Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso IF Baiano: comissão revela detalhes e fala sobre convocações

Comissão organizadora do concurso IF Baiano dá detalhes sobre a seleção e fala sobre as convocações. Inscrições seguem abertas até dia 25.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) recebe inscrições no concurso IF Baiano até o dia 25 de agosto, por meio do site do Idecan. Para saber mais sobre esta seleção, FOLHA DIRIGIDA conversou com a comissão organizadora, que revelou detalhes sobre as convocações previstas e mais. Confira!

Segundo a comissão, a realização do concurso IF Baiano é relevante para reequilibrar o dimensionamento da força de trabalho, atendendo as demandas dos campi, em compatibilidade com o aumento da oferta de vagas de ensino técnico (presencial, à distância e Educação de Jovens e Adultos), graduação e pós-graduação.

"Atualmente, o IF Baiano possui uma força de trabalho composta por 1.728 servidores efetivos distribuídos em seus 14  campi, além da reitoria (localizada em Salvador), sendo importante a realização do concurso neste ano de 2019", disse a comissão.

Ainda de acordo com a comissçao, a portaria interministerial nº 109, de 27 de abril de 2017, estabelece procedimentos de gestão do banco de professor equivalente e do quadro de referência dos técnico-administrativos das instituições de ensino pertencentes ao MEC.

"Conforme a norma, será necessário informar ao Ministério da Economia os cargos previstos na Lei Orçamentária Anual que foram incluídos nos bancos ou quadros de referência e não foram providos no próprio exercício para inclusão na proposta orçamentária do ano seguinte", explica o IF Baiano.

Convocações e cadastro reserva

Em relação às convocações, a comissão do concurso IF Baiano diz que, no momento, as vaga oferecidas são apenas as que estão disponíveis na seleção. No entanto, a organização não descarta a utilização do cadastro reserva.

"Podemos convocar o cadastro de reserva em virtude do surgimento de vagas por motivos de vacâncias e aposentadorias, de acordo com a validade do concurso", disse a comissão. 

A organização afirma ainda que as nomeações só poderão ocorrer após a homologação do resultado final do concurso. Por outro lado, as convocações a serem realizadas, anualmente, serão reguladas pelo Ministério da Economia.

Prepare-se para concursos em 2019!

Inicie seus estudos

Ganhos iniciais podem chegar a R$8 mil e R$9 mil

De acordo com o IF Baiano, o vencimento básico inicial varia de acordo com o cargo e a respectiva formação exigida. No caso das carreiras de nível médio, os ganhos são de R$2.446,96. Já para o nível superior e os docentes estes valores chegam a R$4.180,66 e R$4.472,64, respectivamente.

Em relação aos benefícios da carreira, a comissão explica que isso pode variar entre os ganhos salariais, que incidem sobre auxílio alimentação, auxílio transporte e auxílio creche (filhos até seis anos de idade).

As carreiras ainda contam com benefícios financeiros adicionais como Incentivo à Qualificação para Técnicos Administrativos, que tenham formação além da exigida para o cargo, e Reconhecimento de Saberes e Competências, no caso dos docentes com experiência superior à exigida para o cargo.

"Ao servidor do IF Baiano também estão disponíveis adesão à Saúde Suplementar mediante contratação de Plano de Saúde, adesão à previdência suplementar (Funpresp - EXE) e cadastro de dependentes no assentamento funcional do servidor, que lhe permite benefícios como acompanhamento de pessoa da família, dedução no Imposto de Renda e assistência pré-escolar", explica a comissão.

Por fim, ao final da carreira, a comissão do IF Baiano revela que os servidores técnico administrativos podem fazer jus a um vencimento básico de até R$8.323,87 e os servidores docentes de até R$9.548,84.

IF Baiano x IFBA

Para quem tem dúvidas sobre a diferença entre o IF Baiano e o Instituto Federal da Bahia (IFBA), FOLHA DIRIGIDA conversou com a comissão organizadora para entender esta questão. Segundo a organização, na Bahia existem dois institutos federais.

"O IFBA é originado do antigo Cefet-BA e o IF Baiano foi criado a partir das antigas Escolas Agrotécnicas Federais e das Escolas Médias de Agropecuária Regionais da Ceplac (Emarc)", explica a comissão.

Ainda segundo a organização, com a Lei de Criação dos Institutos Federais, sancionada em 2008, os institutos passaram a compor a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

"Além da origem, as instituições se diferenciam pela natureza dos cursos ofertados. Com seu histórico de instituição de ensino rural, o IF Baiano se destaca pela vocação agrícola, com a oferta, em todos os campi, de formação nas áreas de Ciências Agrárias e Recursos Naturais, embora também atue em outros segmentos", explica.

A comissão esclarece ainda que o IF Baiano possui campi nos seguintes municípios: Catu, Senhor do Bonfim, Santa Inês, Guanambi, Valença, Teixeira de Freitas, Itapetinga, Uruçuca, Bom Jesus da Lapa, Governador Mangabeira, Serrinha, Alagoinhas, Itaberaba, Xique-Xique e sede (reitoria), na capital Salvador.

Concurso IF Baiano oferece 60 vagas

O concurso IF Baiano conta com uma oferta de 60 vagas, sendo 26 para professores e 34 para técnico-administrativos. As inscrições devem ser feitas no site do Idecan, até o próximo dia 25 de agosto. A taxa de inscrição é de R$66, R$67 e R$68, para TAEs nível D, E e docentes, respectivamente. O pagamento poderá ser feito até o dia 26. 

Para aqueles que pretendem se candidatar a uma vaga no IF Baiano, a comissão organizadora explica que é importante ter dedicação aos estudos, levando sempre em consideração uma postura ética e honesta. Além disso, a organização não descarta novas seleções.

"Outros concursos poderão ocorrer de acordo o surgimento de novas demandas institucionais em consonância com as legislações vigentes", finaliza a comissão.

Concurso IF Baiano oferece 60 vagas (Foto: Divulgação)
IF Baiano realiza concurso para docentes e técnicos
(Foto: Divulgação) 

 

Concurso IF Baiano terá provas em dois dias

As provas objetivas do concurso IF Baiano para professores serão realizadas no dia 22 de setembro. Já para técnico-administrativo, a aplicação está marcada para 6 de outubro.

As provas serão compostas por 60 questões de múltipla escolha. Os candidatos terão quatro horas para completar os exames, que terão a seguinte distribuição de disciplinas por carreiras:

Técnico-administrativos:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Raciocínio Lógico – 5 questões;
  • Noções de Informática – 5 questões;
  • Legislação do Serviço Público – 10 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 30 questões.

Professores:

  • Língua Portuguesa – 10 questões
  • Legislação do Serviço Público e Educacional – 20 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 30 questões.

Para ser aprovado será preciso obter, pelo menos, 50% dos pontos da prova. Além disso, os candidatos ao cargo de professor, que conquistarem a classificação neste etapa, serão convocados para uma prova de desempenho didático e de análise de títulos. 

O resultado final do concurso para técnico-administrativo está previsto para sair no dia 26 de novembro. Já para professor, o resultado será publicado no dia 18 de dezembro. Após a homologação, ambas as seleções ficarão válidas por dois anos, cabendo prorrogação por igual período.

Confira dicas para concursos! 



Comentários