Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

93 vagas na área da Saúde da Fiocruz. Prazo até dia 9

Quem atua na área da Saúde conta com 93 das 119 vagas nos concursos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para as carreiras de técnico e pesquisador. Confira quais são os cargos oferecidos, as remunerações e saiba como participar.

Para quem atua na área da Saúde e tem o nível médio/técnico ou mestrado, uma boa notícia: dos 119 profissionais que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) contratará por meio dos concursos para as carreiras de técnico e pesquisador - que exigem essas formações, respectivamente -, 93 vagas são para funções desse perfil, sendo 43 destinadas ao primeiro cargo (com 61 oportunidades ao todo) e 50 no segundo (58 ofertas). São duas ótimas chances de trabalhar em um órgão renomado que valoriza seus servidores, já que os contrata pelo regime estatutário, o que lhes garante a estabilidade empregatícia.
Alguns dos cargos da área da Saúde abrangidos pela autarquia federal nas duas seleções públicas são Políticas Sociais em Saúde, Saúde da Família, Análises Clínicas, Enfermagem, Farmácia e Nutrição. Apesar de a oferta inicial ser de 119 vagas, nada impede que a fundação queira ampliar esse número ao longo da validade do concurso, que será de um ano, podendo ser prolongada por igual período. Para tal, o Ministério do Planejamento precisará dar o aval. As oportunidades contemplam o Rio de Janeiro (sede), Ceará, Rondônia, Pernambuco, Paraná, Bahia, Amazonas, Minas Gerais, Distrito Federal, Porto Velho, Bahia e Piauí.

As outras áreas abrangidas pela carreira de técnico (algumas delas exigem experiência e registro no conselho de classe) são Edificação e Manutenção Predial; Eletrônica e Eletrotécnica; Mecânica, Segurança do Trabalho e Suporte em Rede de Computadores. Já no caso dos pesquisadores, alguns dos demais perfis são Bioestatística, Farmacologia, Pesquisa Clínica e Epidemiologia. Os dois cargos têm carga de 40 horas semanais, sendo a remuneração da carreira do nível médio/técnico de R$3.418,81 e R$7.159,06 para a função que existe mestrado. Nos dois ganhos estão incluídos os R$458 de auxílio-alimentação.
 
Os interessados precisam se cadastrar no SITE da Fiotec, até 9 de outubro, e na sequência pagar R$100 de taxa de inscrição (para técnico) ou R$220 (pesquisador). As primeiras provas serão aplicadas em 20 de novembro, das 9h às 13h. Os técnicos farão, nesse dia, apenas exames objetivos, ao passo que os pesquisadores responderão a avaliações discursivas. Haverá ainda outras etapas para ambos os cargos: provas práticas para a primeira carreira e apresentação de projeto de atuação profissional e de defesa de memorial e análise de títulos para a segunda.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações