Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Instituto concede 32.511 isenções de taxa

Embora o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda não tenha divulgado o número exato de inscritos no concurso para 950 vagas, já se sabe que, segundo o resultado provisório, 32.511 candidatos carentes conseguiram o direito de não pagar a taxa, de R$65 para técnico e R$80 para analista.   

Embora o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda não tenha divulgado o número exato de inscritos no concurso para 950 vagas, já se sabe que, segundo o resultado provisório, 32.511 candidatos carentes conseguiram o direito de não pagar a taxa, de R$65 para técnico e R$80 para analista. A parcial de 1 milhão de inscritos, informada pela presidente do INSS, Elisete Berchiol, às entidades sindicais, refere-se apenas às fichas de inscrição preenchidas. O número de cadastros pagos até o próximo dia 18 (data final para pagamento da taxa) sairá somente após 28 de abril.
 
Nessa data, o INSS divulgará um edital de convocação para as provas objetivas do dia 15 de maio. Nesse documento, a autarquia informará quando o cartão de confirmação, com local e horário das avaliações, será liberado. Segundo o Cebraspe (antigo Cespe/UnB), o número final de inscritos sairá no mesmo dia do cartão. Nesta segunda, 14, será divulgada a lista final dos isentos. Quem tiver o pedido indeferido também deverá pagar a taxa até o dia 18, em qualquer agência bancária, bem como nas lotéricas e nos Correios. A prova objetiva será composta por 120 questões. A aplicação ocorrerá em todas as capitais, além de cidades do interior. Uma das disciplinas que serão cobradas para o técnico, de nível médio, é Raciocínio Lógico.
 
Até oito questões de RLM - O professor Felipe Lessa, do Estratégia Concursos, acredita que serão propostas sete ou oito questões da matéria, tendo por base os últimos concursos. Ele também fez apostas de quais conteúdos deverão estar presentes no exame. "Na última prova do INSS foram cobradas três questões de Raciocínio Lógico de um total de 20, ou seja, 15% da prova de Conhecimentos Gerais. Acredito na manutenção dessa proporção e, por isso, meu palpite é que tenhamos, neste ano, sete ou oito questões de Raciocínio Lógico. Fiz uma análise dos últimos 20 anos de provas de nível médio do Cespe/UnB e, dentro dos itens do edital deste ano, o mais cobrado é o cálculo com porcentagens. Por isso, acredito que tenhamos umas três questões de porcentagens, duas sobre conjuntos e duas ou três sobre conceitos básicos de Raciocínio Lógico", destacou.
 
Em 2011, ano do último concurso, houve, segundo Felipe Lessa, duas questões de porcentagem e uma de conceitos básicos de raciocínio lógico. Faltando quase dois meses para a prova, a orientação de
Felipe Lessa é praticar. "Para os que já estudaram todo o conteúdo previsto no edital, aconselho a continuar praticando e fazendo muitos exercícios. Aos que nem começaram a estudar Raciocínio Lógico, não se desesperem. Ainda dá tempo de começar pois o conteúdo é bem reduzido", assinalou.  Das 950 vagas oferecidas pelo INSS, 800 são de técnico do seguro social (nível médio completo e remuneração de R$5.344,87) e 150 de analista do seguro social (para graduados em Serviço Social, com ganhos de R$7.954,09).  

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações