Concurso IBGE: órgão faz novo pedido para 397 vagas temporárias

O IBGE fez novo pedido de seleção para 397 vagas temporárias para atender o próximo Censo Demográfico, em 2020.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística fez novo pedido de seleção. Desta vez, foram solicitadas 397 vagas temporárias para o cargo de analista censitário. A carreira é voltada para o nível superior e, segundo o IBGE, para atender demandas específicas relacionadas ao próximo Censo Demográfico, marcado para 2020. 

O pedido de concurso IBGE já foi protocolado no Ministério do Planejamento, onde irá tramitar até receber a autorização. O quantitativo de vagas foi informado com exclusividade à FOLHA DIRIGIDA, nesta quarta-feira, 6. Se autorizada, essa seleção temporária será para 2019 e o edital também só deverá sair no ano que vem.  Estes profissionais atuarão na parte de planejamento do próximo Censo.

Cursos online para o concurso IBGE

Acesse o curso

IBGE deverá ter mais 300 mil vagas para o Censo

A maior quantidade de vagas do concurso IBGE para o Censo Demográfico será para atuação em campo como recenseador e nas funções de agente regional e administrativo, agente municipal e de informática e agente supervisor. De acordo com o presidente do IBGE, Roberto Olinto, serão 300 mil vagas temporárias. A informação foi passada na entrevista coletiva de lançamento do Censo Agropecuário.

Concurso IBGE (Foto: Divulgação)
Concurso IBGE: novo pedido de seleção (Foto: IBGE)


Na ocasião, Olinto informou também que os preparativos do Censo Demográfico, incluindo o pedido das vagas para o concurso, serão iniciados no ano que vem. "O grupo técnico deste ano já está discutindo (o Censo Demográfico). Ano que vem começa a acelerar, tomar decisões, em 2019 tem que fechar tudo. Em 2020 vai para a coleta", explicou.

As contratações também serão temporárias. Confira o período de cada cargo:

 ✔Recenseadores - contrato de até cinco meses;
 
 ✔Agentes regional e administrativo - contrato de até um ano;
 
 ✔Agentes municipal e de informática -contrato de até dez meses;
 
 ✔Agente supervisor - contrato de até nove meses;

Essas oportunidades englobam os níveis fundamental e médio. De acordo com o órgão, a seleção será nos mesmos cargos do último concurso, em 2010 e para todas as regiões do país. Na ocasião, foram oferecidas 224.984 vagas temporárias,  sendo 191.972 para o cargo de recenseador, que exige o nível fundamental. Para a função, a remuneração varia conforme a produtividade e gira em torno de R$2.600.

Confira entrevista  o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros
 
As demais 33.012 vagas temporárias foram distribuídas pelos cinco cargos de nível médio. A maior parte delas ficou para agente censitário supervisor, com 23.900 oportunidades e salário de R$2.058. Houve ainda 6.722 vagas para agente municipal, com R$2.358 mensais, 1.432 para agente de informática, com R$2.158, 558 vagas para agente administrativo, com R$1.958, e 400 para agente regional, com R$2.958. 

O concurso IBGE para temporários deverá ser homologado no primeiro semestre de 2020, já que o Censo acontecerá a partir de 31 de agosto. Nesta data espera-se que os selecionados já estejam treinados. 

Concurso IBGE para efetivo também nos planos

Além destas seleções, o IBGE tem pedido no Planejamento para 1.800 vagas  em análise.  Deste total, 1.200 serão para o cargo de técnico e mais 600 na função de analista. Para técnico a exigência é o nível médio e a remuneração de R$3.890,87 (incluso o auxílio-alimentação de R$458). O cargo de analista é para nível superior e a remuneração de R$8.213,07 (incluso o auxílio-alimentação de R$458).  Ambos tem carga horária de 40 horas semanais. 





Comentários