Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Inscrições abertas para técnico e pesquisador na Fiocruz

Saíram os editais dos concursos 2016 técnico e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com 119 vagas no total, para os níveis médio/técnico e mestrado. Confira!

Cumprindo a previsão dada à FOLHA DIRIGIDA, de publicação até 31 de agosto, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou o edital do concurso para a carreira de técnico, que exige o nível médio/técnico. Em alguns cargos há exigência de nível médio e experiência mínima de um ano. São oferecidas, a princípio, 61 vagas. Esse quantitativo abrange, além do Rio de Janeiro (42), os estados do Ceará (duas), Rondônia (duas), Pernambuco (três), Paraná (duas), Bahia (duas), Amazonas (quatro) e Minas Gerais (duas). Os interessados poderão concorrer a áreas como Enfermagem (nove vagas) Análises Clínicas (uma), Edificação e Manutenção Predial (uma), Eletrônica (uma), Eletrotécnica (uma), Farmácia (uma), Mecânica (uma), Nutrição (uma), Segurança do Trabalho (duas) e Suporte em Rede de Computadores (duas).
 
Para qualquer um desses perfis, a remuneração vigente é de R$3.418,81, considerando o vencimento-básico, de R$2.476,49, e os R$458 de auxílio-alimentação, para carga de trabalho de 40h semanais. A fundação adota o regime estatutário de contratação. Logo, há estabilidade empregatícia. Além dessa remuneração inicial, há a gratificação de qualificação, caso o profissional tenha algum curso de qualificação ou formação acadêmica superior ao nível médio/técnico, ou seja, graduação, mestrado ou doutorado. Com isso, os ganhos podem chegar a R$5.296,04, caso daqueles que têm doutorado.
 
Quem se interessar precisará acessar o  SITE da Fiotec e se cadastrar, no período de 6 de setembro a 9 de outubro. Para validar a inscrição, é preciso efetuar o pagamento de R$100 de taxa, mas quem é inscrito no programa CadÚnico do Governo Federal poderá pleitear isenção desse valor, nos próximos dias 6 a 8 deste mês, no mesmo endereço eletrônico. A Fiocruz, organizadora, marcou para 20 de novembro a realização da primeira etapa da seleção. Haverá 60 perguntas de múltipla escolha, distribuídas pelas disciplinas de Língua Portuguesa (20), Raciocínio Lógico (dez) e Conhecimentos Específicos (30). Haverá também um exame prático, marcado para 10 a 19 de janeiro de 2017. Essa avaliação terá valor de 60 pontos, e caráter eliminatório e classificatório. O prazo de validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.
 

 
Além do edital de técnico da Fiocruz, saíram mais dois, ambos para a carreira de pesquisador, que exige mestrado. A oferta total é de 58 vagas, sendo 42 para o Rio de Janeiro e 16 para Belo Horizonte (duas), Brasília (três), Curitiba (duas), Fortaleza (duas), Manaus (uma), Porto Velho (duas), Recife (uma), Salvador (duas) e Teresina (uma). Para concorrer a uma das oportunidades, os interessados precisarão ter mestrado em áreas como Bioestatística, Farmacologia, Pesquisa Clínica, Saúde da Família e Epidemiologia. Caso aprovados nas etapas e contratados pela autarquia, os concursados ganharão R$7.159,06 de remuneração, incluindo os R$458 do auxílio-alimentação. A carga de trabalho é de 40 horas semanais.
 
Além disso, terão a estabilidade empregatícia garantida, já que as contratações ocorrem pelo regime estatutário. As inscrições serão aceitas de 6 de setembro a 9 de outubro, no SITE da Fiotec. Será preciso, depois de se cadastrar, pagar R$220 de taxa de inscrição. Caso seja membro de família de baixa renda, o candidato poderá solicitar isenção desse valor, na mesma página eletrônica. A avaliação dos concorrentes consistirá em prova discursiva de Conhecimentos Específicos, a ser aplicada em 20 de novembro; e análise de títulos e currículo, além de projeto de atuação profissional e memorial, entre 13 a 23 de fevereiro de 2017. A validade da seleção é de um ano, podendo dobrar.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações