Folha Dirigida Entrar Assine

Aprenda a estudar Direito Previdenciário para concurso INSS 2019

Aprenda Direito Previdenciário para o concurso INSS 2019.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda estuda quando solicitará ao Ministério do Planejamento as vagas para o concurso INSS 2019. A seleção será fundamental para o órgão suprir a carência de 14 mil servidores e as 23.979 saídas futuras, por aposentadoria. A expectativa do instituto é protocolar o pedido das vagas no Planejamento após o fim da validade do concurso de 2015, em agosto do ano que vem.

Não pode ler essa matéria agora? Assinantes FOLHA DIRIGIDA têm acesso ao conteúdo em áudio logo abaixo.

Enquanto a seleção não deslancha, os milhares de interessados precisam estudar. Isso porque a preparação antecipada para um concurso concorrido como o de técnico do seguro social do INSS é quase que um requisito para ingressar no órgão. O alerta é do professor Italo Romano, especialista em Direito Previdenciário do site Se Joga Vídeos.

Professor Italo Romano ensina Direito Previdenciário para o concurso INSS 2019
Professor Italo Romano ensina Direito
Previdenciário (Foto: Divulgação)
"Sempre indico o estudo antecipado para justamente haver vantagem competitiva lá na frente. Eu acredito que em tudo na vida devemos pautar nossas expectativas com base na justiça. Sendo assim, sempre provoco pensarmos na seguinte situação: temos dois candidatos disputando uma vaga. Um preparou-se de forma planejada, direcionada, focada e de forma antecipada. O outro começou seus estudos somente quando publicado o edital. O que seria o justo? O primeiro candidato ou o segundo ser aprovado? É simples assim. No caso do concurso do INSS, é condição obrigatória o candidato antecipar os estudos principalmente do Direito previdenciário", alertou.

Italo Romano fala com propriedade do assunto, pois já passou por todos os estágios da vida de um concurseiro do INSS.
 
Ele foi 'auditor-fiscal da previdência social' no INSS. Ou seja, viveu a angústia clássica de um concurseiro do INSS, passou pela alegria da aprovação, teve o orgulho do dever cumprido na posse e, por fim, viveu os desafios diários de um servidor público.
 
Desde 2007, quando ocorreu a junção das receitas previdenciária com a federal, Italo está na Receita Federal.
 
Confira cursos preparatórios para o concurso INSS 2019

Ajudando também pessoas a alcançarem o sonho da carreira pública, Romano já possui 16 anos de experiência com Direito Previdenciário. A matéria, na visão dele, deve ser estudada de uma maneira muito peculiar.
 
"É a disciplina mais importante nesse concurso e é uma matéria que precisa ser internalizada. Isso somente ocorre com o tempo. Sem dúvida alguma são mais importantes as partes relativas aos benefícios previdenciários e todos os assuntos correlatos tais como: segurados, dependentes, qualidade de segurado, carência, fator previdenciário, renda mensal do benefício e os próprios benefícios em si", mencionou.

Aprenda a estudar Direito Previdenciário

Mas como estudar Direito Previdenciário para o INSS? Italo Romano ensina.
 


Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários