Concurso IBGE: órgão já registra 220 aposentadorias em 2018

Sem novo concurso, o IBGE já registrou 220 aposentadorias neste ano. Órgão tem pedido de 1.800 vagas em análise.

Sem o concurso IBGE, o déficit de servidores cresce no órgão. De acordo com dados do Ministério do Planejamento, somente em 2018, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística já registrou 220 aposentadorias. O quantitativo é referente aos meses de fevereiro até abril, já que os dados de maio e junho ainda não foram revelados e janeiro não registrou aposentadorias. 

O mês com o maior número de aposentados foi março, com 103. Em segundo lugar ficou fevereiro, com 85 e em terceiro abril, com 32. Em relação ao nível de escolaridade, o que resgistrou maior perda de servidores foi o nível médio.

Concurso IBGE (Foto: Divulgação IBGE)
Concurso IBGE aguarda autorização (Foto: Divulgação/ IBGE)


Dos profissionais com ensino médio foram 180 aposentadorias, sendo 74 em fevereiro, 86 em março e 23 em abril. A função de nível médio do IBGE é a de técnico. Já o nível superior teve 40 aposentadorias neste período. Março foi o mês campeão de aposentados (20), seguido por fevereiro, com 11, e abril, com 9. A função contemplada pelo nível superior é a de analista. 

A Região Sudeste foi a que registrou os maiores números de aposentados em todos os meses. Em fevereiro, do total de aposentadorias, 70,6% foram no Sudeste. Em março foram 70,9% e em abril, 75%. Por isso, a expectativa é que o próximo concurso IBGE traga um número expressivo de vagas para o Sudeste. 

.Concurso IBGE: término da validade para técnico mostra necessidade

IBGE tem pedido para 1.800 vagas 

Buscando a reposição do seu quadro de pessoal, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística tem pedido para uma nova seleção com 1.800 vagas. A solicitação está em análise pelo Ministério do Planejamento e teve seu último andamento em 12 de junho. Se autorizado, o concurso IBGE terá vagas para técnico e analista. As funções exigem, respectivamente, os níveis médio e superior.

A distribuição das vagas será de 1.200 para técnico e 600 para analista. As remunerações variam de acordo com o cargo e escolaridade. Os aprovados como técnico recebem R$3.890,87 mensais. Para analista de nível superior o valor é de R$8.213,07. Nestes totais já está incluído o auxílio-alimentação de R$458. 

Acesse curso para todas as carreiras

Coordenador de RH espera autorização este ano

O coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros, conversou com exclusividade com a FOLHA DIRIGIDA e disse que o órgão está negociando a autorização da seleção com o Ministério do Planejamento e tem expectativa de aval ainda este ano.

"Estamos sistematicamente tendo reunião com o pessoal da Secretaria de Gestão de Pessoas do Planejamento para tentar agilizar esse processo. Não é só o processo do IBGE que está parado, diversos outros órgãos também estão aguardando. Essa questão está ligada diretamente à situação fiscal do país e orientação do governo para segurar o máximo de concursos. Mas seguimos negociando e com expectativa de ter a autorização ainda em 2018", revelou. 

Acesse curso com pacote completo para técnico

Acesse o curso

IBGE também terá seleção de temporários

Um outro pedido de seleção feito pelo órgão é para vagas temporárias. Essas oportunidades atenderão o Censo Demográfico de 2020. Foram solicitadas 397 vagas para o cargo de analista censitário, de nível superior. Se autorizada, essa seleção temporária será para 2019 e o edital também só deverá sair no ano que vem.

O maior quantitativo de oportunidades temporárias para o Censo 2020, no entanto, deverá ser para as funções de recenseador e agentes regional, administrativo, municipal, de informática e  supervisor. Para estas o IBGE deverá abrir 300 mil vagas temporárias.

Estude para o concurso IBGE

No último concurso IBGE, realizado em 2015, os cargos de técnico e analista cobraram questões de Língua Portuguesa. Confira e-book exclusivo sobre a disciplina e veja também dicas em vídeo! 

Acesse



ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Comentários