Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Candidato Elmano de Freitas defende aumento de contratações

O candidato apoiado pela atual gestão, Elmano de Freitas, do PT, elogiou o atual mandato da prefeita Luiziane Lins, também do Partido dos Trabalhadores, e reiterou a necessidade de ampliar as políticas públicas do atual governo, principalmente, na área da Saúde.

O candidato apoiado pela atual gestão, Elmano de Freitas, do PT, elogiou o atual mandato da prefeita Luiziane Lins, também do Partido dos Trabalhadores, e reiterou a necessidade de ampliar as políticas públicas do atual governo, principalmente, na área da Saúde.
 
Para o candidato, o governo do PT, privilegiou os servidores que estão na prefeitura, por isso não realizou concurso para as vagas do recém-inaugurado, Hospital da Mulher. Elmano afirmou que um concurso será realizado para suprir as carências dos postos e dos hospitais, os chamados "Frotinhas”.

Quando perguntado sobre a denúncia feita pelo Sindicato dos Empregados de Saúde, em relação às condições de trabalho dos servidores da área, o candidato do Partido dos Trabalhadores, afirmou que a informação não tinha nenhuma procedência. Segundo ele, “não há funcionário da prefeitura que não tenha seu salário em dia, além disso, nos últimos sete anos e meio fizemos 14 planos de cargos e carreiras para várias categorias da prefeitura”.

Na opinião do candidato, essas denúncias devem ser oriundas de profissionais terceirizados, e que, “é de conhecimento público que desde que o PT assumiu, não há atraso de pagamento para nossos servidores, diferente de antes do partido assumir”.

Em relação à Educação de Fortaleza, Elmano afirma que os trabalhadores do município recebem mais que o piso nacional. “Não há um professor, que não tenha no salário base, valor superior ao piso nacional estabelecido pelo MEC”. De acordo com o candidato, um professor hoje, inicia a carreira com R$2.100, mais regência de cargos, e se fizer mestrado e doutorado, termina a carreira com R$7.200.

Elmano ainda citou o programa “Fortaleza Alfabetizada”, iniciado por ele quando era Secretário de Educação. Segundo o político, nos próximos meses, cerca de 19 mil alunos do projeto irão se formar. “Nós estamos com 6,9% (taxa de analfabetos) e queremos, no nosso governo, nos aproximar de zero.

Sobre o número de terceirizados da prefeitura, o candidato afirma que Fortaleza conta com 10 mil funcionários terceirizados e 3 mil comissionados, e ressalta que ainda haverá novas contratações de profissionais terceirizados para as atividades meio. “Nós não tínhamos nenhuma creche em Fortaleza e abrimos 139 creches, beneficiando 10 mil crianças. Fortaleza precisa de merendeira, pessoal de limpeza, porteiro, para apoio aos serviços públicos básicos. Eu não vou diminuir esse quantitativo. Pelo contrário, vou aumentar, porque vou dobrar o número de creches”, completa.
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações