Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Protocolo do concurso INSS tem movimentações. Pedidas 7.888 vagas

Protocolo do concurso INSS tem movimentações. Pedidas 7.888 vagas

O pedido de autorização do concurso INSS teve duas novas movimentações, no dia 7 de janeiro. A autarquia solicita 7.888 vagas!

No dia 7 de janeiro, o pedido de autorização do concurso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) teve movimentações no Ministério da Economia. A pasta absorveu as funções do antigo Ministério do Planejamento, responsável pela autorização de concursos federais.

A solicitação de novo edital para o INSS com 7.888 vagas foi concluída na Divisão de Concursos Públicos. Ainda no dia 7 de janeiro, foi recebida na Assessoria Parlamentar do Gabinete do Ministro.

No site do Protocolo Integrado, é possível ver que os avanços ainda constam nos setores internos do Ministério do Planejamento.

FOLHA DIRIGIDA questionou a Assessoria de Imprensa do Planejamento nesta quinta-feira, 10. Perguntou se a solicitação do concurso continua em análise, já que o Ministério foi extinto pelo governo de Jair Bolsonaro. Suas funções foram passadas para pasta da Economia, comandada por Paulo Guedes.

Em nota, o setor respondeu que: “As atribuições da Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) serão mantidas pelo Ministério da Economia. Em relação ao status do processo interno, o ministério não se manifesta sobre o que ainda está em andamento”.

FOLHA DIRIGIDA também entrou em contato com o INSS. Segundo o órgão, as informações sobre a análise do pedido do concurso devem ser passadas pelo Ministério da Economia. As vagas solicitadas para o concurso INSS são para as seguintes carreiras:

Cargos Vagas Escolaridade Remuneração
Técnico 3.984 nível médio  R$5.186,79
Perito 2.212 nível superior R$12.638,79
Analista 1.692 nível superior R$7.659,87

 

No final do ano passado, o governo arquivou 27 pedidos de concursos federais, feitos em 2017. Na época, o Planejamento negou a solicitação para convocar excedentes do último concurso INSS, realizado em 2015 e que perdeu validade em agosto de 2018.

Por outro lado, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), ao qual o INSS era vinculado no governo de Michel Temer, confirmou à reportagem da FOLHA DIRIGIDA que a abertura de um novo concurso para a autarquia com 7.888 vagas continua em tramitação.

Nos primeiros dias do ano, INSS registra 676 aposentadorias

A urgência para realização de um novo concurso INSS é justificada pelo número de aposentadorias do instituto. Apenas nos cinco primeiros dias úteis de 2019, foram 676 servidores aposentados.

Esse quantitativo é equivalente a quatro vezes o total de saídas na autarquia, em janeiro de 2018. Sem concurso em validade, o INSS não tem como chamar aprovados para suprir a carência por novos profissionais.

INSS solicita abertura de novo concurso ao governo federal 
(Foto: Divulgação)

 

O número de aposentadorias cresce exponencialmente e não há concurso para repor os desligamentos. A lógica não fecha. A situação poderá ser ainda pior nos próximos meses já que 10.804 funcionários do INSS já reúnem condições para se aposentar.

Apenas no Estado do Rio de Janeiro, mais da metade dos servidores apresentam esses requisitos. Os dados foram divulgados pelo jornal O Globo. Com o pedido de novo concurso ainda em análise no Ministério da Economia, o instituto tenta reverter o quadro com algumas medidas.

Entre elas, estão o teletrabalho – conhecido como home Office – e bônus de R$60 por processo concluído. Para especialistas, no entanto, essas ações são serão suficientes para frear o número de aposentadorias no órgão.

Quer sair na frente no estudo para o concurso INSS?

Professor de Direito Previdenciário no Se Joga no INSS, Ítalo Romano acredita que a abertura de um novo concurso público é a melhor solução.  

"Nos primeiros dias do ano, mais de 600 servidores aposentaram-se dando um sinal claro que essa ação não surtirá o efeito esperado. Sendo assim, eu acredito que um novo concurso público para repor força de trabalho é iminente”, destacou Romano.

PLOA 2019 prevê recursos para inscrições no concurso INSS

Uma boa notícia é que o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019, aprovado pelo Congresso Nacional em meados de dezembro, apresenta reserva de recursos para inscrição em concurso e processo seletivo na Seguridade Social.  

Há previsão de R$10.745.945 para inscrição em concursos públicos ou processos seletivos. Tal valor está dentre as despesas do Orçamento da Seguridade Social e pode ser destinado ao concurso INSS.

A PLOA 2019 ainda precisa ser sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. A Assessoria de Imprensa do INSS ainda não confirmou se essa verba será para o novo concurso. O presidente da autarquia, Edison Garcia, afirmou que ainda não há uma resposta do governo sobre a autorização de concurso.

Ele, contudo, se demonstrou esperançoso de que o aguardado aval possa ser acontecer em 2019. No vídeo abaixo, confira tudo o que você precisa saber sobre Direito Previdenciário para o concurso INSS:

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR



Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações