Folha Dirigida Entrar Assine

Com inscrições abertas, concurso Guarda de BH já tem 6 mil isentos

Mais de 6 mil pessoas conseguiram a isenção da taxa de inscrição no concurso para Guarda Municipal de Belo Horizonte.

Com inscrições abertas até 14 de maio, o concurso para Guarda Municipal de Belo Horizonte já apresenta mais de 6.900 isentos. O número consta em listagem preliminar publicada pela Fundação Guimarães Rosa (FGR), banca organizadora. Puderam solicitar o benefício os membros de famílias de baixa renda, inscritos no programa CadÚnico.

Quem não conseguiu a isenção da taxa de R$92,50 poderá consultar a justificativa da banca, na área do candidato, no portal da FGR. Caso queira contestar, é possível entrar com recurso até quarta-feira, 8, no site da organizadora.

Ou ainda presencialmente nos endereços de atendimento: rua Paraíba, nº 1441, sala 04, Savassi, Belo Horizonte; rua das Chácaras, nº210, Mantiqueira, Belo Horizonte, Minas Gerais. O concurso Guarda de BH teve retificação publicada, no início de maio, sobre as isenções.

O texto, que saiu no Diário Oficial do Município, afirma que "o candidato cuja solicitação de isenção do pagamento da taxa de inscrição for deferida estará automaticamente inscrito neste concurso". Já quem não conseguiu a isenção deverá realizar o pagamento da taxa. 

Guarda de BH realiza concurso com 500 vagas para nível médio
(Foto: Prefeitura de Belo Horizonte)

 

As inscrições no concurso poderão ser feitas até o dia 14 de maio, pelo site da Fundação Guimarães Rosa. Para se candidatar é preciso ter o ensino médio completo. A remuneração dos guardas municipais em Belo Horizonte é de R$ 2.869,16.

• Concurso Guarda de BH: como a banca cobra História e Geografia?
• Concurso Guarda de BH: especialista traz análise do edital
• Concurso Guarda de BH: professores analisam o perfil da banca

Provas do concurso Guarda de BH terão 50 questões objetivas

A primeira etapa do concurso Guarda de BH, prova objetiva, está marcada para 23 de junho. Os candidatos deverão responder a 50 questões, sendo dez de Língua Portuguesa, 20 de Legislação, cinco de Noções de Informática, oito de Noções de Geografia Urbana e sete sobre a História de Belo Horizonte.

Cada questão da prova terá valor de dois pontos. Para ser aprovado nessa fase, será preciso obter aproveitamento mínimo de 60% dos pontos e não zerar nenhuma disciplina. Os classificados serão selecionados para a etapa de títulos.

De acordo com o edital, serão julgados os títulos dos primeiros 4 mil habilitados na prova objetiva, sendo atribuído no máximo 15 pontos. Os títulos tem pontuações variadas, de acordo com a tabela disponível.

Para a prova de capacidade física também serão convocados os 4 mil com melhor pontuação. Eles realizarão os seguintes testes:

  • Homens: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra horizontal;
  • Mulheres: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra horizontal estática.

Os habilitados em todas as etapas serão convocados para o curso de formação, que tem caráter obrigatório e visa preparar para o exercício das atividades do cargo de Guarda Civil Municipal.

Veja detalhes do concurso para Guarda de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais: 



Comentários