Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso IFF 2018: professor comenta mudanças no conteúdo de Matemática

Professor Júlio Cesar, especialista em Matemática, dá dicas para a prova do concurso IFF e comenta alterações no conteúdo programático de Matemática.

Quem vai fazer a prova do concurso IFF, que está prevista para o mês de maio, precisa estar atento às alterações na estrutura do exame, que foram publicadas na última retificação no dia 2 de março. Uma das principais mudanças foi no programa da disciplina de Matemática, que será cobrada para três cargos do concurso:
 
auxiliar em administração (nível fundamental)
 assistente de alunos (nível médio)
 técnico em secretariado (nível médio/técnico)
 
Para esclarecer e dar dicas a respeito dessas alterações, FOLHA DIRIGIDA conversou com o professor Julio Cesar, do curso preparatório Focado no Edital. Ele é especialista na disciplina com experiência de cinco anos na área de concursos públicos, além de servidor público. 
 
Professor dá dicas de Matemática
(Foto: Divulgação)
 
Ele conta que logo percebeu um problema no programa do concurso, assim que o edital foi publicado. "Havia uma evidente contradição no conteúdo programático de Matemática, uma vez que foram exigidos para um cargo de nível fundamental, conhecimentos que são ensinados somente no ensino médio."
 
A retificação feita pelo IFF, e não trouxe mudanças para os cargos de assistente de alunos e técnico em secretariado. Para esses, o conteúdo permanece inalterado.
 
Em relação ao cargo de auxiliar em administração, o professor explica que basicamente o que aconteceu foi uma substituição, de modo que todos os assuntos pertinentes a cargos de nível médio, como as equações, inequações e funções logarítmicas, foram retirados. 
 
No lugar desses tópicos foram acrescentados assuntos ensinados no ensino fundamental, como semelhança de triângulos e o Teorema de Tales. Confira o programa atualizado:
 
"Essa substituição deixou o conteúdo do cargo de auxiliar em administração menos extenso e, efetivamente, em conformidade com o que se deve exigir para um cargo de nível fundamental", esclarece Júlio.

Professor aposta em assuntos mais fortes

Com vasta experiência nos concursos do IFF e após muitos anos mapeando as principais bancas do país, o professor aposta em alguns tópicos que, geralmente, têm "presença confirmada em praticamente todos os concursos públicos".
 

CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações