Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Saúde federal: vagas no Rio. Até R$10.594

Os interessados em ingressar no serviço público federal, atuando no Rio de Janeiro, já contam com uma oportunidade confirmada para o Ministério da Saúde. O órgão irá selecionar para 27 vagas em cargos dos níveis médio e superior da carreira de Ciência e Tecnologia. As chances serão para trabalhar no Instituto Nacional de Câncer (Inca), com remuneração inicial mínima variando R$3.495,97 a R$6.663,58. De acordo com a qualificação, ganhos podem chegar a R$10.594,65 (caso de pesquisador).

Os interessados em ingressar no serviço público federal, atuando no Rio de Janeiro, já contam com uma oportunidade confirmada para o Ministério da Saúde. O órgão irá selecionar para 27 vagas em cargos dos níveis médio e superior da carreira de Ciência e Tecnologia. As chances serão para trabalhar no Instituto Nacional de Câncer (Inca), com remuneração inicial mínima variando R$3.495,97 a R$6.663,58. De acordo com a qualificação, ganhos podem chegar a R$10.594,65 (caso de pesquisador).
 
O Inca tem até 18 de outubro para publicar o edital de abertura do concurso. Porém, logo após receber a autorização do Ministério do Planejamento para promover a seleção, em 18 de abril, o órgão divulgou a intenção de iniciar a escolha da organizadora do concurso dentro de poucos dias, o que indica o interesse de agilizar os preparativos. Entretanto, até o momento não há informação de que o procedimento tenha de fato sido iniciado.
 
A seleção será para 15 vagas de técnico (R$3.495,97), no nível médio, e sete de analista, quatro de tecnologista (R$5.975,71 para ambos) e uma de pesquisador (R$6.663,58), no superior. Os admitidos poderão ter os rendimentos mensais ampliados, conforme a capacitação ou a formação acadêmica. Com isso, a remuneração pode chegar a R$5.257,57 (técnico), R$9.421,99 (analista e tecnologista) ou R$10.594,65 (pesquisador), conforme o cargo. As contratações serão pelo regime estatutário, que prevê estabilidade, e os valores das remunerações já incluem o auxílio-alimentação, de R$458.
 
O Inca já informou que as chances serão para atuação em todas as unidades do instituto, em perfis que não tiveram aprovados na seleção de 2014, organizada pela Funcab. Dessa forma, as vagas de técnico deverão ser nos perfis de controle de qualidade em radiação ionizante e informação em saúde e registro de câncer. Ainda de acordo com o Inca, as definições serão divulgadas em breve.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações