Concurso Guarda de São Gonçalo-RJ: prefeitura quer edital este ano

Prefeitura de São Gonçalo-RJ informa que concurso para Guarda Municipal deverá sair até dezembro. Outras seleções também em estudo.

Na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, o prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, autorizou os estudos para o novo concurso da Guarda Municipal. A informação foi confirmada à FOLHA DIRIGIDA nesta quarta-feira, 21, pela Assessoria de Imprensa da prefeitura.

Em nota, a Secretaria Municipal de Administração informou que o edital está previsto até o final do ano. No momento, a prefeitura compõe a comissão organizadora, entre outros trâmites administrativos. 

Dessa forma, o número de vagas e a banca só deverão ser confirmados nos próximos meses. Um grupo de servidores será formado para organizar a parte interna do concurso Guarda de São Gonçalo-RJ. Eles deverão, por exemplo, formular o projeto básico da seleção.

Esse documento, também conhecido como termo de referência, funciona como um espelho para o edital. Ele apresenta dados importantes, como vagas, cargos, salários, escolaridade, estrutura de provas e cronograma previsto.

Guarda de São Gonçalo-RJ tem edital de concurso previsto para
2019 (Foto: Divulgação)

 

Depois de pronto, o projeto básico integra a licitação de escolha da banca organizadora. A instituição vencedora será a responsável por receber as inscrições do concurso e aplicar as etapas, como provas objetivas e físicas. Como o edital está previsto até dezembro, os trâmites não devem demorar.

Em fevereiro, o prefeito José Luiz Nanci tinha anunciado que o novo concurso teria 150 vagas para guardas municipais. Esse quantitativo não foi confirmado pela Assessoria de Imprensa da cidade.

 “Vamos realizar ainda este ano o concurso com 150 vagas para guarda municipal. E, estamos sempre em busca de emendas porque a nossa arrecadação é muita baixa. Já conversei com alguns deputados estaduais e federais que representam a região e é o que tem nos ajudado muito”, disse. 

+ Assine a Folha Dirigida e tenha acesso a materiais exclusivos!
Prefeito de São Gonçalo-RJ anuncia concurso para guarda com 150 vagas

São Gonçalo-RJ prepara concurso para Educação e outras áreas

Além da Guarda, a Assessoria de Imprensa também revelou à reportagem que São Gonçalo-RJ terá outros concursos este ano. A prefeitura trabalha na formação das comissões organizadoras que definirão os cargos com necessidade de reposição de pessoal. 

Até o momento, apenas carreiras da Secretaria de Educação foram confirmadas. Mas, outras pastas estão sendo mapeadas para verificar a carência de servidores. 

"A Secretaria Municipal de Administração em conjunto com o Recursos Humanos informa que o concurso está previsto até o final deste ano de 2019. No momento, estão realizando os trâmites de processo administrativo e a composição da comissão. Logo, quais pastas, cargos, número de vagas ou organizadores só deverão ser definidos nos próximos meses", consta em nota enviada.

Em entrevista exclusiva à FOLHA DIRIGIDA, o secretário municipal de Administração, Marcelo Azeredo, disse que o concurso São Gonçalo-RJ contemplará o magistério. Assim como as funções de inspetor de disciplinas e auxiliar de creche.

Também estão previstos cargos da área administrativa, como o de agente de apoio técnico e funções de nível fundamental. O concurso para Educação de São Gonçalo consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019. O que é um indicativo a mais de que a seleção será aberta este ano.

A Câmara Municipal de São Gonçalo também se planeja para abrir novo concurso no segundo semestre. 

+ Concurso da Câmara de São Gonçalo-RJ pode ter edital neste semestre

Último concurso Guarda de São Gonçalo-RJ foi há oito anos

O edital do último concurso Guarda de São Gonçalo-RJ foi divulgado há oito anos. Na época, a oferta foi de 50 vagas para o cargo. O pré-requisito foi ter ensino médio completo. A jornada de trabalho era de 40 horas por semana.

A banca organizadora foi a Fundação Ceperj. Os concorrentes foram submetidos a prova objetiva e exame de capacidade física. Na primeira etapa, eles tiveram que responder a 40 questões de múltipla escolha sobre: Português, Matemática, Conhecimentos Gerais e Legislação de Trânsito.

Foi habilitado quem obteve 50% de acertos. No exame de capacidade física, foram cobrados três testes: flexão e extensão de braços e antebraços; teste de sinuosa; e corrida / caminhada de resistência aeróbia.

Teste 1 - Flexão e Extensão de Braços e Antebraços:

  • Homens

O teste foi realizado em local firme, plano e horizontal, com uma única tentativa.

Execução do exercício: Posição inicial com peito apoiado no solo, braços na largura dos ombros e flexionados, com os cotovelos próximo ao corpo, palmas das mãos no chão, dedos voltados para frente, corpo na horizontal e pés unidos.

O executante realiza extensões e flexões com ambos os braços, sem, no entanto, tocar o solo com o corpo (distância de 10 cm do solo), a não ser a parte especificada (pontos de contato - mãos e pés), mantendo o alinhamento das pernas e da coluna.

  • Mulheres

O teste foi realizado em local firme, plano e horizontal, com uma única tentativa.

Execução do exercício: Posição inicial com joelhos apoiados no solo, braços estendidos, palmas das mãos apoiadas no solo, dedos voltados para frente, braços na largura dos ombros. Flexionar os braços e, sem apoiar o tronco ou as coxas no solo, descer uniformemente, com as colunas cervical, torácica e lombar em alinhamento, até a distância de 10 cm do solo, retornando à posição inicial.

Teste 2 - Teste de Sinuosa:

O teste objetivou avaliar a agilidade, nos quais os principais fatores influenciadores foram: força, velocidade, flexibilidade e coordenação. Foi permitida uma única tentativa.

Execução do exercício: ao sinal sonoro do Examinador, o candidato teve que percorrer um trajeto sinuoso demarcado por cinco estacas, distantes 1,50 metros entre si, estando a primeira a 3 metros da partida.

O candidato deveria sair de uma posição antes da linha de partida e fazer o trajeto correndo, nos sentidos de ida e volta, ultrapassando os obstáculos sinuosamente, cruzando a linha de chegada ainda correndo. Foi medido o tempo gasto para realizar o percurso.

Teste 3 - Teste de Cooper:

O teste foi realizado em pista aferida de 400 metros, demarcada em frações de 100 metros, usando-se cronômetro para controle do tempo. Foi permitida uma única tentativa.

Execução do exercício: ao sinal sonoro do examinador, o candidato precisou percorrer, caminhando ou correndo, a maior distância possível, no tempo de 12 minutos. Ao final do teste, o examinador soou o apito para que os candidatos parem de correr e apenas andem no sentido perpendicular da pista, no ponto onde estavam ao escutarem o som do apito.

Confira dicas para testes físicos em concursos:

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários