Folha Dirigida Entrar Assine

IBGE tem preparativos adiantados para concurso de temporários

O concurso IBGE para temporários está com os preparativos para temporários avançados e só dependo do aval do Governo Federal.

O Censo Demogáfico 2020 está cada vez mais próximo e a preocupação do IBGE é com a mão de obra necessária. Procurado pela FOLHA DIRIGIDA, o órgão revelou que "os procedimentos internos administrativos já estão adiantados" para realizar o concurso de temporários o mais rápido possível, assim que aprovado. 

Porém, também de acordo com o IBGE, não houve uma resposta formal do Governo Federal desde 2018 - nem positiva, nem negativa - sobre o pedido de concurso IBGE temporários, feito no ano passado. 

De acordo com cronograma divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, um Censo Experimental está previsto para acontecer entre os meses de setembro e novembro. O IBGE informou que nesta etapa os temporários já precisam estar contratados. Porém, conforme o órgão, a demora para a seleção pode atrasar a programação para o Censo.

"O IBGE está no aguardo dessa resposta para seguir o cronograma do Censo, que inclui o Censo Experimental. Os temporários já deverão estar contratados para haver o experimental, portanto há a possibilidade desse cronograma atrasar com a demora da aprovação, já que precisamos fazer uma licitação para a seleção". informou a Assessoria de Imprensa do órgão, referindo-se ao processo de escolha da organizadora do concurso.

Concurso temporários deverá ter 250 mil vagas

A seleção para temporários do IBGE será grande. São esperadas aproximadamente 250 mil vagas para atuação em todas as regiões do país, em vários cargos. As oportunidades contemplarão:

  • Recenseadores - contrato de até cinco meses; nível fundamental
  • Agentes regional e administrativo - contrato de até um ano; nível médio
  • Agentes municipal e de informática - contrato de até dez meses; nível médio
  • Agente supervisor - contrato de até nove meses; nível médio
  • Analista censitário - até dois anos; nível superior

As remunerações costumam variar conforme a produtividade. Para recenseador, por exemplo, foi em torno de R$2.600, no Censo de 2010. A função ofereceu o maior número de vagas.

Concurso IBGE (Foto: Leandro Santos)
IBGE precisa de seleção de temporários para trabalho no Censo 2020
(Foto: Leandro Santos)


Já para agente censitário supervisor, foram 23.900 oportunidades em 2010 e o salário de R$2.058. Houve ainda 6.722 vagas para agente municipal, com R$2.358 mensais; 1.432 para agente de informática, com R$2.158; 558 para agente administrativo, com R$1.958; e 400 para agente regional, com R$2.958.

A verba para a realização do Censo 2020  já consta no Orçamento de 2019 do Governo Federal. De acordo com o documento, serão destinados mais de R$240 milhões para a realização da pesquisa, uma das mais importantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 

IBGE pede novo concurso também para efetivos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística também precisa preencher o quadro de efetivos. Desde 2017, aguarda autorização para concurso com 1.800 vagas. No fim de 2018, o pedido que tramitava no sistema do extinto Ministério do Planejamento acabou arquivado. 

Por isso, o órgão precisa enviar uma nova solicitação. Em resposta à FOLHA DIRIGIDA, o IBGE confirmou que fará este pedido ao Ministério da Economia, que absorveu as atribuições do Planejamento. 

As oportunidades deverão ser as mesmas do pedido anterior: 1.800, divididas entre: 

  • Técnico de nível médio -  1.200 vagas;
  • Analista de nível superior (qualquer área) -  600 vagas.

As remunerações das carreias são de R$3.890,87 para o técnico e R$8.213,07 para analista. Nos valores já está somado o auxílio-alimentação de R$458. 

Não perca o foco na preparação!
Acesse curso com videoaulas.

Curso preparatório IBGE

O que cai na prova do concurso IBGE?  

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Comentários