Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Saiu retificação do edital

O Instituto Nacional de Tecnologia (INT), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), realiza concurso para preencher, inicialmente, 35 vagas imediatas em funções dos níveis médio/técnico e superior (incluindo doutorado), além de formação de cadastro de reserva, para ser utilizado durante o prazo de validade do concurso, de um ano, prorrogável pelo mesmo período. Os candidatos devem ficar atentos, pois nesta segunda, dia 2 de julho, foi divulgada uma retificação do edital, alterando os requisitos de vários cargos. As chances são destinadas aos cargos de técnico (15 vagas), tecnologistas júnior, pleno e sênior (18) e pesquisador adjunto (2).

O Instituto Nacional de Tecnologia (INT), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), realiza concurso para preencher, inicialmente, 35 vagas imediatas em funções dos níveis médio/técnico e superior (incluindo doutorado), além de formação de cadastro de reserva, para ser utilizado durante o prazo de validade do concurso, de um ano, prorrogável pelo mesmo período. As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas até 6 de agosto. Os candidatos devem ficar atentos, pois nesta segunda, dia 2 de julho, foi divulgada uma retificação do edital, alterando os requisitos de vários cargos. As chances são destinadas aos cargos de técnico (15 vagas), tecnologistas júnior, pleno e sênior (18) e pesquisador adjunto (2).

As remunerações iniciais que variam de R$2.504,68 a R$9.905,28, incluindo os adicionais e benefícios, para carga de trabalho de 40 horas semanais, para todos. Trata-se de uma ótima oportunidade para quem deseja conquistar a tão sonhada estabilidade profissional, já que as contratações ocorrerão pelo regime estatutário. As inscrições serão abertas nesta sexta, dia 6 de julho, e poderão ser realizadas pelo site do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan), organizador. Após preencher a ficha de cadastro, será gerado um boleto referente à taxa de inscrição, que poderá ser pago em qualquer agência bancária, até o último dia do prazo. A taxa varia de R$40 a R$150 (dependendo do cargo).

Para obter isenção, é preciso estar inscrito no Cadastro Único para Programas Socias do Governo Federal (CadÚnico) e ser membro de família de baixa renda. Os pedidos poderão ser feitos nos dias 6 e 7 de julho, no site do organizador. Os candidatos serão submetidos a três etapas. Na primeira, serão aplicadas provas objetivas e/ou discursivas, de acordo com o cargo, que deverão ser realizadas no dia 2 de setembro. A segunda fase será composta por avaliação oral para aqueles que concorrem ao cargo de tecnologista e pesquisador adjunto, que ainda terá defesa de memorial. Na terceira, haverá avaliação de títulos somente para os graduados.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações