboço (croqui) das peças, pedidos de material e posterior execução, bem como pela manutenção dos equipamentos e máquinas afins.

    Mantém o material de Combate a Incêndio e Controle de Avarias (CAV) em condições 25 de pronto uso. As aulas ministradas no Curso são essencialmente práticas.
     
  • Artífice de Metalurgia  -  Executa trabalhos de soldagem e corte de metais nos navios e OM de terra; seleciona matéria-prima adequada; interpreta e traça esboços e desenhos técnicos de obras e equipamentos; confecciona ou repara peças metálicas e/ou partes relativas à estrutura dos navios, como tubulações, por exemplo.

    Mantém o material de Combate a Incêndio e Controle de Avarias (CAV) em condições de pronto uso. É uma profissão dinâmica, que requer dedicação e possui uma formação abrangente. As aulas ministradas no Curso são essencialmente práticas.
     
  • Carpintaria - Confecciona e repara estruturas de madeira e fibra de vidro, executa obras de carpintaria com seu devido acabamento, assim como a colocação de laminado, folheado e ferragens. Interpreta e traça esboço e desenho técnico.

    Opera com segurança as máquinas/ferramentas utilizadas em oficinas de carpintaria, mantendo-as sempre em bom estado de funcionamento. Executa pequenos reparos nas lanchas. Adestra e conduz equipes de Combate a Incêndio e Controle de Avarias  e mantém o material em condições de pronto uso.
    Concurso Marinha Aprendiz (Foto: Divulgação)
    Concurso Aprendiz de Marinheiro seleciona para mil vagas 
    (Foto: Divulgação)

 

  • Motores - São profissionais que atuam na manutenção, reparo e condução dos motores, das turbinas a gás, das máquinas hidráulicas, dos compressores de ar e dos sistemas de refrigeração existentes nos navios, nas embarcações pequenas e nas Organizações Militares de terra.


Além do conhecimento dos sistemas mecânicos adquirem, também, experiência na área de eletricidade, desenvolvendo a habilidade de realizar manutenção em diversos equipamentos.
 

  • Máquinas -  São profissionais que atuam na operação, manutenção e reparo dos equipamentos afetos ao sistema de propulsão do navio. Colocam em funcionamento e controlam a operação de todos os equipamentos do sistema, as pressões e temperaturas dos óleos lubrificantes das bombas, a produção de água destilada (água potável ou água para caldeira), além de efetuar a manutenção preventiva e o reparo corretivo dos equipamentos do sistema.

 Como ingressar na Marinha? Veja a lista de concursos!

Área profissional Eletroeletrônica

  • Faroleiro - Atua na sinalização náutica, sendo responsável pela operação e manutenção dos faróis, planejamento e execução do posicionamento de outros sinais de auxílio à navegação marítima (boias).

    O faroleiro é um profissional versátil que participa tanto de atividades operativas, como a instalação de um sinal em um ambiente hostil e inóspito, quanto de atividades administrativas, fazendo o registro de todo o processo de sinalização.
     
  • Armamento - O profissional dessa especialidade trabalha com os diversos tipos de armamento de grande porte (canhões, mísseis e torpedos) e de pequeno porte (metralhadora, fuzis e pistolas), de forma que funcionem perfeitamente quando forem utilizados, cumprindo os procedimentos de segurança em todas as atividades.

    É uma das mais importantes profissões da Marinha de Guerra do Brasil, pois a prontidão do armamento traduz a essência do poder de uma Força Naval e retrata o grau de profissionalismo dos seus marinheiros.

    É o profissional responsável por manter, testar, apontar e disparar canhões, metralhadoras, foguetes, bombas, granadas, mísseis e torpedos em navios, aeronaves e submarinos. Adquire conhecimento e experiência nas áreas de eletrônica, eletricidade, mecânica e hidráulica.
     
  • Eletricidade - Os profissionais dessa especialidade são os responsáveis pela geração e distribuição da energia elétrica a bordo. Operam e mantêm os geradores e quadros de distribuição de energia elétrica tanto de força (alta voltagem) como de iluminação (baixa voltagem).

    Atuam também na manutenção das partes elétricas dos diversos equipamentos do navio como motores elétricos, ar condicionado, frigorífica, bombas, compressores de ar, ventilação e etc. Nos navios que têm a propulsão elétrica, como os submarinos, é a Praça responsável pelo motor de elétrico da propulsão.
     
  • Direção de Tiro - O profissional dessa especialidade trabalha em computadores e radares específicos para acompanhar alvos (radares de direção de tiro), de forma a solucionar o problema do tiro e garantir que o 28 armamento acertará o alvo.

    É o responsável por efetuar o disparo de canhões e o lançamento de mísseis. Realiza, também, a operação e manutenção de equipamentos de direção de tiro como os radares e os aparelhos de visão noturna e diurna.

    É um profissional versátil, com uma formação abrangente, que tem grande conhecimento e experiência nas áreas de eletrônica, eletricidade, eletrotécnica, eletromecânica e eletro-hidráulica.
     
  • Comunicações Navais -  O profissional das Comunicações Navais é o responsável pelo sucesso no estabelecimento de comunicações entre os navios e entre esses e as Estações Rádio Terrestres. Além de manipular os equipamentos de telecomunicações, é também o responsável pela manutenção dos mesmos, de seus acessórios (antenas e fiação) e quadros de distribuição de frequência.

    Utiliza-se dos conhecimentos 29 adquiridos ao longo do curso como elétrica, eletrônica, software de comunicações, criptografia (codificação ou descodificação de arquivos eletrônicos) e Guerra Eletrônica (obtenção de dados e informações a partir das emissões eletromagnéticas de interesse utilizadas pelo oponente).

enlightenedAcesse preparação para concursos com videoaulas!

Área profissional de Apoio

  • Manobras e Reparos - O profissional dessa especialidade é qualificado para a navegação tanto de lanchas quanto embarcações de médio porte. Faz a manutenção dos conveses de navios e plataformas. Trabalha com equipamentos e acessórios do convés e seus diversos aparelhos de carga. Auxilia na manobra do navio nas fainas de transferência de carga no mar e mantém os aspectos e características marinheiras dos navios e dos estabelecimentos de terra.
     
  • Sinais -  Executa nos navios as comunicações visuais e, nas OM que não possuem estação-rádio, prepara e encaminha mensagens. Cumpre os procedimentos adotados no Sistema de Comunicações da MB, relativos à utilização dos meios óptico, postal e elétrico (dados de fax), com o grau de sigilo desejado.
     
  • Enfermagem - Auxilia no atendimento ambulatorial, cuida de pacientes internados, instrumenta atos cirúrgicos, opera equipamentos, desenvolve tarefas administrativas relacionadas à área de saúde. Tem a possibilidade de trabalhar com a enfermagem hiperbárica (tratamento e prevenção de infecções específicas em câmara hiperbárica, onde a pressão do oxigênio pode ser elevada acima da pressão atmosférica normal) e com enfermagem operativa, atuando em diversos tipos de resgates.
     
  • Segurança do Tráfego Aquaviário - O profissional de Segurança do Tráfego Aquaviário (SQ) executa atividades destinadas ao cumprimento da missão da Autoridade 32 Marítima Brasileira (AMB), em especial à segurança da navegação, à salvaguarda da vida humana, no mar e nas hidrovias, e a prevenção da poluição hídrica.
     
  • Cozinheiro - Cuida de toda parte referente à cozinha: planejamento e elaboração de cardápios; ornamentos de pratos; preparação, conservação e armazenagem dos alimentos. Responsável pelas precauções de segurança e higiene no manuseio do material e na utilização das instalações.

Veja todas as especialidades das áreas de Mecânica,
Eletroeletrônica e Apoio

Áreas aprendiz de marinheiro

Saiba mais sobre o concurso para Aprendiz 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários