Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Deputada pede informação sobre mais vagas

A deputada federal Simone Morgado (PMDB-PA) protocolou no Ministério do Planejamento um pedido de informação sobre a possibilidade de ampliação das vagas a serem preenchidas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por meio do concurso em andamento. A autarquia faz a seleção para contratar 950 aprovados, sendo 800 técnicos e 150 analistas. Essa solicitação de informação pode servir como pressão para que, num eventual pedido do adicional de 50% das vagas, que precisa ser feito pelo INSS, o Planejamento dê o aval.

A deputada federal Simone Morgado (PMDB-PA) protocolou no Ministério do Planejamento um pedido de informação sobre a possibilidade de ampliação das vagas a serem preenchidas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por meio do concurso em andamento. A autarquia faz a seleção para contratar 950 aprovados, sendo 800 técnicos e 150 analistas. Essa solicitação de informação pode servir como pressão para que, num eventual pedido do adicional de 50% das vagas, que precisa ser feito pelo INSS, o Planejamento dê o aval.
 
Questionado sobre a solicitação, o diretor de Gestão de Pessoas do INSS, José Nunes Filho, afirmou que isso será estudado somente após a publicação da homologação do concurso. A expectativa, porém, é que isso aconteça, tendo em vista que, em todas as suas seleções, a autarquia pediu o adicional, sendo autorizada a utilizá-lo. Em outras ocasiões, inclusive, despachos presidenciais foram dados, aumentando significativamente o número de vagas preenchido pelo instituto.
 
O pedido de informação da deputada Simone Morgado encontra-se sob análise da Coordenação-Geral de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas do Ministério do Planejamento (veja AQUI). Caso a solicitação seja apresentada e autorizada, o INSS poderá contratar, no total, 1.425 aprovados em todo pais, sendo 1.200 técnicos e 225 analistas. Contudo, para que tenha chances de ser convocado, o candidato precisa ser aprovado no concurso. O resultado da prova objetiva, tão esperado, será divulgado no dia 20 de junho. Assim que liberadas, as notas poderão ser consultadas na FOLHA DIRIGIDA Online.
 
Será aprovado quem conseguir, pelo menos, dez pontos em Conhecimentos Básicos, 21 em Conhecimentos Específicos e 36 na soma. São 813.706 os candidatos que fizeram as avaliações no último dia 15 de maio, em todo o país, e aguardam, ansiosos, os resultados. Os selecionados, segundo José Nunes Filho, começarão a ser convocados em agosto. Dos 1.087.789 inscritos, 813.706 fizeram as provas objetivas, sendo 780.455 às vagas de técnico e 33.251, de analista. Das 950 vagas oferecidas pelo INSS, 800 são de técnico (nível médio e R$5.344,87) e 150 de analista (graduados em Serviço Social e R$7.954,09). O concurso tem validade de um ano, podendo dobrar, e a contratação será pelo regime estatutário (estabilidade).

Mais 7.351 vagas -
O INSS já solicitou ao Planejamento 7.351 vagas, sendo 3.627 para técnico (nível médio e R$5.344,87), 2.194 para analista (superior e R$7.954,09) e 1.530 para perito médico (médico e R$10.616,14). Apesar do cenário de incertezas políticas e econômicas do país, a expectativa da autarquia é que o governo novamente dê o aval, mesmo que a longo prazo, tendo em vista as carências, de 3 mil servidores e de 3 mil peritos no país, além das 11 mil aposentadorias previstas. Antes dela ocorrer, contudo, o INSS ainda precisa de um possível aval para convocar excedentes no concurso atual (50%).

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações