Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Iphan: provas para técnico em Arqueologia serão remarcadas

O Iphan publicará um novo edital para a função de técnico em Arqueologia. As provas do domingo, 26, estão mantidas para os demais cargos.

Os candidatos a técnico na área de Arqueologia do concurso Iphan terão as provas objetivas e discursivas remarcadas. Os exames para os demais cargos estão mantidos para domingo, 26 de agosto. Os locais de aplicação, inclusive, já estão disponíveis para consulta pelo site do Cebraspe. Os avisos foram publicados nesta quarta, 22, pela banca organizadora da seleção. 

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da 4ª Vara Federal de Porto Alegre, expediu uma ação civil pública para que as inscrições do concurso Iphan sejam reabertas apenas para técnico na área de Arqueologia por, no mínimo, 15 dias. O pré-requisito para se candidatar a esse cargo também terá que ser alterado.

Com a reabertura das inscrições, o cronograma do concurso Iphan para técnico na área de Arqueologia terá que ser retificado. O Cebraspe já adiantou, através de um comunicado, que o novo edital será publicado na sexta-feira, 24. 

Confira o comunicado para suspensão das provas para técnico em Arqueologia:

A justificativa para a ação civil pública foi a mudança no perfil exigido para a função de técnico na área de Arqueologia. O Ministério Público Federal informou à FOLHA DIRIGIDA nesta quarta-feira, 22 de agosto, que alguns candidatos se sentiram lesados pela alteração de determinados requisitos.

Entenda o porquê da determinação do MPF

O edital do concurso Iphan, divulgado no dia 12 de junho, trouxe como exigência para o cargo nível superior em Arqueologia ou qualquer área de formação, acrescido de pós-graduação de Arqueologia. No entanto, no dia 26, foi publicada retificação que alterou tais pré-requisitos.

Iphan realiza concurso com 411 vagas para os níveis médio e superior 
(Foto: Acervo-Iphan)

 

Com a mudança, para se candidatar a técnico na área de Arqueologia era preciso somente de nível superior em Arqueologia. O que, de acordo com a ação civil pública, restringiu o acesso à concorrência do cargo. O MPF informou que para ser considerado arqueólogo, atualmente, não é necessário ter graduação na área.

Outras pessoas que tenham nível superior em diferentes áreas e que tenham feito pós-graduação em Arqueologia também podem ser consideradas arqueólogas. Por isso, o Ministério Público Federal considerou que as inscrições para o cargo devam ser reabertas. O objetivo pe permitir a maior concorrência e democratização.

Em caso de descumprimento da determinação, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e o Cebraspe – banca organizadora – teriam que arcar com multa de R$10 mil.

Locais de provas foram divulgados nesta quarta, 22

Os locais de aplicação das provas objetivas para os demais cargos do concurso Iphan foram divulgados nesta quarta-feira, 22. Os exames serão realizados no domingo, 26 de agosto, em todas as capitais e no Distrito Federal.

Na parte da manhã, às 8h, será a vez dos candidatos aos cargos de técnico e analista, de nível superior. Já no turno da tarde, às 15h, os concorrentes a auxiliar institucional – carreira de nível médio – realizarão as provas objetivas e discursivas.

Como os horários de aplicação são diferentes para os níveis de escolaridade, uma mesma pessoa pôde se inscrever para mais de um cargo.

Concurso Iphan terá 120 questões mais redação

De acordo com o edital do concurso Iphan, todos os concorrentes serão submetidos a provas objetivas com 120 questões e ainda elaborar uma redação – texto dissertativo. Ao todo, serão 50 itens de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

As disciplinas básicas, comuns a todos os cargos, são Língua Portuguesa, Fundamentos da Preservação do Patrimônio Cultural, Noções de Gestão e Administração Pública, Atualidades.

Quer cursos preparatórios para o concurso Iphan? 

O Cebraspe tem uma cobrança diferente de outras bancas de concursos. Suas provas são compostas por tópicos em que o concorrente deverá julgar como 'certo' ou 'errado'. Um erro significa a perda dos pontos dos acertos. Veja como vencer a banca Cespe!

As provas objetivas do concurso Iphan terão valor máximo de 120 pontos. Será reprovado quem obtiver nota inferior a 10 pontos em Conhecimentos Básicos, 21 pontos em Conhecimentos Específicos e 36 pontos no conjunto das provas objetivas. 

Concurso Iphan oferece 411 vagas para níveis médio e superior

O concurso Iphan tem oferta de 411 vagas distribuídas pelos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal. Quem possui ensino médio ou médio/técnico pode concorrer às 131 oportunidades de auxiliar institucional, cuja remuneração é de R$3.877,97.

Já os graduados têm chances para técnico I, com 176 vagas, e analista I, com 104. Os vencimentos, nesse caso, são de R$5.493,29.

No vídeo abaixo, confira cinco possíveis temas para a prova de redação do concurso Iphan: 

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Comentários