Déficit e negociação caso a caso devem preservar concurso

Se os cortes orçamentários do governo federal provocavam receio nos interessados no concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pendente de autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o secretário executivo da pasta, Dyogo Oliveira, tratou de afastá-lo, conforme informou a Agência Brasil.

Se os cortes orçamentários do governo federal provocavam receio nos interessados no concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pendente de autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o secretário executivo da pasta, Dyogo Oliveira, tratou de afastá-lo, conforme informou a Agência Brasil.
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários