Concurso iNova Capixaba tem calendário pausado devido ao Coronavírus

Edital do concurso iNova Capixaba pode atrasar dependendo da evolução dos casos de Covid-19 no Brasil.

O concurso iNova Capixaba, nova estatal da área de Saúde do Espírito Santo, poderá sofrer um pouco de atraso. O edital, a princípio, é previsto para sair até junho, mas a pandemia causada pelo novo Coronavírus poderá postergar os trâmites preparativos.

Acontece que o calendário da Fundação Estadual de Inovação em Saúde está interrompido em função do atual momento. As informações foram transmitidas à FOLHA DIRIGIDA pela Assessoria de Comunicação do Governo.

Saiba mais sobre o concurso iNova Capixaba

Concurso iNova Capixaba será o primeiro da nova fundação

A Fundação Estadual de Inovação em Saúde (iNova Capixaba), sancionada em outubro do ano passado, foi lançada oficialmente no dia 4 de março pelo governo do Espírito Santo. A estatal será vinculada à Secretaria da Saúde (Sesa) e vai gerir vários hospitais capixabas. 

Com a criação da nova fundação, o Governo Estadual anunciou que vai abrir um concurso público para compor o quadro de pessoal. Os profissionais serão contratados pelo regime celetista. 

No início de março, pouco antes da crise do Coronavírus deflagrar no Brasil, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, informou que a intenção é publicar o edital ainda neste semestre. Ou seja, até junho. 

Porém, com a pandemia, a Administração Estadual está focando esforços no combate à doença causada pelo novo Coronavírus, a Covd-19. Ainda não é possível estimar o quanto a abertura do concurso poderá postergar, pois isso dependerá da evolução do quadro de saúde no estado.

 

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

Vagas vão abranger área médica e de apoio

Ainda segundo o secretário de Saúde, o concurso iNova Capixaba vai abranger diversas áreas, incluindo cargos administrativos, de médico, enfermeiros, auxiliares, entre outros. A expectativa é que haja oportunidades em todos os níveis de escolaridade.

Circula na internet a informação de que o edital vai oferecer 1.700 vagas. Porém, em contato com FOLHA DIRIGIDA a Assessoria de Comunicação do Governo informou que este quantitativo ainda não foi definido. 

O que se sabe é que as vagas deste primeiro edital vão abranger as necessidades de seis hospitais que ficarão sob a gestão da iNova Capixaba:

  • Hospital Estadual Antonio Bezerra de Faria, em Vila Velha;
  • Hospital Estadual Dório Silva, na Serra; 
  • Hospital Estadual de Atenção Clínica, em Cariacica; 
  • Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória; 
  • Hospital Estadual de Vila Velha; 
  • Hospital Geral de Linhares. 
     

Conforme consta na Lei Complementar que criou a Fundação, o quadro de empregos e a estrutura remuneratória serão elaborados pela Diretoria Executiva e aprovados por um Conselho Curador.

O texto também prevê a reserva de um percentual dos empregos para as pessoas com deficiência. Os funcionários da iNova Capixaba poderão ter acesso a programas de educação permanente, de pesquisa e desenvolvimento, além de bolsas de residência profissional, educação tutorial e trainee.

(Foto: Divulgação/ Governo do Espírito Santo)
Concurso iNova Capixaba está nos planos para este ano
(Foto: Divulgação/ Governo do Espírito Santo)


Criação da estatal foi solução para abrir concursos

A criação da Fundação iNova Capixaba visa prestar serviços públicos de saúde com o objetivo de proporcionar agilidade, flexibilidade e dinamismo compatível com a demanda crescente da população. O destaque será o fortalecimento da atenção primária.

Em nota, o secretário de Saúde declarou que a sanção da estatal vai permitir resolver problemas da saúde pública graves, com realização de concursos, redução de custos com encargos patronais, regulamentação de compras e estabelecimento de metas de desempenho.

A iNova será uma fundação pública com personalidade jurídica de direito privado e não dependente. Ou seja, dotada de autonomia administrativa, financeira e patrimonial e com quadro pessoal próprio. Por isso não precisará de autorização prévia do Governo Estadual para abrir concursos.

A solenidade de abertura oficial da iNova Capixaba aconteceu no dia 4 de março, no Palácio Anchieta, em Vitória, com a participação do governador Renato Casagrande e do secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes. 

A Lei Complementar 924, que autorizou a criação da fundação pública de direito privado, foi sancionada em outubro de 2019. O próximo passo será publicar o Estatuto e todo o conjunto de medidas administrativas e estratégicas para colocá-la em funcionamento. 

Resumo concurso iNova Capixaba 2020

Órgão: Fundação Estadual de Inovação em Saúde (iNova Capixaba)
Vagas: 1.700*
Cargos: área médica e apoio administrativo
Remunerações: não informadas
Edital: até junho

*Número ainda não foi fechado pelo governo estadual