Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Guarda de BH amplia efetivo feminino. Edital do concurso sai em março

Guarda de BH amplia efetivo feminino. Edital do concurso sai em março

A Prefeitura de Belo Horizonte aumentou o percentual do efetivo feminino na corporação e anunciou edital do concurso para março.

O edital do concurso para a Guarda Municipal de Belo Horizonte, em Minas Gerais, já tem previsão para sair. De acordo com nota divulgada pela prefeitura, o documento  deverá ser publicado em março. Além disso, o prefeito Alexandre Kalil aumentou o efetivo feminino de 5% para 20%.

O aumento atende às normas da Lei 11.153, de janeiro de 2019, de autoria Executivo. A lei prevê que o efetivo feminino deve ser de, no mínimo, 10% do quantitativo total da corporação.

“Dentro de uma política de valorização da mulher, adotada pela administração municipal em diferentes áreas, nos empenhamos para alterar a legislação e ampliar a sua participação no universo da segurança. Uma significativa sinalização de que a Prefeitura acredita no poder e na atuação com excelência das mulheres, em qualquer que seja o posto de trabalho”, disse a subsecretária de Gestão de Pessoas, Fernanda Neves.

Farda Guarda de BH
Edital do concurso será publicado em março
(Foto: Prefeitura de Belo Horizonte-MG)

Confira detalhes do concurso para a guarda de BH

A empresa responsável por organizar o concurso da Guarda Municipal de BH será a Fundação Guimarães Rosa. A oferta para essa seleção será de 500 vagas mais formação de cadastro de reserva. A expectativa da Secretaria de Segurança, no entanto, é que sejam chamados até 2 mil aprovados durante o prazo de validade do concurso. A exigência para participação no concurso é o ensino médio.

Os servidores terão remuneração de R$2.801,29. O valor corresponde à soma do salário R$1.807,29, a Gratificação de Disponibilidade Integral R$271,09 e o Adicional de Risco R$722,91.

Além disso, os servidores terão direito a outros benefícios, como vale-transporte, auxílio-refeição de R$20, vale-lanche de R$3 e bonificação por cumprimento de metas, resultados e indicadores (BMRI). Sem contar a possibilidade de promoções e progressões previstas no Plano de Cargos e Salários.

A carga de trabalho será de 40 horas por semana. Os servidores poderão cumprir seus horários em turnos diurnos e noturnos, inclusive em fins de semana, dependendo da necessidade. 

Os inscritos no concurso para a Guarda Municipal de BH serão avaliados em cinco etapas. A primeira delas será a prova objetiva. A avaliação terá 50 questões, sendo dez de Português, 20 de Legislação, cinco de Noções de Informática, oito de Geografia Urbana e sete de História de Belo Horizonte.

Os aprovados nessa fase serão convocados para a avaliação de títulos. Em seguida, os concorrentes realizarão os testes de aptidão física. O projeto básico do concurso já antecipou quais atividades serão exigidas na prova:

  • Flexão abdominal;
  • Corrida de 2.400 metros, e não 400m conforme informado anteriormente;
  • Barra horizontal – para homens;
  • Barra horizontal estática para mulheres.

Por fim, os que forem aprovados nos testes físicos passarão pelas etapas de sindicância social e avaliação psicológica. Ambas de caráter eliminatório.

Concuseiro, desenvolva habilidades! 

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR



Comentários