Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Ibama: saiba tudo sobre a carreira de técnico administrativo

Saiba tudo sobre a carreira de técnico administrativo, de nível médio, do concurso Ibama, recomendado pelo MPF no dia 5 de setembro.

Das 2.054 vagas solicitadas para o concurso Ibama, 847 são para a carreira de técnico administrativo. Além da quantidade atrativa de cargos vagos, a função chama atenção também por sua remuneração. 

Os técnicos administrativos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis recebem remuneração inicial de R$4.063,34, valor que já inclui o auxílio-alimentação de R$458 e a Gratificação de Desempenho de R$1.382,40. 

Esse valor, contudo, ainda pode aumentar conforme outros tipos de gratificação e com a evolução na carreira, conforme descrito mais abaixo nesta matéria. Mas, afinal, o que faz um técnico administrativo do Ibama? Confira a resposta para e essa e mais perguntas :

 (Foto: Divulgação)
MPF recomendou concurso Ibama para mais de 2 mil vagas
 (Foto: Divulgação)

Quais são as atribuições do técnicos administrativo do Ibama?

Como o nome já sugere, esses profissionais atuam no quadro de apoio, dando suporte nas unidades organizacionais do Ibama, realizando atividades administrativas e logísticas. São tarefas as quais o Governo Federal define como de “nível intermediário”, devendo ser desempenhadas dentro da carga semanal de 40 horas.

Os técnicos, de modo geral, podem atuar nas áreas de controle interno, documentação, gestão de pessoas, material, patrimônio, contratos e convênios, finanças e contabilidade. Algumas das tarefas são:

  • levantamento de dados;
  • elaboração de relatórios estatísticos;
  • pesquisa de legislação; 
  • emissão de relatórios técnicos e informações;
  • distribuição e controle de materiais de consumo e permanente; 
  • acompanhamento da execução e fiscalização de contratos;
  • elaboração e conferência de cálculos; 
  • revisão de documentos e correspondências; etc. 

Além dessas atividades, os técnicos administrativos também podem ser designados para realizar atendimento ao público interno e externo na sua respectiva unidade de trabalho e para trabalhos que exijam conhecimentos básicos e/ou específicos de informática. Outras tarefas podem ser determinadas por autoridade superior. 

Confira vídeos de preparação para o concurso Ibama!

O que é preciso para ser técnico administrativo do Ibama?

Para ingressar na carreira de técnico é preciso ter diploma de conclusão de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. 

Além disso e de ser aprovado no concurso, o candidato necessita cumprir alguns requisitos básicos, exigidos em todas as seleções para cargos efetivos na Administração Pública:

  • nacionalidade brasileira ou portuguesa (nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal);
  • estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (no caso e homens);
  • ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse; 
  • não possuir antecedentes criminais; entre outros. 

Após ser aprovado no concurso, vale destacar, a nomeação no cargo ainda fica sujeita à aprovação em uma inspeção de saúde física e mental. 

Qual é o salário do técnico administrativo do Ibama?

Como mencionado no início desta matéria, o técnico administrativo do Ibama tem remuneração inicial de R$4.063,34, já incluindo auxílio-alimentação de R$458 e Gratificação de Desempenho de R$1.382,40. 

Contudo, com as progressões na carreira e na própria avaliação de desempenho, esse valor pode alcançar até R$7.274,04, considerando um profissional que já atingiu a classe especial e recebe, além da gratificação de desempenho, a Gratificação de Qualificação.

A carreira é composta por quatro classes – A, B, C e Especial –, cada uma com quatro padrões. Na evolução por padrão, o vencimento básico, sem gratificações e benefícios, vai de R$2.222,94 a R$3.296,04. 

Confira a tabela completa da remuneração dos técnicos administrativos do Ibama, considerando a última atualização do Governo Federal, em janeiro de 2019.

Quando sai o concurso para técnico administrativo do Ibama?

Os concursos federais, para que sejam realizados, necessitam de uma autorização prévia do Ministério da Economia. Para isso, os órgãos encaminham até o dia 31 de maio de cada ano um pedido com a sua respectiva demanda por servidores. 

Este ano, o Ibama pediu a abertura de concurso para 2.054 vagas, após a solicitação do ano anterior não ter sido respondida. O novo requerimento ainda está em análise, mas um fato recente pode contribuir para a celeridade deste processo. 

Acontece que no dia 5 de setembro o Ministério Público Federal (MPF) recomendou, por meio da 4ª Câmara de Coordenação e Revisão, que o Ministério da Economia autorize o concurso Ibama, para as mais de 2 mil vagas. 

Concurso IBAMA: MPF recomenda aval para 2.054 vagas em 30 dias

Se acatar a recomendação, a Economia deverá conceder aval dentro do prazo de 30 dias, ou seja, até 5 de outubro. O MPF ainda requer a renovação contínua do quadro de pessoal do Ibama e que o concurso também conte com cadastro de reserva. 

O fato de essa recomendação ter sido enviada à Economia e ao Ibama não garante a realização do concurso nos prazos estipulados. O Governo ainda deverá avaliar a possibilidade orçamentária e acatar ou não ao pedido. 

Até o fechamento desta matéria nenhum dos órgão divulgaram se há previsão para a autorização do concurso. Além da recomendação do MPF, contudo, o grave déficit de servidores no quadro do Ibama é mais um fator que coloca pressão na necessidade de uma nova seleção para o órgão.

Das 2.054 vagas solicitadas, 847 são de técnico administrativo. As demais estão distribuídas entre cargos de nível superior: 313 de analista administrativo e 894 de analista ambiental. A remuneração inicial é de R$8.547,64 para ambos, já incluindo o auxílio-alimentação. 

Confira materiral de preparação exclusivo para o concurso Ibama!

Comentários