Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Iphan: conheça o que faz o órgão e onde ele atua

Você sabe ficou interessado no concurso Iphan com 411 vagas? Mas sabe o que faz o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional? Confira.

A autorização do novo concurso Iphan com 411 vagas interessou diversos concurseiros que buscam uma vaga no serviço público. A seleção terá vagas para níveis médio e superior com ganhos de até R$5,4 mil. Mas, você sabe o que faz o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional? FOLHA DIRIGIDA reuniu essas informações e preparou um especial. Confira!
 
Criado em janeiro de 1937, pelo então presidente Getúlio Vargas, o Iphan é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura. Sua principal atribuição é manter a preservação dos bens culturais do país e assegurar sua permanência para gerações futuras.  
 
Por isso, os servidores do Instituto respondem pela conservação, salvaguarda e monitoramento dos bens culturais brasileiros inscritos na Lista do Patrimônio Mundial e na Lista do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, conforme convenções da Unesco.
 
Acervo Iphan
Iphan preza pela preservação dos bens culturais (Foto: Acervo/Iphan)

Resultado de imagem para icone museu Em quais lugares o Iphan atua?

Como o objetivo do Iphan é preservar os bens culturais e patrimônio histórico nacional, sua atuação corresponde a todo país. O Instituto tem 27 superintendências, uma em cada unidade federativa. Além disso, possui 27 escritórios técnicos, a maioria localizados em cidades que são conjuntos urbanos tombados, as chamadas cidades históricas.
 
Ainda conta com cinco Unidades Especiais, sendo quatro delas no Rio de Janeiro: Centro Lucio Costa, Sítio Roberto Burle Marx, Paço Imperial e Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular; e, uma em Brasília, o Centro Nacional de Arqueologia. Por isso, se você gosta de cultura e preservação, o novo concurso Iphan pode ser uma boa oportunidade!
 
Os locais de lotação dos aprovados na seleção deste ano ainda não foram divulgados. Mas, a Assessoria de Imprensa do Iphan respondeu à FOLHA DIRIGIDA que a intenção é que o concurso traga vagas para todo Brasil.

Resultado de imagem para icone museu Quais são os cargos do Iphan?

O Iphan apresenta, em sua estrutura, tanto funcionários comissionados como concursados. O órgão só realizou três concursos públicos durante sua história, sendo o último deles em 2009. Com tanto tempo sem novas seleções, a carência de pessoal é grande. Por isso, o Iphan estima que com o concurso autorizado pelo Ministério do Planejamento em 2018 consiga preencher os cargos vagos.

Confira cursos preparatórios para o concurso Iphan!

A seleção terá 411 vagas, distribuídas pelos cargos de auxiliar institucional, técnico I e analista I, que possuem diferentes pré-requisitos. Para nível médio, serão contempladas 131 vagas para auxiliar institucional, cuja remuneração é de R$3.877,97.
 
Os graduados, por sua vez, poderão se candidatar a técnico I e analista I, em que os vencimentos são de R$5.493,29. Tais valores já incluem o auxílio-alimentação de R$458. Ficou interessado no concurso Iphan? Então, confira mais detalhes a seguir! 

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Verba para contratações do concurso Iphan sai em junho

A boa notícia é que o orçamento para contratação dos técnicos I e analistas I aprovados no concurso Iphan já estará disponível a partir de junho. A verba para provimento desses cargos está definida no parágrafo único da autorização da nova seleção para o Iphan com 411 vagas.
 
Já o orçamento para os auxiliares institucionais, de nível médio, está previsto apenas para 2019. Com isso, após a homologação do concurso Iphan, os primeiros a tomar posse serão os aprovados de nível superior, que já terão os rendimentos disponíveis. Essa ordem de contratações foi confirmada pela Assessoria de Imprensa do Ministério do Planejamento à FOLHA DIRIGIDA. 
 
Veja curso da Degrau para auxiliar do Iphan
 
Em nota, a Assessoria explicou que "o artigo 1º da Portaria nº 108, de 2 de maio de 2018, traz a previsão orçamentária de provimento desses cargos para junho de 2018. Isso significa que, pelo planejamento orçamentário, o Iphan somente terá disponibilidade financeira para prover os cargos a partir desta data. Cabe ao órgão se planejar no sentido de realizar o concurso público".

Edital do concurso Iphan será publicado até novembro

A portaria que autoriza o concurso Iphan está especificado que o edital tem o prazo de seis meses para ser divulgado. Como autorização ocorreu em maio, o documento terá que se publicado até novembro.
 
É possível, contudo, que o edital seja adiantado porque o Instituto aguarda o aval para novos concursos há nove anos. Caso isso aconteça, as provas também têm grandes chances de serem marcadas antes do prazo estipulado. No último concurso Iphan, realizado em 2009, todos os candidatos estiveram submetidos a 50 questões objetivas.
 


Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários