Concurso IBGE oferta 17.383 vagas no Estado do Rio de Janeiro

O concurso IBGE para o Censo seleciona para 208 mil vagas, destas mais de 17 mil são para o Rio. Inscrições abertas!

O concurso IBGE para o Censo Demográfico já é a maior seleção deste ano em relação ao número de vagas. Ao todo, são 208.695 vagas temporárias, das quais 180.557 são para a função de recenseador, que requer o ensino fundamental. 

Neste total, um dos destaques é o Estado do Rio de Janeiro, onde serão contratados 15.950 recenseadores. Além disso, também no Estado do Rio, estão abertas 196 vagas para agentes censitários municipais e 1.237 agentes censitários supervisores. Nestas funções a escolaridade é o nível médio.

Ao todo, o RJ soma 17.383 vagas neste concurso do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As inscrições para todos os cargos já estão abertas e são recebidas pelo site do Cebraspe, o organizador. Os interessados podem se inscrever até as 23h59 do dia 24 de março.

Link direto inscrições recenseador

Link direto inscrições agente censitário

Para isso, é preciso pagar uma taxa de R$35,80 (agentes) e R$23,61 (recenseador). Candidatos membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico ou doadores de medula óssea podem solicitar a isenção.

Concurso IBGE oferece remuneração variável para recenseador

Os profissionais selecionados para o cargo de recenseador receberão uma remuneração conforme sua produtividade. Os interessados poderão consultar, no site do IBGE, o simulador de remuneração dos recenseadores.

IBGE (Foto: Helena Talman e Larissa Grizoli/ IBGE)
IBGE abre seleção com mais de 208 mil vagas 
(Foto: Helena Talman e Larissa Grizoli/ IBGE)


Na plataforma, o candidato deve preencher o município a que concorrerá e a carga horária que deseja trabalhar. Segundo o coordenador de Recursos Humanos da fundação, Bruno Malheiros, alguns dos critérios que serão adotados para esse cálculo são:

  • número de unidades visitadas;
  • de pessoas recenseadas;
  • de questionários respondidos.

Saiba mais sobre como calcular a remuneração do recenseador

O recenseador não terá um horário fixo de trabalho. O IBGE espera que o aprovado atue por, pelo menos, 25 horas semanais. Quanto mais horas trabalhadas e quanto mais difícil o acesso ao local a ser recenseado, maior será a remuneração.

♦ Acesse a tabela de vagas com a distribuição completa para recenseador

Os candidatos devem passar por uma prova objetiva, marcada para 24 de maio, das 13h às 17h. Os recenseadores serão submetidos a 50 perguntas, sendo dez de Língua Portuguesa, cinco de Ética no Serviço Público, dez de Matemática e 25 de Conhecimentos técnicos.

Provas para agentes serão aplicadas em 17 de maio

Já para quem concorre aos cargos de agente, a prova será aplicada no dia 17 de maio, também no horário das 13h às 17h.

O exame dos agentes terá 60 questões, nas seguintes disciplinas: Português (dez questões), Raciocínio Lógico Quantitativo (dez), Ética no Serviço Público (cinco), Noções de Administração/Situações Gerenciais (15) e Conhecimentos técnicos (20).

Contando com todas as vagas do país, serão 5.462 vagas para agente censitário municipal e 22.676 de agente censitário supervisor.

♦ Acesse a tabela de vagas com a distribuição completa para agente 

As provas objetivas deste concurso IBGE serão realizadas, simultaneamente, em 4.612 municípios, no caso dos agentes, e em 5.569 municípios para o recenseador. Os exames ocorrerão nos 26 estados, além do Distrito Federal. 

 

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

Os contratos chegarão a até três (recenseadores) ou cinco (agentes) meses. A seleção será de um ano, podendo dobrar.

Resumo concurso IBGE 2020

  • Vagas: 208 mil vagas
  • Escolaridade: níveis fundamental e médio
  • Inscrições: 5 a 24 de março
  • Banca: Cebraspe
  • Provas: 17 de maio (agente) 24 de maio (recenseador)