Concurso IBGE: "preparativos para edital já começaram", diz coordenador

O novo concurso IBGE aguarda autorização, mas segundo coordenador de RH os preparativos para edital começaram. Veja entrevista!

Os trabalhos para elaboração do novo edital do concurso IBGE já começaram. Quem afirmou foi o coordenador de RH do órgão, Bruno Malheiros, em entrevista exclusiva para FOLHA DIRIGIDA. Segundo ele, há um trabalho de definição das áreas de conhecimento, das áreas de lotação e do conteúdo programático para tentar adiantar as informações.

Coordenador de RH IBGE (Foto: Arquivo)
Bruno Malheiros, Coordenador de RH
(Foto: Arquivo)

"No entanto, ficamos no aguardo do aval. Não podemos começar uma licitação para escolha da banca e a autorização não sair, seria um recurso gasto a toa. Além disso, o contrato com a banca tem um tempo para ser executado e pode acabar perdendo a validade, então essa parte a gente prefere esperar.  No mais, tudo que é possível já está pronto", diz. 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística aguarda a autorização do Ministério do Planejamento para 1.800 vagas. Destas, 1.200 serão para técnico e 600 para analista de nível superior. Segundo o coordenador, a grande força de trabalho do IBGE, cerca de 60 a 65% do quadro, são os cargos técnicos de nível médio. 

Esses profissionais atuam nas unidades estaduais trabalhando com coletas. Os de nível superior estão a maioria na administração central, responsável pelas atividades de planejamento e gestão. 

Para técnicos a remuneração oferecida é de R$3.890,87 mensais. Já para analista o valor é de R$8.213,07. Nestes totais já está incluído o auxílio-alimentação de R$458. 

IBGE perdeu mais de 40% da força de trabalho

A diminuição do quadro de pessoal do Instituto chama atenção. De acordo com Bruno Malheiros, em aproximadamente dez anos houve uma redução de mais de 40% da força de trabalho. 

"Em 2010 eram aproximadamente 8 mil servidores e atualmente cerca de 5 mil, chegando a 2020 com um pouco mais de 4 mil. É um problema não só na administração central, mas também nos municípios que fazem a coleta", explicou. 

O principal fator para esta perda de pessoal é o grande volume de aposentadorias. Segundo coordenador de RH, boa parte dos servidores que está no IBGE atualmente entraram para fazer o Censo de 80. Então essas pessoas estão completando o tempo de trabalho para se aposentarem. "Mesmo os últimos concursos, de 2013 e 2015, não supriram o déficit,  que vem aumentando em razão da explosão de aposentadorias que tivemos entre 2014 e 2018", complementou. 

Concurso IBGE (Foto: IBGE)
Concurso IBGE prepara edital para 1.800 vagas (Foto: IBGE)

Apesar de não haver um número específico em Lei de quantidade de servidores para o IBGE, de acordo com o coordenador, um bom número seria entre 6.200 e 6.800 pessoas. "Este é um levantamento que acabamos de fazer com os gestores do IBGE. Quatro mil é um número muito abaixo do que precisamos para realizar os trabalhos", informou. 

• IBGE já registrou 220 aposentadorias em 2018

Ele complementa mencionado que o IBGE está chegando no limite. "Estamos chegando no limite na capacidade de entrega do trabalho, por isso o pedido para as vagas. Vamos negociando com o Planejamento e aguardando ansiosamente a autorização para o concurso IBGE", disse. 

Lembre o último concurso do IBGE

 A seleção anterior do IBGE foi realizada em 2015 e organizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Os candidatos ao cargo de técnico foram avaliados por 60 questões, sendo dez de Conhecimentos Específicos do IBGE, 15 de Geografia, 15 de Matemática e 20 de Língua Portuguesa.

Acesse curso para todas as carreiras

Já para analista foram 70 questões sobre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Raciocínio Lógico Quantitativo) e Conhecimentos Específicos. O número de questões por disciplina variava. Os candidatos devem iniciar os estudos para o concurso IBGE tendo por base o último edital. Confira os detalhes no vídeo! 

• IBGE também prepara concurso para temporários

Assista a entrevista completa com o coordenador  



Comentários