Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Fazenda: tudo sobre assistente técnico-administrativo

Secretaria de Fazenda pediu concurso ao Ministério da Economia com 904 vagas para assistente técnico-administrativo de nível médio.

A Secretaria de Fazenda solicitou ao Ministério da Economia 1.161 vagas em vários cargos de nível médio e superior. A informação foi passada pela Receita Federal, em resposta no portal de Acesso à Informação, do Governo Federal, na última terça, 13.

Uma dos cargos mais concorridos é o de assistente técnico-administrativo. Do total de vagas solicitadas ao ME, 904 vagas são destinadas a essa carreira, que tem como escolaridade mínima exigida o ensino médio completo.

FOLHA DIRIGIDA separou as principais informações sobre a carreira como atribuições do cargo, salários e benefícios. Além disso, será possível conhecer os principais requisitos para concorrer às vagas, o conteúdo cobrado nas provas e informações sobre o último concurso Fazenda, realizado em 2014.

Quer saber como se adiantar na preparação dos seus estudo?

► Confira outras notícias sobre o concurso da Secretaria de Fazenda

Última seleção para a Fazenda não está válida

Vale ressaltar que a Secretaria de Fazenda não tem concurso em válido há quase três anos. Além disso, o órgão vem perdendo uma grande quantidade de servidores, em virtude do aumento de aposentadorias.

Só nos últimos anos tês anos a Secretaria perdeu 2.346 servidores, e esse número deve aumentar até dezembro de 2019.

Receita Federal / Ministério da Fazenda
Concurso Fazenda oferece remuneração de R$4.137,97 para técnicos-administrativos
(Foto: SindFazenda)

 

Conheça o cargo de assistente técnico-administrativo da Fazenda

Em contato com a assessoria do Ministério da Economia fomos informados que o ME não se manifesta sobre processos em análise. Contudo, reunimos abaixo alguns detalhes sobre o cargo de assistente técnico-administrativo.

♦ Requisito

No concurso Fazenda, as oportunidades para o cargo de técnico-administrativo exige o nível médio completo.

♦ Número de vagas

Do total de vagas solicitadas ao Ministério da Economia, 904 vagas são para a função de assistente técnico-administrativo.

♦ Remuneração e benefícios

A remuneração mensal é de R$4.137,97. Nesse total já está incluso o auxílio-alimentação de R$458. A carga de trabalho é de 40 horas semanais. Além do salário mensal os futuros servidores receberão indenizações, gratificações e adicionais, como estão listados a partir do artigo nº 49 da Lei 8.112/90.  

♦ Provas

 Com base no edital da última seleção, todos os candidatos inscritos no cargo de assistente técnico-administrativo foram avaliados da seguinte forma:

  • Conhecimentos básicos: Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, Conhecimentos de Informática, Atualidades e Atualidades.
  • Conhecimento Específico: Gestão de Pessoas e do Atendimento ao Público, Ética do servidor na Administração Pública, Administração Pública Brasileira e Regime Jurídico dos Agentes Públicos.

♦ Atribuições do cargo de assistente técnico-administrativo

Execução de atividades técnicas, administrativas, logísticas e de atendimento, de nível intermediário, relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do Ministério da Fazenda, ressalvadas as privativas de carreiras específicas, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades, além de outras atividades de mesmo nível de complexidade em sua área de atuação. 

Receita Federal 2019: órgão faz pedido com 2.1533 vagas

Útimo concurso para o Ministério da Fazenda foi realizado em 2014

A última seleção para assistente técnico-administrativo da Fazenda foi realizado em 2014. Na época, 263.770 pessoas se inscreveram na disputa por 1.026 vagas. Destas, 960 eram para disputa em ampla concorrência e 66 para pessoas com deficiência.

As oportunidades destinadas à ampla concorrência tiveram 261.927 inscritos. Uma disputa aproximadamente de 273 candidatos por vaga. No caso das vagas reservadas para pessoas com deficiência foram 1.843 inscritos e apresentou uma relação 28 candidatos por vaga.

A seleção foi para todos os estados, exceto São Paulo e Distrito Federal (DF), já que estes ainda contavam com seleção em validade.

Concurso de 2014 também ofereceu vagas para analista técnico-administrativo

Em 2014, na seleção para área de apoio, foram oferecidas 192 vagas de analista técnico-administrativo, com 17.357 inscritos. Neste caso, o cargo requer o nível superior. As chances foram para 14 estados e mais o DF. A seleção dos candidatos foi feita por meio de provas objetivas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos, além de prova discursiva. 

As questões abrangeram temas relacionadas às seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Informática Básica, Gestão Pública, Administração Geral e Contabilidade Geral Pública.

Como estudar para concurso público sem edital? 



Comentários