Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Guarda de BH com 500 vagas é retomado e tem novo cronograma

Concurso Guarda de BH com 500 vagas é retomado e tem novo cronograma

O concurso Guarda de BH foi retomado e as inscrições para as 500 vagas disponíveis serão reabertas no dia 10 de junho.

Suspenso desde maio, o concurso para Guarda Municipal de Belo Horizonte foi retomado. O quantitativo de 500 vagas está mantido, mas passou a incluir reserva para pessoas com deficiência. O cronograma da seleção foi modificado, com inscrições reabertas e nova data para provas.

As alterações foram publicadas em uma retificação no sábado, 1º, no Diário Oficial do Município. Das 400 vagas para homens, 280 são para ampla concorrência, 80 para negros e 40 para pessoas com deficiência.

Já para mulheres, são 100 oportunidades de ingresso na corporação. Ao todo, 70 chances são para ampla concorrência, 20 para negras e dez para pessoas com deficiência. Com a retificação, o concurso Guarda de BH passa a ter reserva de 10% das vagas para candidatos que se autodeclaram deficientes.

Pelas mudanças, as inscrições serão reabertas. Os interessados poderão se cadastrar de 10 de junho a 9 de julho, pelo site da Fundação Guimarães Rosa (FGR), banca organizadora. O primeiro passo é preencher a ficha com todos os dados solicitados.

Em seguida, imprimir o boleto e pagar a taxa de R$92,50. O pagamento será aceito até o dia 12 de julho. Todas as pessoas que já tinham se candidatado e quitaram a taxa até 17 de maio são consideradas inscritos no concurso.

Guarda de BH realiza concurso com 500 vagas para ingresso na
corporação (Foto: Prefeitura de Belo Horizonte)

 

Apenas membros de famílias de baixa renda, inscritos no programa CadÚnico, poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição. Para isso, será necessário completar formulário específico de 10 a 12 de junho, pelo portal da FGR. Os mais de 6 mil pedidos de isenção já concedidos antes da retificação estão mantidos.

A carreira de guarda municipal tem como requisito o ensino médio completo. A remuneração inicial é de R$2.869,16, além de benefícios como vale-transporte; vale-refeição; bonificação por Cumprimento de Metas; resultados e indicadores. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

• Concurso Guarda de BH: especialista traz análise do edital
• Concurso Guarda de BH terá até 2 mil aprovados de nível médio

Concurso Guarda de BH: provas serão no dia 18 de agosto

As provas objetivas do concurso para Guarda de BH foram remarcadas para o dia 18 de agosto. A aplicação será feita na capital de Minas Gerais em locais e horário divulgados em 12 de agosto, pela banca organizadora.

Os candidatos serão submetidos a 50 questões, das quais dez de Língua Portuguesa, 20 de Legislação, cinco de Noções de Informática, oito de Noções de Geografia Urbana e sete sobre a História de Belo Horizonte.

• Professor orienta estudo de Português para concurso da Guarda BH 
• Concurso Guarda de BH: professores analisam o perfil da banca

Cada questão da prova terá o valor de dois pontos. Para ser aprovado nessa fase, será necessário alcançar o aproveitamento mínimo de 60% dos pontos e não zerar nenhuma disciplina. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia 20 de agosto.

Serão julgados títulos e chamados para o teste físico os 4 mil candidatos com melhores classificações, incluindo as pessoas com deficiência. Eles realizarão os seguintes testes:

  • Homens: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra horizontal;
  • Mulheres: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra horizontal estática.

Os habilitados em todas as etapas passarão ainda pelo curso de formação, que tem caráter obrigatório. As aulas visam preparar para o exercício das atividades do cargo de Guarda Civil Municipal.

Poderá ser utilizado, nas provas físicas, tecnologias que o candidato com deficiência já utilize. Desde que não haja necessidade de adaptações adicionais, inclusive durante o curso de formação e no estágio probatório.

À exceção da prova objetiva, não haverá adaptação do exame de aptidão física, do exame médico ou da avaliação psicológica para pessoas com deficiência.

Saiba como estudar para o concurso Guarda de BH:

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR



Comentários