Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Ifam: saiba como a banca aborda questões de Português

Concurso Ifam: saiba como a banca aborda questões de Português

O professor de Português, Décio Terror, deu dicas para a prova com base no estilo dos exames do Idecan. Confira!

A disciplina Língua Portuguesa estará presente na prova objetiva do concurso para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam). No exame para técnico-administrativos serão dez questões e, para professores, 20. Embora a avaliação tenha peso um, os candidatos devem ficar atentos à importância dessa disciplina para o valor total da nota do exame.

FOLHA DIRIGIDA conversou com o professor de Português do curso Estratégia, Décio Terror. Ele analisou o estilo de provas do Idecan, organizador do concurso, e separou algumas dicas para os concurseiros se saírem bem. Confira!

Décio Terror destacou que o Idecan costuma apresentar dois textos em suas provas. "Normalmente a banca cobra duas questões de interpretação e uma de tipologia textual. A parte gramatical é bem focada no contexto. Assim, várias são as situações em que se deve voltar ao texto para verificar funções sintáticas, emprego de classes de palavras, pontuação, tudo voltado ao emprego no texto", explicou Terror.

Fachada do Ifam
Disciplina de Português será cobrada na prova objetiva de todos os candidatos
(Foto: Divulgação)
 

Um diferencial do Idecan em relação a outras bancas é que ela insere elementos de lógica e dedução na interpretação dos textos. "É importante saber ler as entrelinhas", alertou o professor.

E complementou: "A gramaticalidade não é cobrada fora do que foi empregado no texto. Por isso, o estudo para resolver questões dessa banca não pode ser voltado à decoreba, mas ao entendimento do texto e ao emprego das palavras."

Terror indicou aos concurseiros interessados na seleção do Ifam baixar as provas do concurso da AGU para entender como foi a cobrança da disciplina nas últimas provas do Idecan. "Nessas provas, notamos que a banca cobrou um vínculo com a lógica, parecendo até ser prova de raciocínio lógico, mas é pura interpretação e emprego de classes de palavras", reforçou.

Como estudar Português para concursos públicos?

As avaliações mesclam questões mais objetivas, como as que cobram flexão verbal, acentuação, ortografia, crase, relação anafórica de um pronome, com questões mais extensas. Essas costumam se aprofundar na cobrança da concordância, regência, interpretação e dedução lógica. Para quem quer garantir um bom aproveitamento na prova a principal dica é trabalhar bastante com interpretações de texto. 

"Do tempo disponível de estudo para Língua Portuguesa, retire pelo menos 30% para treinar interpretação de textos de provas anteriores dessa banca. Digo sempre aos alunos que a sintaxe da oração é elemento-chave para compreender toda a parte sintática prevista para a prova. Por meio dela, entendemos o que é concordância, regência, crase, período composto e pontuação. Assim, procure entender as funções sintáticas e o motivo de seu emprego numa oração", orientou o professor.

Interessados podem se candidatar até o fim deste mês

O concurso Ifam oferece 113 vagas, distribuídas por cargos da carreira de técnico-administrativos e docentes. Os interessados terão até 24 de fevereiro para se candidatar, no site do Idecan

Para técnico-administrativos a oferta é de 49 vagas, divididas entre cargos de níveis médio, médio/técnico e superior. As vagas foram distribuídas da seguinte forma:

  • Nível médio: assistente de alunos (seis) e assistente em administração (seis)
  • Nível médio/técnico: técnico de laboratório em informática (uma), técnico de TI (duas), técnico em agropecuária (três), técnico em audiovisual (três), técnico em edificações (duas), técnico em eletrotécnica (uma) e técnico em enfermagem (uma)
  • Nível superior: administrador (cinco), analista de TI (duas), auditor (três), bibliotecário documentalista (quatro), contador    (uma), médico clínico geral (uma), médico psiquiatra (uma), médico veterinário (uma), nutricionista (uma), pedagogo (duas), produtor cultural (uma), psicólogo (uma) e relações públicas (uma)

A remuneração varia de R$2.403,07 a R$4.638,66, conforme o cargo pretendido e o nível de escolaridade. O salário é composto pelos vencimentos básicos e o auxílio-alimentação de R$458.

Além disso, são garantidos aos profissionais outros benefícios como o auxílio pré-escolar de R$321 (para filhos menores de seis anos), auxílio saúde (caso o servidor tenha Plano de Saúde) e auxílio-transporte. A carga de trabalho varia de 20 a 40 horas por semana, dependendo do cargo.

Prepare-se para o concurso

O Ifam publicou, ainda, um segundo edital com 64 vagas para docentes, em diversas especialidades. Os interessados nessas vagas podem concorrer a uma dessas áreas:

  • Docentes: Biologia (quatro), Ciências Sociais (duas), Desenho Técnico (uma), Educação Física (uma), Enfermagem (duas), Filosofia (duas), Física (seis), Geografia (sete), História     (uma), Informática (oito), Letras/ Português e Espanhol (duas), Letras/ Português e Inglês (cinco),  Letras/ Português (cinco), Matemática (dez), Mecânica    (duas), Medicina veterinária (duas), Química    (quatro) e Recursos naturais (uma).

Nesse caso a remuneração inicial é de R$4.463,93, podendo chegar a R$9.600,92, dependendo da titulação.  A carga de trabalho é de 40 horas semanais, sob o regime de dedicação exclusiva.

Para os docentes também estão garantidos o direito aos benefícios oferecidos aos técnico-administrativos. Ou seja, auxílio-alimentação (R$458), auxílio pré-escolar para filhos menores de seis anos (R$321), auxílio saúde (caso o servidor tenha Plano de Saúde) e auxílio-transporte.

Concurso terá três etapas de seleção

O concurso será realizado em três etapas: provas objetiva, de desempenho didático e de títulos. As duas últimas apenas para os que concorrem às vagas de professor.

A prova objetiva será aplicada no dia 21 de abril. Pela manhã farão a prova os candidatos aos cargos de níveis médio e superior. À tarde está marcada a avaliação para os concorrentes às vagas de níveis médio/técnico e para professor.

A prova de técnico-administrativo trará 50 questões de Português, Raciocínio Lógico, Informática Básica, Legislação e Ética na Administração Pública e Conhecimentos Específicos. Já p exame para professores será composto por 60 itens divididos pelas disciplinas de Português, Legislação e Ética na Administração Pública, Conhecimentos Pedagógicos e Conhecimentos Específicos.

Confira essa playlist com dicas de Português 

PLAYLIST

Reprodução automática

Notícias

Vídeo Explicativo - Aulas de Língua Portuguesa

Duração: 00:03:16

449 exibições

Notícias

Língua Portuguesa - Aula 01 - Parte 1

Duração: 00:16:31

652 exibições

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR



Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações