Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Ifam: entenda os critérios de avaliação das provas objetivas

FOLHA DIRIGIDA analisou os critérios de avaliação das provas objetivas do concurso Ifam. Entenda!

As provas objetivas do concurso para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam) estão previstas para 21 de abril. Para garantir uma boa preparação é importante que os candidatos conheçam todos os aspectos do avaliação. Pensando nisso, FOLHA DIRIGIDA listou os critérios de aprovação que serão considerados. Confira!

As provas objetivas do concurso Ifam são de caráter eliminatório e classificatório. Para garantir a aprovação, os candidatos devem obter, no mínimo, 50% de acerto no total da prova e em cada área de conhecimento.  A avaliação terá valor de 100 pontos para técnico-administrativos e 120 para docentes. Veja como serão feitas as distribuições dos pontos.

Técnico-administrativos

Provas objetivas
Área de conhecimento Quantidade de questões Valor de cada questão Pontuação máxima
Língua Portuguesa 10 2 20
Raciocínio Lógico 5 1 5
Informática Básica 5 1 5
Legislação e ética na administração pública 10 1 10
Conhecimentos Específicos 20 3 60
Total 50 100

 

De acordo com a tabela, as questões de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos terão maior peso na prova. Sendo assim, é importante o concurseiro dedicar um pouco mais de tempo para essas disciplinas. 

Em casos de empate, serão adotados os seguintes critérios para a classificação final dos aprovados no concurso:

  • Idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, até o último dia de inscrição no concurso; 
  • Candidato que obtiver maior nota na área de Conhecimentos Específicos; 
  • Candidato que obtiver maior nota em Língua Portuguesa;
  • Candidato com maior idade, considerando dia, mês, ano e, se necessário, hora e minuto do nascimento.

Docentes

Provas Objetivas
Área de conhecimento Quantidade de questões Valor de cada questão Pontuação máxima
Língua Portuguesa 20 1 20
Legislação e ética na administração pública 5 1 5
Conhecimentos Pedagógicos 10 2 20
Conhecimentos Específicos 25 3 75
Total 60 120

 

No caso dos que concorrem às vagas de docente, as disciplinas com maior peso serão as de Conhecimentos Pedagógicos e Específicos. Mas, para esses candidatos, a prova objetiva não será a única etapa de avaliação. Também haverá uma prova de desempenho didático, cujo objetivo é avaliar o domínio do candidato sobre o assunto, sua abordagem metodológica e capacidade pedagógica de comunicação.

Serão convocados para essa etapa 335 candidatos classificados dentro do quantitativo de:

  • Dez candidatos para as especialidades que ofertam uma vaga
  • 20 candidatos para as especialidades que ofertam de duas a seis vagas
  • 25 candidatos para as especialidades que ofertam sete ou mais vagas

Na prova de desempenho didático, os concorrentes irão ministrar uma aula para a banca examinadora. A banca será composta por quatro membros, sendo dois da área para a qual o candidato está concorrendo, um da área de didática e metodologia do ensino e um da área de competência linguística e discursiva.

Os temas das aulas serão sorteados. A data, horário e local do sorteio serão divulgados no edital de convocação para etapa, previsto para ser divulgado no dia 30 de maio. Na mesma data da prova os candidatos deverão entregar à banca examinadora seu plano de aulas, conforme os critérios estabelecidos no edital do concurso.

A pontuação da prova se dará por meio de uma média aritmética simples. Três membros da banca avaliadora atribuirão uma nota de zero a 80 pontos ao concorrente. A nota final será a soma das notas dos avaliadores dividida por três. Por fim, haverá, ainda, uma avaliação de títulos.

Invista na sua preparação para o concurso

Concurso Ifam oferece mais de 100 vagas

Quem ainda não se inscreveu no concurso Ifam 2019 terá até o dia 24 deste mês para apresentar sua candidatura. As inscrições deverão ser feitas no site do Idecan, organizador. 

A oferta para essa seleção é de 113 vagas, sendo 49 para técnico-administrativos e 64 para docentes.  A distribuição das vagas foi feita da seguintes maneira:

Técnico-administrativos

  • Nível médio: assistente de alunos (seis) e assistente em administração (seis)
  • Nível médio/técnico: técnico de laboratório em informática (uma), técnico de TI (duas), técnico em agropecuária (três), técnico em audiovisual (três), técnico em edificações (duas), técnico em eletrotécnica (uma) e técnico em enfermagem (uma)
  • Nível superior: administrador (cinco), analista de TI (duas), auditor (três), bibliotecário documentalista (quatro), contador    (uma), médico clínico geral (uma), médico psiquiatra (uma), médico veterinário (uma), nutricionista (uma), pedagogo (duas), produtor cultural (uma), psicólogo (uma) e relações públicas (uma)

Docentes

  • Biologia (quatro), Ciências Sociais (duas), Desenho Técnico (uma), Educação Física (uma), Enfermagem (duas), Filosofia (duas), Física (seis), Geografia (sete), História     (uma), Informática (oito), Letras/ Português e Espanhol (duas), Letras/ Português e Inglês (cinco),  Letras/ Português (cinco), Matemática (dez), Mecânica    (duas), Medicina veterinária (duas), Química    (quatro) e Recursos naturais (uma)
Fachada Ifam
Inscrições para o concurso Ifam seguem abertas até o dia 24 deste mês
(Foto: Divulgação)
 

A remuneração para quem concorre às vagas de técnico-administrativos varia de R$2.403,07 a R$4.638,66, conforme o cargo pretendido e o nível de escolaridade. O salário é composto pelos vencimentos básicos e o auxílio-alimentação de R$458.  A carga de trabalho varia de 20 a 40 horas por semana, dependendo do cargo.

Já para docentes a remuneração inicial é de R$4.463,93, podendo chegar a R$9.600,92, dependendo da titulação.  A carga de trabalho desses profissionais será de 40 horas semanais, sob o regime de dedicação exclusiva.

Todos os profissionais terão direito a outros benefícios, além do salário.  Entre eles o auxílio pré-escolar de R$321 (para filhos menores de seis anos), auxílio saúde (caso o servidor tenha Plano de Saúde) e auxílio-transporte. 

Confira estes materias com dicas de estudo para concursos públicos: 

>> Como estudar para concurso público: seu guia completo
>> Qual é a melhor forma de estudar para concursos?
>> Como estudar sozinho para concursos públicos

Estuda e trabalha? Saiba como superar esse desafio 



Comentários