Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Guarda de BH: banca da última seleção é a mais cotada

A Fundação Guimarães Rosa, banca do último concurso Guarda de Belo Horizonte, pode organizar a nova seleção com 500 vagas.

A escolha da banca organizadora do concurso para guarda municipal de Belo Horizonte, em Minas Gerais, teve uma reviravolta na última semana. A Integri Brasil, que liderava o pregão eletrônico por apresentar o menor preço, foi desabilitada do processo.

O setor de licitações da Prefeitura de Belo Horizonte esclareceu à FOLHA DIRIGIDA nesta quinta-feira, 29, que a instituição não cumpriu com todos os requisitos necessários para organizar a seleção. Ela, por exemplo, não tinha experiência na realização do teste de aptidão física (TAF) e avaliação psicológica para mais de 1.500 candidatos.

Com a inabilitação da Integri, a banca que apresentou o segundo menor preço, a CKM Serviços, foi convocada. No entanto, ela não aceitou a proposta da prefeitura para reduzir em 20% os valores propostos para estar à frente do concurso Guarda de BH.

A administração municipal, então, chamou a terceira colocada na licitação: a Fundação Guimarães Rosa (FGR). A banca foi a que organizou o último concurso para guarda de Belo Horizonte, em 2009. Hoje, é a mais cotada para vencer o processo.

Guarda de Belo Horizonte prepara novo concurso com 500 vagas
(Foto: Prefeitura de BH)

 

O departamento de licitações considerou a FGR como a arrematante do segundo lote do pregão eletrônico. Ela tem até esta sexta, 30, para apresentar a documentação exigida. Como a banca tem experiência na realização desse concurso, é possível que seja confirmada como organizadora da próxima seleção para ingresso na corporação.

No total, oito bancas participam do pregão para organizar o concurso guarda de BH. São elas: Integri Brail, Fundação Cefetminas, Instituto AOCP, Ethos Concursos Públicos; Consulpan; Fundação Guimarães Rosa; Inaz do Pará e CKM Serviços.

Caso a Fundação Guimarães Rosa seja confirmada como a organizadora, os interessados nas 500 vagas para guarda municipal poderão ter um guia para os estudos. As provas do concurso anterior também podem ser uma boa forma de preparação.

Concurso Guarda de BH: edital deve sair em dezembro

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança e Prevenção da capital mineira, o edital do concurso Guarda de BH está previsto para sair ainda este ano. Como estamos no final do mês de novembro, a expectativa é que o documento seja divulgado no Diário Oficial em dezembro.

Ao todo, serão oferecidas 500 vagas imediatas para guardas municipais. A prefeitura ainda formará cadastro de reserva com até 2 mil aprovados. Eles poderão ser convocados no decorrer de validade da seleção.

Das chances para contratação imediata, 400 serão para ampla concorrência e 100 para negros. O projeto básico do concurso, ao qual FOLHA DIRIGIDA teve acesso, informa que não haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência, tendo em vista a natureza da carreira de guarda municipal. Não foi divulgado se haverá divisão das oportunidades por sexo. 

enlightenedRequisitos e carga horária

Para se candidatar ao cargo de guarda municipal será preciso ter o ensino médio completo. O projeto básico adianta que a taxa de inscrição será de R$70. A jornada de trabalho dos guardas municipais, em Belo Horizonte, é de oito horas. O que equivale a 40 horas semanais.

A carga horária pode ser distribuída em turnos diurnos e noturnos, inclusive aos finais de semana. Isso segundo a necessidade da corporação, podendo ser praticado o sistema de plantão.

enlightened Salários e benefícios

Em início de carreira, a remuneração dos guardas é de R$2.801,29. Tal valor já inclui o salário-base de R$1.807,29, a Gratificação de Disponibilidade Integral de R$271,09 e Adicional de Risco de R$722,91.

Os servidores ainda terão direito aos seguintes benefícios: vale-transporte, auxílio-refeição de R$20, vale-lanche de R$3, bonificação por cumprimento de metas, resultados e indicadores (BMRI). Eles também terão a possibilidade de promoções e progressões previstas no Plano de Cargos e Salários.  

Concurso para guardas municipais terá cinco etapas

O projeto básico do concurso para Guarda Municipal de Belo Horizonte especifica que os candidatos estarão submetidos a cinco etapas. São elas:

  • 1ª etapa: Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 2ª etapa: Prova de títulos, de caráter apenas classificatório;
  • 3ª etapa: Prova de capacidade física, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 4ª etapa: Sindicância Social, de caráter eliminatório;
  • 5ª etapa: Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório.

Nas provas objetivas, os candidatos deverão responder a 50 questões, das quais 10 serão de Língua Portuguesa, 20 de Legislação, cinco de Noções de Informática, oito de Geografia Urbana, sete de História de Belo Horizonte. As notas poderão variar de zero a 100 pontos.

As perguntas terão quatro alternativas de resposta, das quais apenas uma estará correta. Para se classificar será necessário obter, ao menos, 60% de aproveitamento no conjunto das disciplinas da prova objetiva.

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários