Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso IBGE com 400 vagas de analista pode ter edital esta semana

Concurso IBGE com 400 vagas de analista pode ter edital esta semana

A banca organizadora do IBGE já criou a página do concurso. Com isso, o edital com 400 vagas temporárias pode sair ainda esta semana.

O Instituto AOCP pode divulgar o edital do concurso IBGE, com 400 vagas temporárias de analista censitário, ainda esta semana. Isso porque a página para as inscrições na seleção foi criada pela banca organizadora nesta segunda-feira, 17, mostrando que o documento não deve demorar a ser publicado.

Além disso, de acordo com o projeto básico do concurso, ao qual FOLHA DIRIGIDA teve acesso, o edital deverá ser publicado dentro de dez dias, após a assinatura do contrato com a organizadora. Como o extrato do contrato saiu no dia 12, a previsão é a seleção ser aberta até sexta, 21

O novo concurso IBGE, com 400 vagas temporárias de analista censitário, terá vagas em todas as capitais do país. De acordo com o projeto básico, poderão concorrer às 400 vagas de analista censitário do concurso IBGE os candidatos com graduação em: 

  • Analista de Planejamento e Gestão (uma vaga); 
  • Antropologia ou Sociologia ou Ciências Sociais (12);
  • Analista de Geoprocessamento (24);
  • Análise de Sistemas - desenvolvimento e aplicações web/mobile (18);
  • Análise de Sistemas - suporte a comunicações e rede (seis);
  • Análise de Sistemas - suporte operacional e de tecnologia (quatro);
  • Análise de Sistemas - suporte à produção (quatro);Prepare-se para concursos
  • Análise Socioeconômica (sete);
  • Biblioteconomia e Documentação (quatro);
  • Ciências Contábeis (30);
  • Desenho Instrucional (uma);
  • Economia (28);
  • Estatística (duas);
  • Gestão e Infraestrutura (142);
  • Jornalismo (35);
  • Letras (uma);
  • Logística (cinco);
  • Métodos Quantitativos (55);
  • Produção Gráfica/Editorial (duas);
  • Programação Visual/Webdesign (11);
  • Recursos Humanos (sete);

Como adiantado por FOLHA DIRIGIDA, as 400 vagas temporárias serão distribuídas pelas 26 capitais do país, além do Distrito Federal. Os aprovados no concurso IBGE como analistas censitários poderão ser contratados a partir de setembro de 2019, conforme a portaria autorizativa.

De acordo com o projeto básico, que é usado para a elaboração do edital, os contratos terão duração de 12 meses, prorrogáveis por até 36 meses. Desta forma, poderão chegar a até quatro anos.

Confira a estrutura das provas do concurso IBGE

Os candidatos do concurso IBGE 2019 serão avaliados por meio de provas objetivas, que ocorrerão, simultaneamente, nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal. De acordo com o projeto do edital, o exame contará com 60 questões e será realizado em um domingo, no período da tarde.

Para a área de Métodos Quantitativos, a prova terá 20 questões de Língua Portuguesa e 20 de Conhecimentos Específicos. Para os candidatos de Letras, o exame terá 15 perguntas de Raciocínio Lógico e 25 específicas.

Para os demais concorrentes, a prova objetiva será composta por 15 questões de Língua Portuguesa, 35 de Conhecimentos Específicos e dez de Raciocínio Lógico. Todos os concorrentes terão quatro horas para concluírem a avaliação. O IBGE espera que 24.780 candidatos se inscrevam para as 400 vagas de analista

IBGE prepara concursos para temporários em 2019 (Foto: Divulgação)
IBGE prepara concursos para 2019 (Foto: Divulgação)

IBGE inscreveu para 209 vagas temporárias

No último dia 14 de junho, o IBGE finalizou o prazo para as inscrições do concurso que visa ao Censo Experimental, com 209 vagas temporárias. As oportunidades foram distribuídas por cargos de níveis fundamental e médio, na cidade de Poços de Caldas, em Minas Gerais.

Das 209 vagas oferecidas, 180 foram para o cargo de recenseador, de nível fundamental, quatro para agente censitário municipal e 25 para agente censitário supervisor, sendo ambos de nível médio. Confira abaixo o tempo de contrato e a remuneração oferecida para cada função:

Agente Censitário Municipal - ACM até 6 meses Nível médio R$2.100
Agente Censitário Supervisor - ACS até 6 meses Nível médio R$1.700
Recenseador até 2 meses Nível fundamental Por produção*

 

Inicialmente prevista para o dia 21 de julho, a prova objetiva do concurso IBGE, para as 209 vagas, ocorrerá agora no dia 4 de agosto, no turno da tarde, de 13h às 17h, no município de Poços de Caldas, a 468 km de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Os candidatos terão até quatro horas para responder a todas as questões do exame. 

Concurso com 234 mil vagas deve sair em agosto

Além das seleções mencionadas, o IBGE prepara um concurso maior, com mais de 234 mil vagas temporárias. Neste caso, segundo o coordenador de Recursos Humanos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Bruno Malheiros, o projeto básico já está pronto.

As mais de 234 mil vagas temporárias devem ser distribuídas por dois editais, com vagas em todos os municípios do país e voltadas para o Censo Demográfico 2020. As contratações ocorrerão a partir de janeiro de 2020.

Acesse notícias sobre concurso da área Administrativa

O prazo oficial para a publicação do edital do concurso, previsto na portaria autorizativa, é até 6 de setembro. Mas, de acordo com o coordenador do IBGE, o primeiro edital, de dois previstos, deverá sair um mês antes, em agosto.

Segundo Bruno Malheiros, a distribuição de vagas ainda está sendo fechada. No entanto, ele confirma que as áreas com maior população receberão o maior número de oportunidades.

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial da União, no dia 6 de maio, o IBGE está autorizado a realizar novo concurso com 234.416 vagas temporárias, sendo a maioria (196 mil) justamente para recenseadores. Confira a distribuição das oportunidades por cargos:

Coordenador Censitário de Subárea 1 600 vagas Nível médio R$4.000
Coordenador Censitário de Subárea 2 850 Nível médio R$4.000
Agente Censitário Operacional 1.760 Nível médio R$1.800
Supervisor (call center) 4 Não informado Não informado
Agente Censitário Municipal 6.100 Nível médio R$2.400
Agente Censitário Supervisor 23.578 Nível médio R$2.000
Codificador Censitário 120 Não informado Não informado
Recenseador 196 mil Nível fundamental R$1.100*
Supervisor PA 1.304  Não informada   Não informado
Recenseador PA 4.100 Não informada Não informado

*O recenseador recebe por produção. Este valor é uma estimativa 






Comentários