Funarte faz pedido de concurso com 138 vagas de níveis médio e superior

Sem concurso desde 2014, Funarte envia ao Governo pedido de concurso público para preencher 138 vagas nos níveis médio e superior.

A Fundação Nacional de Artes (Funarte), autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, protocolou um novo pedido de concurso para 138 vagas. A solicitação foi levada ao MTur e este, por sua vez, é responsável por apresentar a demanda ao Ministério da Economia. 

Somente havendo o aval da Pasta, o edital poderá ser lançado, no ano de 2021. As vagas solicitadas são em carreiras nos níveis médio e superior de escolaridade.

Resumo do concurso Funarte

Vagas: 138
Escolaridade: níveis médio e superior
Remuneração: R$3 a R$5 mil
Último concurso: 2014
Status: aguardando autorização

A Funarte, assim como todos os demais órgãos vinculados ao Poder Executivo Federal, encaminham suas demandas para provimento de vagas o Governo todos os anos. Mas a autorização ou não desses pedidos é a critério do Ministério da Economia.

Entenda sobre os pedidos de concursos federais do Poder Executivo

É importante destacar que a política do governo atual tem priorizado a autorização de seleções que visam o preenchimento de vagas em áreas consideradas essenciais ou com mais urgência. Portanto, alguns órgãos têm mais chances de terem o aval concedido em relação a outros. 

No caso da Funarte, a última seleção foi realizada em 2014 e teve prazo de validade encerrado em 2018. Desde então, todos os anos o órgão tem renovado seus pedidos para preencher mais vagas.

Saiba quais foram os pedidos de concursos encaminhados este ano ao Governo Federal:

+ Concursos federais 2021: confira as vagas previstas em novos pedidos 

Pedido de concurso Funarte é para 138 vagas

De acordo com informações transmitidas pela Funarte à FOLHA DIRIGIDA nesta segunda-feira, 1, o pedido para provimento de 138 vagas, após sair da Fundação, ainda precisaria passar pela Coordenadoria de Gestão de Pessoas do MTur. De lá, a solicitação é encaminhada para o Ministério da Economia.

As oportunidades solicitadas foram distribuídas entre diversas carreiras, sendo 86 no nível médio e 48 no nível superior. Confira:

  • Nível médio (86 vagas) 

Assistente Administrativo: 47
Assistente Técnico I: 13
Serviços Auxiliares: 4
Assistente Administrativo II: 5
Assistente Administrativo III: 4
Assistente Administrativo IV: 3
Assistente Técnico II: 2
Assistente Técnico III: 5
Assistente Técnico IV: 3

  • Nível superior (48 vagas)

Administração e Planejamento: 9
Arquivista: 1
Documentação: 7
Museólogo: 1
Profissional Técnico Superior I: 13
Profissional Técnico Superior II: 6
Profissional Técnico Superior III: 3
Profissional Técnico Superior IV: 2
Técnico em Comunicação: 2
Técnico em Comunicação Social: 1
Técnico em assuntos educacionais
Administrador I: 1
Médico: 1

A remuneração inicial da Funarte para carreiras de nível superior é de R$5.493,29, enquanto para as de nível médio é de R$3.877,97. Os valores incluem o auxílio-alimentação de R$458, os vencimentos básicos e gratificações de desempenho.

► FD NOTÍCIAS: tenha acesso ilimitado ao acompanhamento de concursos

Funarte
Novo pedido de concurso Funarte é para 138 vagas
(Foto: Lívio Avelino/ Funarte)

Último edital da Funarte foi publicado em 2014

A última vez que a Fundação Nacional de Artes realizou concurso público foi em 2014, sob organização da Fundação Getulio Vargas (FGV). Na ocasião, foram concorridas 50 vagas, sendo 22 em carreiras de nível médio e 28 para o nível superior. 

As oportunidades foram distribuídas em várias unidades de lotação em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Minas Gerais, todas nas capitais. Os cargos abrangem as áreas de Arte e Cultura, além de Administração, Saúde e Finanças. Confira o edital:

Todos os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas. Mas, dependendo do cargo, também foi aplicado um exame prático. O exame objetivo para o nível médio cobrou 50 questões, sendo 20 de Língua Portuguesa, dez de Matemática e 20 de Conhecimentos Específicos. 

Já para o superior, foram 70 perguntas, sendo 30 de Português, cinco de Noções de Direito Constitucional, cinco de Noções de Administração Pública e do Sistema Federal de Cultura e 30 de Conhecimentos Específicos.

A seleção foi homologada em julho daquele e, portanto, não tem mais validade. Sendo assim, a Funarte só poderá contratar novos servidores quando houver autorização para um novo concurso e este for homologado.